XTB: Market update de 10 de julho de 2018

O mercado segue a negociar misto e sem uma tendência global definida.

As retaliações comerciais entre os dois gigantes China e EUA acalmaram esta semana, depois de na sexta-feira os EUA terem aplicado as tarifas no valor de 34 mil milhões USD a importações chinesas.
O setor bancário é dos setores que mais valoriza nos EUA com expetativa de divulgação de resultados positivos. A justificar este sentimento positivo estão os resultados dos testes de stress realizados o mês passado que saíram bastante positivos e a realização de diversos IPO que levaram ao aumento das margens bancárias. A época de resultados começa esta sexta-feira e a estratégia ‘buy the rumor sell the news’ pode aplicar-se esta semana.

O Twitter, o meio de comunicação predileto do presidente Donald Trump, ‘mergulhou’ no dia de ontem depois de notícias que vão fechar contas falsas. Esta pode ser uma boa oportunidade para ‘buy the dip’ e aproveitar para comprar o título a preços mais baixos.Em Inglaterra, o ministro dos negócios estrangeiros e do brexit demitiram-se mostrando que não concordam com a política de manter relações estreitas com a Europa depois do brexit. Mesmo com esta instabilidade política, o principal índice inglês continua a negociar na linha de água, indicando que os investidores continuam seguros quanto à estabilidade do governo de Theresa May. Esperava-se um aumento das taxas de juro nacionais para Agosto, mas esta turbulência política pode levar os decisores a recuarem, esta expetativa ajuda a bolsa a manter-se ‘à tona da água’.

Em Portugal, o setor do papel continua a dar cartas e agora foi a vez da Navigator fechar acordo com o governo de Moçambique levando as ações a dispararem e por osmose a Altri segue a ‘conquistar terreno’. A Galp segue a valorizar com a subida do preço do petróleo no mercado internacional. A dificuldade do lado da oferta do ouro negro por parte do Canadá, Líbia e sanções ao Irão estão a impulsionar a cotação deste ativo.

Sessão Asiática

Depois de uma semana algo atribulada nos mercados financeiros com a guerra comercial a ser o grande foco das últimas sessões, durante a sessão asiática os investidores optaram pelos ativos mais arriscados, marcando assim um maior apetite pelo risco e otimismo numa altura que é também de distribuição de dividendos.

Com este sentimento de maior otimismo a marcar a sessão de hoje, os grandes beneficiados foram ativos mais arriscados como o dólar australiano (AUD) e o dólar neozelandês (NZD), que são moedas que apresentam uma maior yield, e o Nikkei (índice japonês) que beneficiou das quedas do ien japonês (JPY) por ser também um ativo de refúgio e com maior valorização quando o mercado se encontra pessimista.

Também o Shanghai Composite fechou o dia a negociar em terreno positivo, a valorizar 0.44% e a continuar a recuperar das quedas consecutivas das últimas semanas mais atribuladas, a registar novamente valores máximos do mês de Julho. Quem não beneficiou deste otimismo do mercado e da valorização das suas moedas foram os índices australiano e neozelandês que desvalorizaram cerca de 0.40% em relação ao dia de ontem.

Ações

Disney (DIS.US) – parece estar encaminhada a aquisição da maior parte dos ativos da 21st Century Fox, depois de muita controvérsia relativamente a quem seria a empresa compradora. A Fox detém um mercado de mais de 700 milhões de utilizadores na Índia, potenciando o crescimento de vendas da Disney. Esta notícia tem incentivado compras no ativo, que regista uma valorização e poderá ser aproveitada com entradas longas no ativo, rumo aos 108.64 dólares.

Citi (C.US) – irá proceder a uma realocação dos seus ativos, mudando a estrutura europeia de Londres para Paris. Os esforços do presidente francês Macron têm sido bem sucedidos, possibilitando uma transição mais célere das principais instituições bancárias presentes no Reino Unido para o país gaulês.

SOJA D1

Os futuros da SOJA tiveram uma queda agressiva nestas última semanas, o que levou o preço a vir formar um padrão de duplo fundo. Sem nenhuma condicionante fundamental a respeito deste ativo, é agora provável que surja uma pequena correção a este movimento impulsivo de queda que tivemos.

soja

NZD / USD D1 Alerta de Breakout

Este par cambial quebrou em baixa o intervalo de negociação a longo prazo perto dos níveis de 0.6650 antes de voltar a subir para a área perto doa 0.6850. O valor 0.6850 encontra-se no suporte do intervalo referido. Não só isso, mas também marca a retração de Fibo de 38,2% para o par cambial.

Podemos ver novos mínimos anuais em relação ao dólar nos próximos dias. A ideia seriam posições curtas para fazer um duplo fundo (0.67) e um SL acima do intervalo de longo prazo.

chart (51)(1)

 

Departamento de Research XTB

Declaração de Risco

A X-Trade Brokers Dom Maklerski S.A. não se responsabiliza por decisões de investimento que se baseiem em informações contidas nesta newsletter. Nenhuma da informação aqui contida deverá ser entendida como recomendação de investimento, garantia de lucro ou de risco significativamente menor. Os investimentos baseados no uso de produtos derivados com alavancagem financeira são, por natureza, especulativos e poderão resultar tanto em lucros como perdas significativas, as quais poderão superar os montantes inicialmente depositados.

Sobre o autor

Rankia

    Onde Investir com Bolsonaro na Presidência

    Onde Investir com Bolsonaro na Presidência

    O Plano O economista de Jair Bolsonaro é Paulo Guedes, um conhecido liberal e ex-banqueiro que desenhou o plano de governação focado em reformas e privatizações. O "Tripé" O programa...