Que tipo de ordens em bolsa podemos ter?

tipos de ordens em bolsa

O que é uma ordem em bolsa?

Uma ordem em bolsa é aquela que o investidor lhe dá a um intermediário para que este último a realize no mercado.

O objetivo da ordem é que deve ficar totalmente identificada, deve de conter:

  • Identificar uma ordem se é de compra ou uma ordem de venda.
  • Os títulos a executar essa ordem
  • Volume de participações que se está disposto a negociar.
  • Preço ao que se quer comprar ou vender.
  • Forma de execução da ordem.
  • Prazo de validade.

Também teremos em conta a forma de negociar as ordens devem de ter uma ordem de prioridade:

  1. Em primeiro lugar ordenar-se-ão pelo preço: no caso de ser uma ordem de compra ordena-se de maior a menor, em caso de tratar de uma ordem de venda ordenar-se-á de menor a maior.
  2. No caso de que coincidissem no preço ordenar-se-ão segundo a ordem de introdução, isto é, a que se tenha emitido em primeiro lugar.

Tipos de ordens em bolsa

Os tipos de ordens em bolsa mais frequentes que determinam o preço e o modo de transação com os que se costuma operar na sessão bolsista:

  • Ordem à abertura: dá-se nos mercados de valores para a sua execução no momento de abertura do mercado.
  • Ordem de mercado: executa-se ao preço atual do mercado.
  • Ordem Limitada: limita-se ao preço que o investidor indique. Em ordem de compra não será superior ao preço e em caso contrário para nas vendas não será inferior.
  • Ordem ao melhor: toma o melhor preço que oferece o mercado no momento da sua emissão. Em caso que ao melhor preço não tenha títulos suficientes, esta ordem realizar-se-á de forma parcial, ficando o resto limitado a dito preço.
  • Ordem On Stop: este tipo de ordem não se emite até que a cotação não chega ao preço que se determinou. Quando chega ao preço, então se converte numa ordem de mercado.
  • Ordem Stop-Limitada: este tipo de ordem não se emite até que a cotação não chega a um determinado preço, quando chega se converte em uma ordem limitada.
  • O Stop Dinâmico: tem a vantagem de que o preço do Stop se vai movendo de forma paralela ao preço da cotação se o movimento é favorável e se mantém quieto se é desfavorável.

Tipos de ordens mais avançadas em bolsa

Existem diferentes modalidades em que uma ordem se pode emitir durante a sessão bolsista. A seguir, explicamos três ordens avançadas que consideramos importantes:

Ordem GTC (Good Till Cancelled)

GTC (Good Till Cancelled) em português: ordem boa até ser cancelada. É um tipo de ordem de comprar ou vender um valor a um preço específico que permanece ativa no mercado até que a ordem seja cancelada. As ordens enviadas a um broker são tipo GTC por defeito. Uma ordem GTC não será executada até que alcança o preço do seu valor. Os investidores utilizam os GTC para inserir um preço limite longínquo do preço do mercado. O corretor não pode cancelar este tipo de ordem, na grande maioria dos casos as ordens GTC são canceladas por um broker no intervalo de 30-90 dias.

Ordem GFD (Good For the day)

GFD (Good for the day). Uma ordem deste tipo permanecerá ativa até o final do dia atual, portanto caducará automaticamente se não for executada no dia que se realizou. A ordem GFD só permanecerá ativa para o dia que se ineriu da ordem, no caso de que não se cancele anteriormente ou o limite do preço não foi cumprido durante a sessão da negociação. Por exemplo, como o Mercado Forex que opera as 24 horas, isto significa geralmente que às 5pm EST, quando o mercado nos Estados Unidos fecha, cancelar-se-ão este tipo de ordens GFD. No entanto isto pode variar de broker em broker.

Ordem OCO (Order cancels other)

OCO (Order cancels other). Uma ordem deste tipo é uma mistura de duas ordens de tipo limite e stop loss. Se uma executa a outra cancelar-se-á automaticamente. Quando a ordem OCO chega ao seu topo ou limite de nível se executa, então a outra ordem se cancela automaticamente. Muitos investidores experientes utilizam o tipo de ordem OCO para diminuir o risco.

Um exemplo se o preço do EUR/USD estivesse em 1.2040. Você deseja já que seja feita a compra a 1.2095 ou comprar a 1.1985. Neste caso, se a ordem executa foi a compra a 1.2095, a ordem de vender em 1.1985 cancelar-se-á automaticamente.

Condições para a execução de ordens

Na execução de ordens bolsistas podem-se estabelecer vários tipos de condições, como por exemplo:

  • Volume mínimo: a ordem deve estabelecer uma quantidade mínima para negociar. O resto negocia-se sem limite no volume.
  • Executar ou anular: a ordem executa-se pela quantidade de títulos disponíveis ao momento de introduzir no mercado e recusa o resto.
  • Tudo ou nada: executam-se imediatamente pela totalidade dos títulos, em caso contrário não se executam.
  • Com volume oculto: aquelas ordens que mostram só uma parte do volume a negociar (deve de ter um mínimo de 250 títulos), quando a parte visível é executada do volume total aparecerá outra quantidade de títulos. É recomendada para ordens de grande tamanho.
Se quiser aprender mais sobre Bolsa, pode fazer download do nosso manual de gratuitamentemanual bolsa

Sobre o autor

Henrique Garcia
Analista de Mercados