Subida das Taxas à vista? Aposta em obrigações convertíveis

Os títulos convertíveis possuem forte poder de diversificação. Estão altamente correlacionados com a renda variável, moderadamente com crédito e ligeiramente com taxas de juros, e também oferecem convexidade. Tudo isso torna-os uma poderosa ferramenta para diversificar o portfólio e também para a preparação do aumento das taxas.

Estruturalmente, os conversíveis têm uma duração entre 1,6 e 2,5 anos. Portanto, o impacto do aumento das taxas de juros é limitado. Como se verifica na imagem abaixo, durante os anos de aumentos das taxas de juros, as obrigações convertíveis têm dado resultados positivos. Os títulos convertíveis respondem muito bem aos aumentos de tipos.

Comportamento de títulos convertíveis em períodos de aumentos das taxas nos EUA:
– As obrigações convertíveis tiveram um desempenho positivo
– O fundo global Lazard Convertible superou o índice Thomson Reuters Global Focus Convertible

As obrigações convertíveis têm seu próprio perfil de risco / retorno atrativo. A longo prazo, num período de 10 anos, por exemplo, oferecem um melhor retorno do que a renda variável e com aproximadamente metade da volatilidade. Por outro lado, eles permitem investimento em ações atraentes e voláteis, limitando os riscos, por exemplo em subsetores atrativos como a inteligência artificial.

Mas a sua principal virtude é a convexidade: um vínculo conversível aumenta a sua exposição à renda variável com aumento do subjacente e diminui a exposição cambial com a queda do subjacente. Além disso, a regulamentação europeia de Solvência II é muito favorável aos títulos
convertíveis.

Acreditamos firmemente que o investimento mínimo deve ser de 5% do NAV da carteira para que se possa beneficiar plenamente do seu efeito diversificador excecional que proporcionam as obrigações convertíveis.

Arnaud Brillois, diretor de investimento em convertíveis de Lazard Frères Gestion

0

Sobre o autor

Rankia

Responder a este tópico

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *