XTB: Market update de 11 de Abril de 2018

Por Carla Maia Santos, gestora da corretora XTB

Ontem, os mercados reagiram em alta com as declarações do presidente da China, Xi Jinping, a mostrar interesse em abrir as portas ao investimento e importações estrangeiras, numa posição oposta à do presidente dos EUA.

Os investidores aguardam pela resposta de Trump, irá retaliar com medidas ainda mais agressivas ou será que a China conseguiu ‘pôr água na fervura’?! Nesta imprevisibilidade os mercados reagem em baixa, expetantes.

O EURUSD segue a valorizar a caminho dos 1.24. A tendência para normalização da política monetária na Europa e a diminuição das pressões deflacionistas levam o euro a valorizar. Por outro lado, um dólar fraco torna as exportações americanas mais atrativas, numa tentativa do governo norte americano de melhorar a sua balança comercial.

O ouro agradece esta subida do EURUSD e a incerteza vivida nos mercados e em resposta continua a sua valorização cotando nos $1343 e encontra resistência nos $1351.

O petróleo explodiu ontem em alta com o brent a quebrar a barreira dos $70. A impulsionar este ativo estiveram as tensões no médio oriente e a desvalorização do dólar. Hoje, segue a corrigir com a tomada de mais-valias dos investidores de curto prazo e a aguardar o relatório da EIA – Energy Information Administration.

O investidor poderá encontrar volatilidade hoje com a leitura das minutas da FED.

Soja – USDA faz o preço disparar em dois dígitos

A soja disparou com os dados da USDA que divulgou uma projeção, que aponta para um quebra de cinco milhões de bushels na produção. Para além destes dados, o ativo mostra ainda um aumento forte na procura com China e Argentina a representar a maior fatia das novas encomendas. A estes fatores podemos juntar um ‘price action’ agressivo, em que depois de quebrar em alta um triângulo, o ativo tenta ativar um h&S em que o ombro direito resultou de um hammer impulsivo em alta. Os 1200 são a próxima zona de resistência para o ativo e vemos grande potencial no movimento de curto e médio prazo. Stops abaixo da neckline para entradas com buy stop num novo máximo relativo representa um óptimo rácio de risco\retorno.
 SOYBEAN.Weekly

US100 D1 – Curto abaixo do nível de Fibo 38.2%

Os índices continuam a negociar de forma totalmente lateral, à espera ainda de uma resolução da disputa da “Guerra Comercial” entre China e EUA. Se olharmos para o gráfico diário do US100, vemos que estamos a negociar abaixo de um grande suporte e do nível dos 38.2% de Fibonacci, onde faz sentido entradas curtas. Assim, a ideia será vender US100 com stop nos 6678 e take profit nos 6338.

us100

Departamento de Research XTB
Declaração de Risco
A X-Trade Brokers Dom Maklerski S.A. não se responsabiliza por decisões de investimento que se baseiem em informações contidas nesta newsletter. Nenhuma da informação aqui contida deverá ser entendida como recomendação de investimento, garantia de lucro ou de risco significativamente menor. Os investimentos baseados no uso de produtos derivados com alavancagem financeira são, por natureza, especulativos e poderão resultar tanto em lucros como perdas significativas, as quais poderão superar os montantes inicialmente depositados.

Sobre o autor

Rankia

    Onde Investir com Bolsonaro na Presidência

    Onde Investir com Bolsonaro na Presidência

    O Plano O economista de Jair Bolsonaro é Paulo Guedes, um conhecido liberal e ex-banqueiro que desenhou o plano de governação focado em reformas e privatizações. O "Tripé" O programa...