XTB: Market update de 9 de Janeiro de 2018

João Tenente, gestor da corretora XTB

Sessão Europeia

As principais praças europeias despertaram com uma ligeira tendência altista, depois de terem apresentado correções nas últimas sessões. O início de semana até parecia prometedor, mas os índices não conseguiram realizar novos máximos e com a abertura dos mercados norte-americanos menos positiva, o mercado europeu encerrou no dia de ontem ligeiramente negativo. Podemos assim esperar alguns movimentos de consolidação, mas que não alteram a tendência altista de médio prazo.
O PSI20 regista os maiores ganhos,  dando seguimento ao período muito positivo que atravessa. A banca passa por uma melhor fase e nem mesmo as correções de ontem fizeram atrasar este setor. O setor energético mostra também alguma força mesmo com o petróleo a pressionar. Em alta seguem também CTT, Mota Engil, Navigator Company, Semapa e Sonae. Em sentido contrário temos Pharol e Nova Base.

Ações

 Celgen (CELG.US) – a farmacêutica norte-americana chegou a acordo para adquirir a Impact Biomedicines por cerca de sete mil milhões de dólares e alavancar-se num dos produtos desta para desenvolver um medicamento que cure a leucemia. A transação será feita por diversas formas, mas incluirá um pagamento de 1.7 mil milhões de dólares em cash. A cotação da Celgen está próxima de uma zona de preço suportada e apresenta potencial para alcançar os 113 dólares, tornando interessantes entradas compradoras no ativo.

Análise Técnica e Fundamental

 Matérias-primas – Zinco em destaque

 Os metais industriais seguem a corrigir no curto prazo, porém com price action de médio e longo prazo altista. Estamos a negociar na zona de 61.8 de expansão de Fibonacci e em H1 o ativo ainda procura suporte, enquanto corrige de alguma sobrecompra, igualmente com algumas divergências. Isto significa que podemos voltar a entrar no trade mais abaixo e retornar o movimento principal. Destaco a Kumo Cloud e a LTA como possíveis suportes ou os 38.2 de Fibonacci da subida. Podemos ainda negociar curtos intradiários, enquanto virmos que o ativo ainda procura suporte.
ZINC.H1.png
ZINC.Weekly.png

Forex-NZDUSD Curto

O NZDUSD está a testar uma resistência descendeste de longo prazo formada por um teste de triplo topo. Neste ponto, com o testar da resistência, assistiu-se a uma elevada dificuldade de quebra que colmatou na força da oferta, levando à perda de ‘momentum’ e à criação de uma Pinbar de inversão baixista. Numa altura em que o dólar americano está a ganhar força, o mercado vê reunidas condições para que haja pressão vendedora nos atuais níveis de preço que possam impulsionar o ativo até aos 61.8 de fibonnaci.
NZDUSD_09_00 09_01.png

Índices – SPA35 – a subir

Os índices europeus abriram esta semana no verde, seguindo assim a tendência já de 2017. Em Espanha, o IBEX quebrou em alta a sua resistência, abrindo uma grande possibilidade de ser levado em alta até ao nível dos 16000 pontos. Não existe nada no calendário que possa travar uma possível subida hoje nos índices. Assim, a ideia será comprar IBEX com stop nos 10325 e take profit nos 10600.

spa352.png

Declaração de Risco
A X-Trade Brokers Dom Maklerski S.A. não se responsabiliza por decisões de investimento que se baseiem em informações contidas nesta newsletter. Nenhuma da informação aqui contida deverá ser entendida como recomendação de investimento, garantia de lucro ou de risco significativamente menor. Os investimentos baseados no uso de produtos derivados com alavancagem financeira são, por natureza, especulativos e poderão resultar tanto em lucros como perdas significativas, as quais poderão superar os montantes inicialmente depositados.

Sobre o autor

Rankia

    Melhores corretoras de Bolsa em Portugal

    Melhores corretoras de Bolsa em Portugal

    Estas são as comissões que nos cobraram em 2017 as principais corretoras de bolsa do mercado português.  A melhor corretora para um investidor não tem que ser a melhor “broker” para outro. O...