XTB – Market Update 22 de Fevereiro de 2019

market update xtb

Abertura dos Mercados

Por Carla Maia, Team Leader & Senior Broker

As bolsas seguem a negociar em alta, mesmo depois da divulgação de dados macroeconómicos abaixo do esperado.

Porque não estão as bolsas a refletir o abrandamento económico espelhado pelos dados macroeconómicos?! Porque os investidores estão mais atentos ao fator que está a causar este abrandamento. A guerra comercial entre EUA e a China. A perspetiva desta semana (que a qualquer altura pode alterar face a um ‘twitte’ do Presidente Trump, que costuma ser bastante volátil nas suas declarações) é positiva face à ideia que os líderes estão a passar, de assinatura de memorandos de entendimento, em relação a temas fundamentais para a relação económica, como os câmbios, taxas aduaneiras, entre outros.
Se houver consenso entre os gigantes económicos, o crescimento global e sincronizado de 2017 pode voltar.
Vemos assim os investidores mais atentos às perspetivas futuras do comércio internacional, do que a dados locais.

PMI industrial da Alemanha ficou abaixo dos 50 pontos, o que indica contração. Já o PIB do último trimestre, manteve-se, face ao aumento da procura interna e não do aumento das exportações. Vemos assim a maior economia europeia a estagnar, com Itália já em fase de recessão técnica.

BCP apresentou os seus resultados bastante acima do esperado e volta a ponderar o pagamento de dividendos. Mesmo assim, os investidores procuram uma decisão definitiva quanto ao pagamento de dividendos, para poderem ‘entrar’ na ação.
Os CTT continuam a afundar face aos dados negativos apresentados e à diminuição dos dividendos, levando os investidores a procurarem outras soluções de investimento.


Matérias-Primas

Por Eduardo Silva, Head of Sales
Cobre ativa um duplo fundo
Depois de um período de consolidação em range, esta semana fica marcada por um dólar mais fraco, que impulsionou as matérias-primas. Destaque para movimentos como o ouro, açúcar, cobre ou petróleo. Destes, o que apresenta melhor rácio de risco/rentabilidade parece ser o cobre. Com as negociações bilaterais a avançar a bom ritmo entre a China e os EUA, e um dólar pressionado juntamente com um padrão, cujo target (7000$) é um movimento de grande amplitude, enquanto o stop pode ficar relativamente perto, abaixo do breakout, nos 6300$.
chart (77)
O produto CFDs não é simples e a sua compreensão poderá ser difícil, apresentam um elevado risco de perda rápida de dinheiro devido ao efeito de alavancagem.
80% das contas de investidores de retalho perdem dinheiro quando negoceiam CFDs com este fornecedor.
Deve considerar se compreende como funcionam os CFDs e se pode correr o elevado risco de perda do seu dinheiro. X-Trade Brokers Dom Maklerski, S.A. Sucursal Portugal está inscrita na Comissão do Mercado de Valores Mobiliários(CMVM) com o número 341. Este e-mail foi enviado de acordo com os termos e condições de utilização do site www.xtb.com/pt. Esta informação foi preparada apenas para informação e não constitui uma oferta ou compromisso nem constitui aconselhamento de investimento.
Por favor, note que a empresa não oferece nenhuma garantia, expressa ou implícita, quanto à precisão ou integridade das informações e opiniões aqui. X-Trade Brokers DM S.A. Praça Duque de Saldanha Edifício Atrium Saldanha 9ºB Lisboa, Lisboa 1050-094 Portugal Esta mensagem constitui uma comunicação comercial de acordo com o artigo 24(3) da Directiva 2014/65/UE do Parlamento Europeu e do Concelho de 15 de Maio de 2014 sobre Mercados e Instrumentos Financeiros e da Directiva revista 2002/22/EC e da Directiva 2011/61/UE.

Sobre o autor

XTB Portugal