Vocabulário básico de CFDs

Quando lemos sobre CFD, aparece uma série de vocabulário : Lote, Pips, spread Bid-Ask, limit orders, entre outras palavras mais do que  muitas vezes não sabemos o que são , porque está relacionado a CFDs ou qual importância tem na operação desses derivativos. Neste artigo vamos explicar esses conceitos para que eles sejam claros.

Pip

Um pip é o menor movimento de preço que determinada taxa de câmbio faz com base na convenção de mercado. Como a maioria dos principais pares de moedas tem com quatro casas decimais, a menor alteração é a do último ponto decimal; para a maioria dos pares, isso equivale a 1/100 de 1% ou um ponto base . Por exemplo, o menor movimento que o par de moedas USD / CAD pode fazer é $ 0,0001 ou um ponto base.

Pip é um acrónimo de percentage in point.

Lote ou volume da transação

O mercado forex era negociado apenas em quantidades específicas chamadas lotes, ou  basicamente o número de unidades monetárias que vai comprar ou vender.

O tamanho padrão de um lote é de 100.000 unidades de moeda, e agora também há tamanhos de lote mini , micro e nano que são 10.000, 1.000 e 100 unidades, respectivamente.

Spread Bid-Ask

Como no mercado Forex, essa expressão se refere à diferença entre o preço de compra (BIB) e o preço de venda (Ask).

Resultado de imagem para Bid Ask

 

Isso significa que o preço de venda é de 1.36298 enquanto o preço de compra é de 1.36301

Para fazer uma “prova de acido” se tivermos duvidas sobre qual é: O que mais nos prejudica.

Dito isto com ironia claro, mas compramos ao preço mais caro e vendemos ao mais barato.

Limit Orders

Essas são ordens que são colocadas para abrir uma posição a um preço melhor do que o atualmente disponível no mercado ou para estabelecer um nível de preço pré-determinado para sair de uma posição com ganhos. O uso de Limit Orders não tem custo. Tenha em mente que não há garantia de que o pedido será executado ao preço determinado pelo trader se o mercado saltar e atravessá-lo num período de alta volatilidade.

Stop loss garantios

São ordens que garantem que uma transação de CFD será fechada ao preço exato especificado pelo trader quando o mercado se mover contra a sua posição e atingir o nível de stop. As garantias são diferenciadas das ordens normais de stop loss , na medida em que são gratuitas, no entanto, no caso de corretoras de stop loss garantidos cobram uma certa quantia pela sua utilização.

Mercado Subjacente

Quando compramos ou vendemos um CFD, o que estamos realmente a fazer um acordo contratual com a corretora CFD para negociar a diferença no valor de um ativo financeiro subjacente ou ativo de referência entre o momento atual em que a posição é aberta e uma data ou hora no futuro. Nesse caso, não estamos operando diretamente com o próprio ativo subjacente. O termo de mercado subjacente refere-se ao mercado atual com base naquele em que estamos. Por exemplo, negociar com CFDs com base no par de moedas EUR/USD significa que estamos especulando sobre o movimento de preços no mercado Forex.

No quadro abaixo, mostramos os tipos de mercados que podemos investir com CFDs, com o tempo médio utilizado. Podemos ver que claramente é um ativo de curto prazo.

Financiamento

Quando a palavra financiamento aparece quando se trata de CFD se trata de que se o trader mantém aberta uma posição longa , então vai cobrar juros financiamentos diários , mas permanece abrir uma posição curta , em seguida, receber juros de financiamento diária.

LIBOR

LIBOR é a sigla para London Inter-Bank Offer Rate. É uma taxa de juros interbancária na qual os bancos podem emprestar fundos a outros bancos no Reino Unido. No CFD, a LIBOR é usada para calcular as despesas financeiras diárias para as posições overnight do CFD.

Alavancagem

Isso significa usar o capital emprestado para aumentar os retornos dos investimentos. No caso dos CFDs, a alavancagem permite a abertura de posições de alto volume com um investimento inicial de capital relativamente pequeno.

Se quiser aprender mais sobre CFDs, pode fazer download do nosso manual de CFDs gratuitamente

 

Sobre o autor

Henrique Garcia
Analista de Mercados