Entrar Criar conta
Acesso
Entrar em Rankia

Bem-vindo à sua comunidade financeira

Informe-se, debata, compartilhe experiências; aprenda sobre como economizar e investir. Faz parte da maior comunidade financeira, já somos mais de 750.000 desde 2003. Você se inscreve?

Stop loss e Stop gain: o que é e como utilizar?

Subscrever Newsletter

Selecione os temas que lhe interessa e personalize a sua experiência no Rankia

Enviaremos uma Newsletter cada quinze dias com as novidades de cada categoría que escolheu


Quer receber notificações dos nossos eventos/webinars?


Há quem os considere os principais aliados dos investidores no que concerne à gestão dos riscos. O Stop Loss e o Stop Gain são ferramentas imprescindíveis para quem investe na Bolsa de Valores, mas sem abrir mão da segurança.

Neste artigo explicaremos como utilizar estas duas técnicas de modo a gerir o risco das suas operações.

O que é Stop Gain e Stop Loss?

São muitos aqueles que têm receio de investir na Bolsa de Valores pelo facto de poderem perder dinheiro. Mas existem ferramentas que o podem auxiliar na gestão desse risco, minimizando as hipóteses de perder o seu investimento.

Os ativos negociados na Bolsa de Valores são caracterizados pela sua volatilidade, pelo que os preços variam bastante consoante aquilo que acontece no mundo e influência o mercado financeiro. Por isso mesmo é fundamental que conheça as diferentes formas de investir, mas também as ferramentas que o podem auxiliar na diminuição de riscos que daí advêm.

Se já está no mercado financeiro, com certeza que já ouviu falar sobre Stop Loss e Stop Gain, duas ferramentas muito comuns e usadas por quem valoriza investir com segurança e estratégia.

Vejamos cada uma delas em pormenor.

Stop Loss

O Stop Loss consiste numa ordem de venda programada para ser lançada automaticamente quando o valor do ativo atingir o percentual de perda determinado pelo investidor.

Uma vez que o mercado da Bolsa de Valores é tão volátil, o que faz com que um ativo nem sempre tenha o desempenho esperado, uma forma de evitar perdas descontroladas é a criar uma ordem de Stop Loss para o momento em que o preço do ativo chegar a um limite de perda definido pelo investidor.

Esta é uma das principais técnicas utilizadas pelos traders que optam pelo day trade. Esta ferramenta ganha o nome de Stop Loss, ou seja, Limite de Perda, pois esta garantirá que o investidor não perca todo o dinheiro investido, no caso das suas previsões não se concretizarem.

Vejamos um exemplo: o investidor adquiriu ações de uma determinada empresa por 50 euros, na expectativa destas valorizarem num curto de espaço de tempo. No entanto, o mercado não correspondeu e as ações desvalorizaram. O ativo custou 48 euros, perdendo 4%. No entanto, quando definiu os seus objetivos, decidiu que quando as mesmas desvalorizassem 2%, sairia do negócio. Tendo optado pelo Stop Loss, assim que as ações valessem 49%, o correspondente a 2% de perdas, o negócio terminaria e colocaria as suas ações à venda.

Stop Gain

A ordem de Stop Gain funciona da mesma forma que o Stop Loss, mas inversamente, pois o Stop Gain permite vender um ativo quando o investidor chega ao patamar desejado, evitando que uma desvalorização prejudique os seus lucros.

Pode parecer estranho, mas da mesma forma que os ativos valorizam, rapidamente podem desvalorizar e o lucro já ganho é perdido. Lembre-se que um ativo não apresentará valorização para sempre, pelo que é fundamental aproveitar o momento e agarrar o lucro antes que o cenário positivo termine.

Analisemos o mesmo exemplo de há pouco, mas com ganhos e não perdas. As ações adquiridas custaram 50 euros. Depois de uma análise ao mercado, o investidor apercebe-se que as mesmas podem valorizar até aos 51€ antes de entrarem em retrocesso e desvalorizarem. Assim, o investidor aplica a ordem de Stop Gain no valor de 51€, por forma a que as ações sejam vendidas automaticamente mal alcancem esse patamar.

Esta ferramenta serve para garantir que o investidor consegue um resultado positivo com os seus investimentos e operações na Bolsa, prevenindo que uma mudança no mercado interfira com os seus rendimentos.

Como utilizar o Stop Loss e o Stop Gain

Estas duas ferramentas são fundamentais para que o investidor proteja os seus investimentos e servem igualmente para aumentar as hipóteses de negócios de sucesso. O Stop Loss e Stop Gain são ordens que devem ser estabelecidas na hora que investirá.

Tem dúvidas como aplicar as mesmas? Saiba que estas ferramentas estão disponíveis sendo definidas na própria plataforma da corretora que utiliza.

Antes de investir, analise o mercado e defina os montantes para vender em caso de perdas ou de lucros. Assim, já saberá de antemão quanto pode perder, mas principalmente também quanto pode ganhar, por forma a aproveitar as melhores oportunidades do mercado.

Ler mais tarde - Preencha o formulário para guardar o artigo como PDF
Consent(Obrigatório)

Artigos Relacionados

XTB, uma fintech global que oferece uma das plataformas de investimento mais populares do mercado, acaba de anunciar o lançamento da sua parceria com o famoso lutador de artes marciais mistas Conor McGregor....
Os gráficos de trading mostram a evolução ao longo do tempo do preço dos instrumentos financeiros. Eles são uma repre...

Deixar uma Resposta

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments