Riscos de investir em CFDs

Os CFDs são promovidos pelos corretores como uma maneira de ganhar dinheiro rápido e fácil, aumentando suas vantagens e sem mencionar seus riscos. Os CFDs nos permitem alavancar e obter benefícios para a posição total, portanto, não precisaremos do dinheiro total, mas também é a alavancagem que pode nos fazer perder muito dinheiro se não gerirmos bem a conta.

Uma gestão correta do risco e da alavancagem permite o sucesso e os benefícios com esses derivativos financeiros, mas se esses conceitos não forem dominados, isso pode nos levar a perder ainda mais capital do que depositamos na conta.

Os CFDs, de acordo com o ASIC, são apenas recomendados para pessoas que já estão familiarizadas com os conceitos de alavancagem, margem, gestão de risco, etc, e em nenhum caso para pessoas que estão a começar na área financeira.

Ao negociar com CFDs, o corretor pode fechar uma posição por falta de garantia ou margem, antes que o mercado gire e a posição se mova a nosso favor. Da mesma forma, podemos exigir capital adicional para que não fechemos a posição. Essas situações não são normais quando operamos com outros produtos financeiros.

Deve-se ter atitude adequada ao investir

Além disso, devemos levar em conta o comportamento de quem faz trading com CFDs. Se você não tem o conhecimento e a disciplina para operar com CFDs, como em outros produtos financeiros, podemos pensar que depois de uma série de posições perdedoras teremos uma posição vencedora, que abriria uma posição arriscando mais capital do mercado. Essa situação, fazendo com um produto financeiro que permite alavancagem como CFDs, pode ser desastrosa.

De acordo com o ASIC, o problema não são os CFDs, mas as pessoas que os usam sem o conhecimento necessário, e que são frequentemente atraídos por esses derivativos financeiros, devido à forte promoção feita pelos corretores. A este respeito, o ASIC tomou medidas e espera implementar um mecanismo com o qual os corretores avaliem se os clientes estão prontos para operar com CFDs.

As corretoras

Outro risco associado ao funcionamento de CFDs é a escolha do corretora. Nos últimos anos, muitos corretores surgiram com o boom nos contratos por diferenças, mas alguns deles, especialmente os menores, podem não ter capital suficiente para garantir as operações dos clientes.

Ao escolher uma corretora de CFD, devemos olhar para as suas condições e fazer uma comparação entre elas para escolher aquela que fornece as melhores condições. Se a corretora for registrado na CMVM ou em um órgão semelhante, ele deverá ser obrigatório ao escolher uma corretora CFD.

Conclusão

Os CFDs são derivativos financeiros que representam um risco extra em relação a outros produtos financeiros, como ações, e que derivam da possibilidade de alavancagem. Além disso, muitas pessoas são atraídas pelos CFDs, em muitos casos por causa da forte promoção feita pelas corretoras. Portanto, os CFDs são recomendados apenas para pessoas com conhecimento de mercados financeiros e preparação suficiente ao operar com esse tipo de produto financeiro.

Se quiser aprender mais sobre CFDs, pode fazer download do nosso manual de CFDs gratuitamente

Sobre o autor

Rankia

Responder a este tópico

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *