XTB – Análise Diária – Especial BCE

xtb market update

Por Carla Maia Santos, Sales Team Leader

As bolsas abrem sem um sentido definido, depois de o S&P500 e do Nasdaq100 fazerem um novo máximo histórico ontem.

As bolsas americanas continuam a bater novos máximos consecutivamente. A contribuir para este sentimento positivo estão as divulgações de empresas tecnológicas na área dos semi-condutores, mais precisamente as perspetivas futuras apresentadas. Este é um setor que tem estado sobre tensão face à guerra comercial com a China.
O Facebook apresentou resultados já depois do fecho do mercado, resultados estes acima do esperado.
A expectativa sobre mais medidas de estímulo a serem avançadas pelos Bancos Centrais, também anima os investidores.
Hoje decorre a reunião do BCE e espera-se que avance com mais medidas de estímulo económico, de forma a combater o abrandamento que continua a dar sinais de alerta, nos indicadores macroeconómicos. O índice de manufactura já indica mesmo contração, apresentando valores abaixo dos 50. O brexit e a possibilidade de os EUA voltarem a pressiomar o sector automóvel continuam a ser factores de preocupação.
Esperamos bastante volatilidade no EURUSD aquando divulgação de informação.
Hoje será um dia recheado de divulgação de resultados em Portugal. Os CTT, a REN, a Jerónimo Martins e a EDP apresentam as suas contas, depois de o mercado fechar.
Também os EUA apresentam resultados das grandes Amazon e Alphabet.
 
ANEXO: ESPECIAL BCE

Sem recuperação à vista na Europa, o BCE mais uma vez enfrenta um desafio – como reavivar a economia. O programa de QE foi encerrado no final de 2018, mas depois de apenas 6 meses, os investidores pedem o seu uso novamente. O que o Banco fará? Nesta análise vamos ensinar-lhe sobre:

• Porque o BCE tem pouca escolha a não ser agir

• Que opções o Banco Central poderá accionar?

• Quais são os cenários mais prováveis?

• Como o EURUSD parece do ponto de vista da análise técnica

Dados económicos – nada a esperar

Na primavera de 2018, Mario Draghi esperava que uma recuperação sustentada permitisse que ele terminasse o seu mandato como presidente do BCE que “salvou o euro” durante a crise e  que impulsionou a economia, através de estímulos monetários que poderiam ser retirados. Uma lenta desaceleração na Zona Euro foi atribuída inicialmente a fatores temporários, mas é claro que é algo mais sério. Enquanto o consumidor se mantém relativamente bem, a inflação permanece bem abaixo da meta e a produção envia sinais recessivos. Infelizmente para o Sr. Draghi, é hora de agir novamente.

Quais opções o BCE tem?

Taxas de juros: a taxa de depósito já está em -0,4%, mas o BCE deixou claro no passado que acreditava que cortes mais profundos eram possíveis. Um corte para -0,6% é possível neste ano, talvez com um programa que compensaria as perdas para o setor bancário. As taxas negativas foram especialmente prejudiciais para o euro no passado.

QE: o BCE poderia facilmente anunciar um programa de 6 meses de compras de títulos de 30 biliões de euros por mês usando os limites atuais. Um QE mais agressivo precisará do limite crescente de emissão / emissor ou da ampliação do conjunto de ativos adquiridos. É provável que Draghi deixe isso para o próximo presidente do BCE. QE foi especialmente otimista para Índices Europeus no passado.

3 cenários de mercado

Dovish – BCE corta taxa de depósito em pelo menos 10 pontos base e anuncia QE (detalhes podem ser apresentados em setembro)

Neutro – O BCE reduz a taxa de depósito em 10 pontos-base e não considera QE em julho OU não reduz os juros, mas o QE anunciou a introdução em breve

Hawkish – O BCE evita taxas de corte e apenas sinaliza algum tipo de flexibilização em setembro

O BCE anunciará uma decisão na quinta-feira às 12:45  e a conferência pós-reunião começará 45 minutos depois.

O produto CFDs não é simples e a sua compreensão poderá ser difícil, apresentam um elevado risco de perda rápida de dinheiro devido ao efeito de alavancagem.
79% das contas de investidores de retalho perdem dinheiro quando negoceiam CFDs com este fornecedor.
Deve considerar se compreende como funcionam os CFDs e se pode correr o elevado risco de perda do seu dinheiro. X-Trade Brokers Dom Maklerski, S.A. Sucursal Portugal está inscrita na Comissão do Mercado de Valores Mobiliários(CMVM) com o número 341. Este e-mail foi enviado de acordo com os termos e condições de utilização do site www.xtb.com/pt. Esta informação foi preparada apenas para informação e não constitui uma oferta ou compromisso nem constitui aconselhamento de investimento.
Por favor, note que a empresa não oferece nenhuma garantia, expressa ou implícita, quanto à precisão ou integridade das informações e opiniões aqui. X-Trade Brokers DM S.A. Praça Duque de Saldanha Edifício Atrium Saldanha 9ºB Lisboa, Lisboa 1050-094 Portugal Esta mensagem constitui uma comunicação comercial de acordo com o artigo 24(3) da Directiva 2014/65/UE do Parlamento Europeu e do Concelho de 15 de Maio de 2014 sobre Mercados e Instrumentos Financeiros e da Directiva revista 2002/22/EC e da Directiva 2011/61/UE.

 

    Sobre o autor

    Juan Diego Quilez
    Gestor do Rankia Portugal

    Responder a este tópico

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *