Ethereum: o que é e como comprar?

Subscrever Newsletter

Selecione os temas de seu interesse e assine nossa newsletter abaixo:

Subscription Type(Obrigatório)

Neste guia, vamos ver as diferentes formas de comprar e investir em Ethereum, explicando cada uma delas em detalhe e vendo o “passo a passo” de cada processo.

Este artigo é meramente informativo e educacional. As informações fornecidas aqui não podem ser consideradas como aconselhamento financeiro ou recomendação de compra / venda.

O que é Ethereum e Ether?

Como sempre devemos conhecer algo antes de investir nela, vamos começar com uma explicação do que realmente é Ethereum e também Ether.

Ethereum: o que é e como comprar?

Vamos começar com Ethereum: Ethereum é uma rede de criptomoedas ou “blockchain” em inglês, na qual se podem desenvolver aplicações financeiras descentralizadas (ou seja, que funcionam sem um intermediário humano). Nela, podem ser criados todos os tipos de contratos inteligentes ou “smart contracts” (que são executados automaticamente quando as pessoas cumprem as suas cláusulas), outras criptomoedas (chamadas Tokens), criptomoedas não fungíveis ou NFTs (ou seja, tokens únicos e irrepetíveis, dos quais não existem dois com as mesmas características e o mesmo valor), plataformas de empréstimos descentralizadas, organizações autónomas descentralizadas (DAOs) e muito mais.

Por outro lado, a Ether (ETH), é a criptomoeda base da rede Ethereum, que serve como moeda de pagamento na rede, usada para pagar as comissões ou “fees” de cada uma das ações que são realizadas dentro da rede e das suas aplicações descentralizadas (cada vez que queremos mover ETH ou outro token na blockchain de Ethereum com a intenção de fazer qualquer coisa, teremos que pagar algumas fees em ETH).

Devido à elevada aceitação e ao enorme uso da blockchain Ethereum a nível mundial, o Ether ou ETH valorizou-se enormemente ao longo do tempo desde o seu nascimento, por uma razão simples: quanto mais ETH possuis, mais ações podes realizar na blockchain Ethereum (e mais benefício podes obter disso). Embora seja verdade que este é o motivo “fundamental” da sua valorização, existem outros fatores macroeconómicos ou relacionados com o mundo das criptomoedas que também afetam enormemente o seu preço.

👉 A propósito, como aqui introduzimos o conceito de blockchain, se quiseres saber o que é, recomendo que consultes o nosso guia explicativo: Blockchain – O que é, como funciona e para que serve?

Como comprar Ethereum? | 4 formas diferentes.

Vamos agora ver quatro maneiras diferentes de investir em Ethereum:

Comprar Ethereum diretamente

Claro, a forma mais básica de investir em Ethereum é comprando a criptomoeda ETH; desta forma, possuímos a moeda de troca da blockchain Ethereum e, teoricamente, se a blockchain Ethereum for mais aceite e utilizada no futuro, o nosso investimento (ETH) também se valorizará (embora, como mencionámos, existam outros fatores que influenciam isso).

Este tipo de investimento pode ser comparado ao investimento em ações de empresas clássicas, onde, se a empresa for bem-sucedida, conseguir mais clientes e gerar mais lucros, as suas ações se valorizariam com o tempo.

No entanto, ao contrário do que acontece com as ações e as corretoras, existem dois lugares onde comprar ETH: as exchanges centralizadas, que são geridas e controladas por pessoas/empresas, e as exchanges descentralizadas, que funcionam com Smart Contracts sem a necessidade de gestão ou intermediação humana (além da manutenção do próprio exchange).

Em seguida, vemos uma lista dos exchanges centralizadas e descentralizadas mais populares onde podemos obter ETH:

Exchanges centralizados:

  • Bit2Me
  • Binance
  • Coinbase
  • Kraken
  • Kucoin

Exchanges descentralizadas:

  • Uniswap
  • Sushiswap
  • Curve
  • 1inch

👉 Mais adiante no artigo veremos os passos detalhados a seguir para comprar ETH, por enquanto, deixo-te com este artigo onde poderás entender melhor como funciona a negociação criptomoeda: Trading com criptomoedas

Staking de Ethereum

Outra forma de investir em Ethereum é o Staking: com o objetivo de reduzir as taxas de gás (fees) e melhorar a segurança da rede, a Fundação Ethereum permite a qualquer pessoa com 32 ETH tornar-se um validador de transações de rede através do processo de Staking, depositando um mínimo de 32 ETH num contrato inteligente da blockchain. Por isso, o validador receberá recompensas em ETH.

Também existem outras formas “indiretas” de fazer Staking se possuíres menos de 32 ETH, através de exchanges (como por exemplo Coinbase) ou protocolos descentralizados (como Lido DAO, o mais conhecido) que reúnem os ETH de vários investidores para realizar staking com eles (de uma forma semelhante ao crowdfunding, para que se entenda).

staking de ehereum

Já como curiosidade, ou dado histórico, podemos contar que Ethereum nasceu sendo um protocolo de Prova de Trabalho (Proof of Work, ou PoW), e durante os seus primeiros anos de existência não era possível realizar Staking de Ethereum, mas sim tinha que Minerar (e isso implicava um grande investimento em hardware e complexos processos computacionais); não foi até setembro de 2022 que Ethereum mudou o seu modelo passando a funcionar como Prova de Participação (Proof of Stake, ou PoS) e começou a ser possível realizar o staking.

ETPs e fundos de investimento em Ethereum

Para aqueles investidores que não desejam mergulhar diretamente no mundo das criptomoedas, mas querem investir em Ethereum, existem também vários ETPs (produtos cotados em bolsa) que “rastreiam” ou seguem o preço do ETH, por isso, através deles, é possível investir em ETH da mesma forma que se investe em ações ou ETFs, a partir do seu corretor. Vejamos alguns desses ETPs:

  • CI Galaxy Ethereum (ETHX)
  • 21Shares Ethereum ETP (AETH)
  • DDA Physical Ethereum ETP (IETH)
  • Evolve Ether ETF (ETHR)

Futuros sobre Ethereum

E claro, para esses traders de curto prazo, temos a opção dos contratos futuros, utilizados para a grande maioria dos ativos financeiros (moedas, ações, índices, commodities) e também, claro, para as criptomoedas.

Os contratos futuros são contratos entre duas partes que se comprometem a trocar um ativo (seja primeiro comprando e depois vendendo, ou vice-versa), num prazo dentro de uma data futura estabelecida, e a um preço determinado no qual o ativo esteja cotado nesse momento. O ativo, na realidade, pode ser como mencionamos um ativo financeiro, mas também físico, imobiliário, de matéria-prima, ou um criptoativo como o ETH.

Tanto em corretoras tradicionais como nas próprias exchanges de criptomoedas, os traders têm a opção de comprar e/ou vender Ethereum através de contratos futuros.

Como comprar Ethereum em Portugal em 5 passos?

Vamos ver os 5 passos simples para comprar Ethereum; usaremos a exchange Bit2Me para o exemplo:

Este artigo é meramente informativo e educacional. As informações fornecidas aqui não podem ser consideradas como aconselhamento financeiro ou recomendação de compra / venda.

Passo 1: Abrir conta numa Exchange

Primeiro de tudo, acedemos a Bit2Me.com e abrimos a conta, clicando em “Registar-se” no canto superior direito ou através deste link:

plataforma Bit2me

Abrir conta na exchange

Como vemos na imagem abaixo, é possível fazê-lo com uma conta Google/Gmail ou Apple:

criar conta Bit2Me

Qualquer utilizador pode criar uma conta Google gratuita e utilizá-la para criar uma conta no Bit2Me, se desejar.

Passo 2: Comprar Ethereum

Para isso, novamente clicamos no canto superior direito, onde diz “Ir à minha conta”.

Uma vez dentro, voltamos ao canto superior direito e clicamos no botão laranja “Comprar”:

comprar bit2me

Agora, é hora de estabelecer a nossa ordem de compra de Ethereum. Para isso, clicamos no botão “Comprar” e em “O que você quer comprar?” (caixa vermelha), que nos mostrará este menu:

o que quer comprar? bit2me

Aqui, devemos selecionar Ethereum no primeiro menu suspenso que diz “O que queres comprar?” e selecionamos a opção “Ethereum”:

Depois, adicionamos o montante desejado (para o exemplo, 100 euros, seta vermelha), e posteriormente selecionamos a carteira onde queremos que o Ethereum comprado seja depositado (caixa verde):

Ao clicar no botão “Adicionar carteira”, aparecerá o seguinte painel, onde simplesmente damos um nome à nossa carteira para Ethereum (caso já exista, aparecerá por defeito):

adicionar carteira

Caso não tenhamos ainda adicionado um método de pagamento, devemos selecionar o método de pagamento desejado (caso já tenha sido adicionado previamente, aparecerá por defeito):

pagamento bit2me

Finalmente, pressionamos o botão azul “PAGAR” na parte inferior:

fazer pagamento bit2me

Uma vez executados todos os passos, receberemos automaticamente na carteira criada o montante comprado (menos a pequena comissão de compra do exchange), que poderemos ver em qualquer momento na nossa Wallet do Bit2Me.

Passo 4: Monitoriza as suas investimentos

Para monitorizar o nosso investimento, devemos ir ao canto superior direito do menu, onde encontramos os 9 quadrados brancos, e neles aceder a “Careteiras”; acessaremos a uma tela assim:

carteiras bit2me

Na nossa carteira, podemos ver em qualquer momento o valor da nossa investimento em ETH e em qualquer outra moeda.

👉 Deixo-te uma análise completa deste exchange, caso queiras considerar começar a comprar Ethereum através do mesmo: Opiniões sobre Bit2Me – Comissões, carteira, pro e earn

Como vender Ethereum de forma rápida e segura?

Para vender o nosso Ethereum, deveremos aceder à carteira da nossa conta.

Na carteira, vemos o botão “Vender” (círculo vermelho em cima), onde podemos clicar para aceder à vender:

vender ethereum

Dentro disso, será tão simples como adicionar a quantidade de ETH que se deseja vender e selecionar a moeda que se quer obter em troca (e criar uma carteira para essa moeda, caso ainda não tenha sido criada).

👉 Neste artigo falámos extensivamente sobre comprar e vender Ethereum, no entanto, deixo-te também um guia sobre a criptomoeda rainha por excelência: Como investir em Bitcoin de forma segura em Portugal?

Onde guardar o teu Ether de forma segura?

A forma mais segura de guardar qualquer criptomoeda hoje em dia são as carteiras de hardware, também conhecidas como cold wallets. Estas carteiras têm uma chave privada e única de 24 palavras, sem a qual é impossível aceder a elas; é aconselhável anotar estas 24 palavras em papel e guardar o papel num lugar seguro, para que não seja possível aceder à chave através da internet e a carteira não possa ser hackeada.

Além disso, se esta carteira se perder ou não tivermos acesso físico a ela por qualquer motivo, é possível comprar outra carteira similar e aceder à nossa carteira com a nossa mesma chave, e desta forma poderemos aceder às nossas criptomoedas a partir desta nova carteira.

Esta opção é mais segura do que deixar as criptomoedas em exchanges, pois estes podem falir, sofrer ataques de hackers ou até defraudar/roubar os seus usuários (não esqueçamos que as exchanges centralizadas são geridas por pessoas, e as exchanges descentralizadas são vulneráveis a acessos de terceiros e ataques de hackers se tiverem falhas de segurança).

As três marcas de carteiras mais populares são:

  • Ledger
  • Trezor
  • SafePal
exemplo cold wallet

👉 No entanto, e caso queira consultá-la, outra opção não tão segura quanto as cold wallets, mas também muito mais prática, é a conhecida como carteira quente ou conectada à rede. Desenvolvo-a no seguinte artigo: Hot wallets

Por que investir em Ethereum em 2024?

Com o passar do tempo, a evolução tecnológica e da tecnologia blockchain e a evolução do próprio Ethereum, os investidores consideram que existem cada vez mais razões e de maior peso para considerar investir em Ethereum. Vejamos a seguir algumas das mais relevantes:

Adoção institucional

Desde tempos imemoriais, os investidores “retail” anseiam seguir os passos dos investidores institucionais, pois estes são os que possuem maior conhecimento do mercado e, portanto, os que têm maior sucesso nos investimentos.

O facto de que cada vez mais instituições mostram interesse pela tecnologia Blockchain em geral, e muitas vezes emEthereum em particular, e por outro lado o facto de que cada vez mais empresas / instituições utilizam a rede Ethereum para as suas próprias gestões, leva a convencer um número cada vez maior de investidores de que investir em Ethereum pode dar bons frutos.

2ª criptomoeda rainha após o bitcoin

Ether é, hoje e praticamente desde o seu nascimento, a criptomoeda que mais atenção recebe dos investidores do mundo, depois do Bitcoin; isso faz com que seja também a segunda criptomoeda com maior liquidez, mais investidores institucionais estão investidos nela, mais desenvolvedores de software querem trabalhar nela, etc.

Tudo isso, sem dúvida, só faz reforçar o argumento do ETH como um investimento interessante e com expectativas de retorno positivo.

ethereum

Imagem de CoinMarketCap de 16 de novembro de 2023, onde vemos que Ethereum é a segunda maior criptomoeda por capitalização de mercado do mundo, apenas atrás do Bitcoin.

👉 Como investir em Bitcoin?

Expectativa de descida das taxas de juro

Mencionámos isto no início do artigo, e é hora de entrar mais a fundo neste tema: hoje, os fatores macroeconómicos são talvez os fatores mais relevantes para a ação do preço do Ethereum e das criptomoedas em geral. Tanto grandes investidores como especialistas em tecnologia Blockchain concordam que a macroeconomia pode ser o principal impulsionador do preço das criptomoedas em geral (seja para cima ou para baixo).

No momento atual, os investidores especulam que tanto nos Estados Unidos (principal economia mundial) como na grande maioria das economias desenvolvidas, os bancos centrais estão cada vez mais perto de começar a baixar as taxas de juro.

E o que significa isto?

Vamos explicar da forma mais clara e simples possível.

Bem: na economia em geral, taxas de juro baixas são algo positivo para o crescimento das empresas; isto é porque as empresas podem aceder a financiamento em troca de uma taxa de juro baixa, e porque têm de devolver menos juros é mais fácil obter lucro desse financiamento (seja para contratar pessoal, abordar novos projetos, comprar mais e/ou melhores matérias-primas, etc.) e devolver esses juros baixos mantendo uma maior margem de lucro do que se esses juros tivessem sido altos (ou seja, se as taxas estivessem altas).

E, se as empresas têm mais lucro, haverá mais empresas com mais dinheiro disponível, e mais pessoas empregadas e com salários mais altos, o que leva a sociedade em geral a estar em condições de destinar mais capital para investimento. O que, obviamente, beneficia ativos financeiros como ações de empresas ou criptomoedas, pois, quanto mais compras, maiores são os preços dos ativos em geral.

Token nativo da rede Ethereum

Como temos vindo a comentar, cada dia existem mais particulares e mais instituições que utilizam a blockchain de Ethereum para uma infinidade de objetivos. Isto é também porque Ethereum é a blockchain sobre a qual mais protocolos e projetos são executados atualmente.

Por estas razões, ETH, o token nativo de Ethereum, é cada vez mais utilizado (e portanto valioso), e leva os investidores a querer possuir ETH, seja pela mera revalorização do preço esperada, ou pela necessidade de possuí-lo para a realização de gestões dentro da blockchain de Ethereum.

Investir em Ethereum opiniões

Hoje em dia, praticamente a totalidade dos investidores em criptomoedas e dos especialistas em blockchainconcordam que o Ethereum é um excelente projeto em equilíbrio, e que tem um grande futuro pela frente.

Só ouviremos argumentos contra daqueles investidores que não são a favor das criptomoedas (normalmente os Value Investors, porque a sua metodologia de análise para o investimento não é aplicável às criptomoedas por não gerarem um “cash flow”).

Ainda assim, em que todos concordam são as vantagens da tecnologia, e que Ethereum foi pioneira nos Smart Contracts (e por isso tem uma grande reputação e alta confiança de grande parte dos setores financeiro e tecnológico).

Vantagens e desvantagens de investir em Ethereum

Vamos, finalmente, ver algumas das vantagens e desvantagens mais relevantes ao investir em Ethereum:

Vantagens

Possibilidade de grandes valorizações no futuro devido à alta volatilidade das criptomoedas

✅ No mundo das criptomoedas, é uma das opções com melhores aspectos fundamentais que existem

Alta liquidez e total flexibilidade: pode-se investir exatamente o valor que se deseja em ETH, devido à sua enorme fracionabilidade, e também a qualquer momento, já que o mercado de criptomoedas nunca fecha, ao contrário de todos os outros

Há cada vez mais interesse institucional pelo Ethereum, tanto ao nível da sua tecnologia e funcionalidade como do investimento em ETH (principalmente pelo aspecto mencionado anteriormente), o que dá segurança ao investimento (factor muito desejável num mundo não regulado como é o das criptomoedas)

Disponível na praticamente totalidade das exchanges centralizadas e descentralizadas existentes

É cedo no sector Blockchain; a possível chegada de um grande número de investidores ainda reforça o argumento de possíveis grandes valorizações

✅ Muitos consideram Vitalik Buterin, o fundador do Ethereum, como um génio, e é muito respeitado na criptocomunidade; a boa reputação de um CEO é sempre uma boa notícia para o seu projeto

Desvantagens

Alto risco (ETH teve quedas no seu preço superiores a 90% em mais de uma ocasião; é possível que isto aconteça novamente)

Há investidores em criptomoedas que afirmam que “já é tarde” para chegar a grandes criptomoedas como Bitcoin e Ethereum, e preferem procurar oportunidades em projetos novos e menores (e, portanto, com maior possibilidade de valorização embora esta seja menos segura)

Risco de obsolescência: alguns investidores queixam-se da pouca escalabilidade da Ethereum, e apontam como um grande número de novos projetos Blockchain oferecem uma melhor e mais rápida experiência, bem como menores custos por transação, o que pode levar os utilizadores a usar outras redes Blockchain e os investidores a procurar outras oportunidades. Vimos como as empresas tecnológicas líderes do mundo têm mudado sistematicamente; Ethereum, como pioneira e veterana no sector, corre inevitavelmente esse risco.

❌ Existem riscos regulatórios que podem afetar o seu preço; no passado vimos como a China proibiu a posse de criptomoedas (além de ter aplicado várias restrições anteriormente), o que causou uma grande queda no preço de todas as criptomoedas. Factos assim poderiam acontecer novamente

Em suma, comprar Ethereum oferece oportunidades de crescimento devido ao seu amplo uso e aceitação e tecnologia pioneira, mas também envolve riscos significativos, como alta volatilidade e possíveis mudanças regulatórias. Em qualquer caso, a escolha de investir em Ethereum deve equilibrar estes fatores, considerando tanto o seu potencial inovador como as suas vulnerabilidades inerentes.

Disclaimer:

RANKIA PORTUGAL: Este artigo é meramente informativo e educacional. As informações fornecidas aqui não podem ser consideradas como aconselhamento financeiro ou recomendação de compra / venda.

Ler mais tarde - Preencha o formulário para guardar o artigo como PDF

Manual de Criptomoedas

Este e-book irá ajudá-lo a aprender o que precisa de saber para começar a compreender o que são e como funcionam as criptomoedas:

  • Noções básicas de criptomoedas
  • Como começar a investir em criptomoedas
  • Dicas sobre como fazer tudo isto em segurança

Artigos Relacionados

Após o boom do mercado de criptomoedas e a subsequente perda de interesse por parte de muitos investidores, parece que o setor está a recuperar aos poucos. Se é uma das pessoas interessadas em investir ...
Neste artigo, vamos proceder a explicar o que são as stablecoins de forma ampla, a sua importância no ecossistema cri...