Schroders lança fundo dedicado à transição energética

Aproveitando a mudança global em direção a uma economia baseada em energia de baixo carbono, a Schroders acaba de lançar o fundo Schroder ISF* Global Energy Transition, respondendo assim à crescente procura dos clientes por soluções relacionadas com esta área inovadora e em rápido desenvolvimento.

O Schroder ISF Global Energy Transition vai procurar identificar oportunidades de investimento no universo das energias limpas, nomeadamente, nas áreas da produção de energia renovável, equipamento, distribuição e armazenamento, mas também em tecnologias de rede inteligentes e no carregamento de veículos elétricos. A estratégia passa por não investir em empresas expostas à energia nuclear ou a combustíveis fósseis. No fundo, este novo fundo conjuga três grandes tendências globais na sua estratégia de investimento: a descarbonização da produção de energia, a eletrificação da energia e a eficiência energética. Este fundo terá apenas uma perspetiva de longo prazo e um grande foco na sustentabilidade, nomeadamente, em empresas de referência e naquelas que demonstrem um evidente compromisso com o desenvolvimento. Para isso, vai recorrer a uma abordagem temática, gerida pela equipa de investimento em commodities e recursos da Schroders, criada em 2005. A equipa seguirá uma abordagem de elevado compromisso, que consiste em distribuir o investimento por um portfólio de 30 a 50 ações.

A oportunidade que a transição energética representa é vasta, porque o setor precisa de investimentos na ordem dos 120 triliões de dólares até 2050, para que os acordos internacionais sobre o clima sejam cumpridos. Esta escala de investimento conjugado com a crescente procura do consumidor por tecnologias limpas está a criar oportunidades de lucro real muito fortes, que esperamos que possam beneficiar os nossos clientes. Nos últimos dois anos, atingimos um ponto de viragem, que permite ás empresas deste setor serem oportunidades de investimento atrativas. Por essa razão, entendemos que será vantajoso para os nossos clientes alocarem investimentos à transição energética. Fundamentalmente, o nosso foco será o sistema energético e as tecnologias associadas consideradas necessárias para se fazer a transição. A nossa abordagem de investimento é há muito tempo livre de restrições e ativa, portanto, muito adequada ao setor da transição energética, por se tratar de uma oportunidade de investimento muito vasta e variada, tanto em termos de qualidade como de potencial de valorização.

Mark Lacey, Responsável de Commodities e Gestor de Fundos da Schroder ISF Global Energy Transition

Tendo em conta a mudança dramática na forma como produzimos e consumimos energia, os investidores reconhecem cada vez mais que a exposição ao setor da transição energética não é só uma oportunidade de investimento, como é também uma necessidade. A transição energética é fundamental para se reduzirem as emissões de carbono e limitar o aumento global da temperatura a menos de 2ºC, tal como demonstrado no Schroders Climate Progress Dashboard. Atualmente, tanto governos, como consumidores e investidores reconhecem que a produção de energia limpa é essencial ao planeta. A outra evidência é que a escala do investimento necessário para se conseguir transitar para uma energia mais sustentável é de triliões de dólares. A energia renovável e os veículos elétricos são apenas uma parte da mudança na forma como usamos a eletricidade. A forma como a armazenamos e como a distribuímos  precisa de ser adaptada e isso exige investimento. A Schroders está entusiasmada com a possibilidade de oferecer aos investidores a possibilidade de investirem neste setor vibrante e em rápido desenvolvimento, através de uma abordagem ativa.

Andrew Howard, Responsável pela área de Investigação em Sustentabilidade da Schroders

* Schroder International Selection Fund. O Schroder ISF Global Energy Transition está a ser registado na CMVM em Portugal. Sobre a Schroders plc: Enquanto gestora global de investimentos, apoiamos instituições, intermediários e indivíduos a alcançar os seus objetivos, as suas ambições e a prepararem-se para o futuro. Mas à medida que o mundo muda, mudam também as necessidades dos clientes. É por esta razão que temos uma longa história de adaptação, acompanhando os tempos e mantendo a nossa atenção centrada no que mais importa para os nossos clientes. Fazê-lo implica experiência e conhecimento especializado. Ouvimos as pessoas e analisamos os dados para identificar tendências que vão marcar o futuro. Este conhecimento permite-nos ter uma perspetiva única, que apoia um investimento com convicção. Somos responsáveis pela gestão de uma carteira de 469, 5 mil milhões de Euros** em ativos que os nossos clientes nos confiam para que lhes entreguemos retornos sustentáveis. Mantemo-nos determinados a contribuir para a sua prosperidade futura e para a da sociedade em geral. Atualmente, contamos com 5.000 colaboradores por todo o mundo, cuja missão é fazer isto mesmo. Somos uma empresa global com gestão local. Isto permite-nos manter as necessidades dos nossos clientes no centro de tudo o que fazemos. Esta proximidade com os clientes, as suas necessidades e interesses tem-nos permitido crescer com eles ao longo de 200 anos e mais de sete gerações. Para mais informações, visite www.schroders.pt

    Sobre o autor

    Juan Diego Quilez
    Gestor do Rankia Portugal