O medo de uma bolha na tecnologia dos Estados Unidos? São as ações mais desejadas

bolha na tecnologia dos Estados Unidos
  • As avaliações de tecnologias americanas começam a ser excessivas
  • As ações mais negociadas de todo o mercado nos primeiros 6 meses foram as da Alibaba
  • Os investidores apontam para o abrandamento da Apple
  • Amazon conta com incríveis oportunidades de expansão no mercado eletrónico mundial.

Com o sector tecnológico americano com subidas de 18% desde o inicio do ano, o mundo inteiro fala do efeito bolha. Além disso, nas ultimas semanas, o índice Nasdaq 100 fez uma demonstração da sua volatilidade, acumulando várias sessões com importantes quebras seguidas de recuperações. E é deste modo que o sector americano tecnológico continua a ser um dos poucos nichos do crescimento no atual ambiente macroeconómico, embora as calorizações das ações comecem a ser excessivas.

Os investidores continuam a apostar nas ações de tecnologias americanas, já que têm batido de forma consistente os índices de mercado. Na verdade, a forte aposta no sector, levou a que as cinco empresas que lideram o ranking das mais negociadas, a nível mundial na plataforma Saxo TraderGo no primeiro semestre, sejam de grande tecnologia.

A ação mais negociada de todo o mercado durante os primeiros seis meses, de 2017 foi a Alibaba. As ações da tecnologia chinesa quotizada nos Estados Unidos valorizaram em 32% no segundo trimestre, impulsionadas pelos bons resultados do quarto trimestre do exercício fiscal (que terminou em março), publicados a 18 de maio.

Alibaba melhorou a sua faturação em 50% em comparação com o exercício anterior. Além disso, mantém-se entre as ações mais populares, já que para os investidores, representa uma das melhores vias de acesso ao futuro do comercio eletrónico chinês.

A Apple não teve o seu melhor trimestre com as ações praticamente estagnadas entre abril e junho, em comparação com as subidas de 15% que obtiveram as ações do seu grande concorrente, Samsung em igual período.

Este movimento evidencia que os investidores apostam devido ao abrandamento da Apple cujas previsões apontam, para um modesto crescimento de 5% em 2017. Embora a Appple não tenha o valor de mercado mais apreciado pelos investidores, continua, no entanto, a ter as suas ações como sendo das mais negociadas, já que dá acesso ao fabricante dos telefones inteligentes mais rentáveis do mundo, e com uma base de clientes extremamente leais.

A Amazon é em muitos sentidos, a ” nova Apple “, roubando a atenção dos investidores devido ao alto crescimento e as suas incríveis oportunidades de expansão no mercado eletrónico mundial. As ações subiram em 9%, mais no segundo semestre, graças aos fortes resultados obtidos, no primeiro trimestre e à ousada aquisição de Whole Foods, numa tentativa de revolucionar o modelo de supermercado americano construindo a sua rede de distribuição entre a população urbana.

NVIDIA é uma das ações mais negociadas nos dias de hoje. Os seus chips GPU utilizam-se em segmentos de rápido crescimento, como o negócio dos videojogos, centros de dados, e automóveis sem condutor. NVIDIA converteu-se na aposta favorita de Wall Street dentro do segmento de grandes dados e IA (inteligência artificial). As ações subiram em 33% no segundo trimestre, suportada pelos bons resultados teve um crescimento de receita na ordem dos 48%.

O Facebook continua a ser a maior rede social do mundo ocidental, com cerca de 1.400 milhões de utilizadores e com fundamentos empresariais atrativos. As ações subiram em 6%, sendo melhores do que o esperado, ainda assim os investidores começam a temer que o crescimento desacelere nos próximos anos, muito devido ao newsfeed que parece ter alcançado a sua capacidade máxima de anúncios.

Peter Garnry, chefe de estratégias de renda variável do Saxo Bank

0

Sobre o autor

Rankia

Responder a este tópico

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *