Bolha no Crescimento? - Rankia Portugal
Entrar Criar conta
Acesso
Entrar em Rankia

Bem-vindo à sua comunidade financeira

Informe-se, debata, compartilhe experiências; aprenda sobre como economizar e investir. Faz parte da maior comunidade financeira, já somos mais de 750.000 desde 2003. Você se inscreve?

Bolha no Crescimento?

Subscrever Agora

Selecione os temas que lhe interessa e personalize a sua experiência no Rankia

Enviaremos uma Newsletter cada quinze dias com as novidades de cada categoría que escolheu


Quer receber notificações dos nossos eventos/webinars?


Martin Flood, Managing Director & Portfolio Manager Lazard Asset Management

Setembro de 2018

O mercado de ações dos EUA continua dentro de um mercado altista, com retornos anualizados de 17,9% desde a crise financeira global. Além disso, continuamos otimistas para este ano, especialmente porque a reforma fiscal deve apoiar a confiança do consumidor e aumentar os lucros de muitas empresas americanas.

Continuamos a acreditar que a economia dos EUA está em melhor forma do que o que é apreciado e que o ambiente económico global permanece favorável, o que nos deixa com um ambiente construtivo para os investidores.

Em vez de favorecer empresas com perfis excepcionais de rentabilidade, os investidores mudaram para empresas em crescimento, evitando o custo de investir nelas. Enquanto as empresas de crescimento superaram muito o valor desde a crise financeira global, a diferença entre crescimento e valor em 2017 foi uma das maiores em muitos anos. Em 2017, o índice de crescimento Russell 1000 ganhou 30,2%, comparado com o retorno do índice Russell 1000 Value de 13,7%, uma diferença de 1.655 bps. Este tem sido um contraponto à estratégia à luz do nosso foco nos níveis e na sustentabilidade do desempenho do capital, bem como na avaliação.

O segundo elemento-chave de nossa filosofia é avaliar as expectativas implícitas na avaliação atual e, em nossa opinião, muitas ações voltadas para o crescimento são cotadas com avaliações que deixam pouca margem.

Bolha no Crescimento?

Embora a diversificação continue sendo um pilar central na teoria do investimento, muitos acreditam que essa teoria pode diluir o desempenho quando uma carteira ativa investe valores simplesmente para diversificar, em vez de agregar valor. Isso, por sua vez, levou muitos especialistas a especular que portefólio concentrados podem oferecer aos investidores desempenho superior.

O conceito de diversificação baseado no trabalho de Harry Markowitz sobre a teoria da carteira mostrou como os investidores podem reduzir o risco sem abrir mão do retorno investindo em ativos não correlacionados. No entanto, parece que alguns gestores usam o conceito de diversificação para justificar a manutenção de muitas ações. Por outro lado, foi demonstrado que, matematicamente, um investidor obtém maiores benefícios reduzindo os riscos se investir em 20 a 40 ativos. Portanto, elevar o número de ações para além de um certo limite fornece um benefício insignificante na redução do risco. Embora continue a ser sensato diversificar, não faz sentido diversificar através de um excesso de valores dentro de uma carteira individual. Muitos gestores parecem ter percebido isso, o que está favorecendo um aumento na popularidade de estratégias concentradas de investimento.

Artigos Relacionados

De que lhe serve ter um cartão de crédito se não tem intenção de o usar? É um pouco contraditório, mas pode ser uma realidade. Então, o que acontece se eu não usar o meu cartão de crédito? Este artigo preten...

Deixar uma Resposta

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments