XTB – Abertura dos Mercados – 12 de Abril de 2019

xtb market update

Abertura dos Mercados

Por Carla Maia Santos, Sales Team Leader

As bolsas seguem a negociar mistas, no último dia da semana a aguardar o início da Época de Resultados dos EUA.

JP Morgan dá o ‘pontapé de saída’ às 11h45, na apresentação de resultados, seguida pela Wells Fargo, às 13h. Será assim o setor bancário a definir a tendência dos mercados norte-americanos.

setor bancário tem estado pressionado com a redução do diferencial entre as yields de longo prazo e curto prazo. Os Bancos remuneram os investidores à taxa de curto-prazo e emprestam capital à taxa de longo-prazo. Uma redução deste diferencial diminui as margens de ganho dos Bancos.

cotação do BCP estará bastante dependente dos seus pares norte-americanos. Note-se que, a nível técnico, o BCP tem potencial para uma correção de curto-prazo.

As previsões para o lucros das empresas do S&P500, este trimestre, caíram face ao abrandamento global. Será assim mais fácil exceder as expetativas dos próprios analistas e dos investidores. As declarações dos CEOs e as perspetivas de crescimento destes também terão bastante impacto na cotação das empresas.

Ontem decorreu a Assembleia Geral da Jerónimo Martins, definindo assim o calendário relativamente aos dividendos.
A JM pagará um dividendo de 0.325 EUR, o que representa um dividend yield de 2.32%. Parece um rácio baixo face à média dos dividendos portugueses, mas veja-se que o dividend yield é calculado com o dividendo/cotação. A cotação da JM é elevada face às empresas portuguesas, resultando num dividend yield mais baixo, face à média portuguesa.

7 de Maio – ação entra em ex-dividendo (ou seja, se comprar ações após esta data, não terá direito a receber dividendos).
9 de Maio – pagamento dos dividendos.A JM reduziu o pagamento de dividendos face ao ano passado, mas não é por isso que perde força no mercado. Teremos que ver a causa da diminuição da distribuição dos lucros pelos acionistas. Essa causa é oinvestimento no negócio e na expansão do negócio noutros mercados. O que, na minha opinião, é bastante positivo. Veja-se que a maior parte das receitas da JM já não provêem da operação portuguesa, mas sim daoperação na Polónia.
O produto CFDs não é simples e a sua compreensão poderá ser difícil, apresentam um elevado risco de perda rápida de dinheiro devido ao efeito de alavancagem.
80% das contas de investidores de retalho perdem dinheiro quando negoceiam CFDs com este fornecedor.
Deve considerar se compreende como funcionam os CFDs e se pode correr o elevado risco de perda do seu dinheiro. X-Trade Brokers Dom Maklerski, S.A. Sucursal Portugal está inscrita na Comissão do Mercado de Valores Mobiliários(CMVM) com o número 341. Este e-mail foi enviado de acordo com os termos e condições de utilização do site www.xtb.com/pt. Esta informação foi preparada apenas para informação e não constitui uma oferta ou compromisso nem constitui aconselhamento de investimento.
Por favor, note que a empresa não oferece nenhuma garantia, expressa ou implícita, quanto à precisão ou integridade das informações e opiniões aqui. X-Trade Brokers DM S.A. Praça Duque de Saldanha Edifício Atrium Saldanha 9ºB Lisboa, Lisboa 1050-094 Portugal Esta mensagem constitui uma comunicação comercial de acordo com o artigo 24(3) da Directiva 2014/65/UE do Parlamento Europeu e do Concelho de 15 de Maio de 2014 sobre Mercados e Instrumentos Financeiros e da Directiva revista 2002/22/EC e da Directiva 2011/61/UE.

Sobre o autor

XTB Portugal