Como fazer transferência de títulos financeiros - Rankia Portugal
Entrar Criar conta
Acesso
Entrar em Rankia

Bem-vindo à sua comunidade financeira

Informe-se, debata, compartilhe experiências; aprenda sobre como economizar e investir. Faz parte da maior comunidade financeira, já somos mais de 750.000 desde 2003. Você se inscreve?

Como fazer transferência de títulos financeiros

Subscrever Agora

Selecione os temas que lhe interessa e personalize a sua experiência no Rankia

Enviaremos uma Newsletter cada quinze dias com as novidades de cada categoría que escolheu


Quer receber notificações dos nossos eventos/webinars?


Transferência de títulos financeiros

ordem de transferência de títulos financeiros s é aquela que visa a transferência de um conjunto de valores mobiliários de uma entidade depositária para outra , devido, por exemplo, ao fato de a entidade de destino oferecer ao titular uma taxa de transação de valores mobiliários mais econômica.

Como fazer transferência de títulos financeiros

A ordem de transferência deve ser sempre dada pelo titular dos valores mobiliários , seja por intermédio da entidade de origem ou de destino. A operação geralmente leva entre 3 ou 4 dias úteis.

Requisitos para uma transferência de títulos

Entregue um extrato da posição global da carteira de títulos em que aparece o seguinte:
  • Propriedade da carteira.
  • Número da conta de títulos de origem
  • Conceito das ações (Ações a trocar e quantidade delas).
  • É importante que as duas contas (origem e destino) tenham a mesma propriedade.
  • Indique se todos os seus títulos no portfólio são nacionais ou não.

Esses são os requisitos básicos, mas é possível que uma das duas entidades solicite algum outro tipo de procedimento estipulado no seu contrato. Em certos casos, o número da conta de valores mobiliários deve ser consultado com o corretor de origem, pois não é tão acessível quanto um número de conta corrente.

O que é uma conta de títulos e uma conta corrente?

Para investir no mercado de ações, precisa abrir uma conta de valores mobiliários com um intermediário financeiro , seja uma companhia de valores mobiliários, uma agência de valores mobiliários, uma instituição de crédito ou uma corretora online. Dentro da conta, estarão todos os títulos que o titular depositou.

conta de títulos está associada a uma conta à ordem , onde se refletem as perdas ou ganhos na gestão das minhas ações. Simplificando, na conta de balanço teremos o dinheiro com que operamos em ações e na conta de títulos, só temos os títulos de nossa carteira.

Para abrir uma conta de títulos, deve primeiro abrir uma conta corrente ou, se já tiver uma conta corrente, poderá usá-la.

Que comissões devo levar em consideração?

Ressalte-se que a entidade depositária de origem costuma cobrar uma comissão na transferência de valores mobiliários. O valor dessas comissões está estabelecido no folheto de tarifas máximas registrado pela entidade na CMVM. Por isso, de acordo com as comissões, podemos escolher três alternativas distintas:

  1. Transfira nossas ações diretamente.
  2. Pode nos interessar não transferir nossas ações devido às altas comissões que podem existir.
  3. Vender as ações da corretora antiga e comprá-las na nova, levando em consideração que as comissões de compra e venda são menores que as da transferência dos títulos.
A lei exige que as comissões estabelecidas pela entidade sejam refletidas no contrato firmado entre o cliente e a própria entidade . Caso essas comissões sejam alteradas, o cliente terá o direito de rescindir o contrato.

Muitas entidades de destino oferecem promoções de transferência da sua conta para a sua entidade, uma percentagem de retorno sobre o valor nominal que transfere ou de comissão, podendo assim compensar comissões  ao fazer a transferência da entidade de origem para o titular.

Me afeta fiscalmente?

Numa transferência de valores mobiliários, não é tributada , é simplesmente uma transferência da conta de valores mobiliários de uma instituição financeira para outra (sem levar em conta que existem contas gerais entre, como expliquei acima, todas as ações internacionais estão em contas gerais) .

Podemos ter operações em que estejamos perdendo dinheiro sem esperança de que as ações recuperem num curto período de tempo. Nesses casos, consideramos a possibilidade de vender ações para deduzir de nossa declaração de imposto de rendimento.

Artigos Relacionados

Evergrande escapa à falência? Hoje falamos sobre as notícias! Os ursos à espera da grande queda nos mercados terão de esperar mais alguns dias. Pelo menos para ver se este gigante desencadeia a crise finance...

Deixar uma Resposta

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments