Entrar Criar conta
Acesso
Entrar em Rankia

Bem-vindo à sua comunidade financeira

Informe-se, debata, compartilhe experiências; aprenda sobre como economizar e investir. Faz parte da maior comunidade financeira, já somos mais de 750.000 desde 2003. Você se inscreve?

Principais índices mundiais: quais são?

Subscrever Newsletter

Selecione os temas que lhe interessa e personalize a sua experiência no Rankia

Enviaremos uma Newsletter cada quinze dias com as novidades de cada categoría que escolheu


Quer receber notificações dos nossos eventos/webinars?


Antes de entrar nos quatro principais índices mundiais mais prestigiadas do mundo, vamos relembrar a definição de Índice de Ações ou Bolsa de Valores e para que serve. Um índice de ações é a síntese representativa de um mercado de ações ou mercados de ações para medir as mudanças de valor ao longo do tempo. Isso significa que são um conjunto de ações cujo número varia de acordo com o índice. Então qual é a finalidade de um índice bolsista mundial? Precisamente tem a finalidade de avaliar um setor de atividade, uma bolsa de valores ou um centro financeiro, ou uma determinada economia.

O que são índices?

Um índice de ações é a síntese representativa de uma bolsa ou bolsas de valores para medir as alterações de valor ao longo do tempo. Isto significa que são um conjunto de stocks cujo número varia de acordo com o índice. Por outras palavras, um índice bolsista é entendido como um cabaz no qual existe uma amostra diversificada de produtos e o preço de cada um deles será representativo e dar-nos-á uma percepção da situação generalizada; medindo, portanto, o crescimento ou diminuição do valor das ações que o compõem, para dar uma imagem do comportamento do mercado como um todo.

Como funcionam os índices bolsistas?

Os índices funcionam como uma referência para compreender como os mercados bolsistas estão a evoluir.

Quais são as utilizações dos índices de ações?

  • Em primeiro lugar, os índices de ações servem de referência para o desempenho geral de certos tipos de ativos.
  • Os índices de ações são utilizados como referência ou base de comparação para determinar o desempenho relativo dos gestores de fundos e dos investidores individuais.
  • São amplamente utilizados pelos gestores para fazer comparações entre eles e para poderem negociar e investir com base nos dados que estão a ser analisados.
  • Servem de referência para o investimento passivo. Os fundos de investimento passivos ou ETFs indexados apenas terão de replicar índices bolsistas para obter o mesmo rendimento bruto.
  • Para além de servirem como guia para dar uma perspectiva do mercado, estes indicadores económicos são uma grande ajuda para a análise e estudo de opções quando se trata de medir a rentabilidade e o risco do mercado, bem como o desempenho de um gestor de ativos, ou criar carteiras que possam reproduzir o comportamento do referido índice, entre outros.

Como investir em índices de ações

Uma das formas de investir em índices é através de fundos de investimento. No entanto, uma das melhores opções atuais para investir em índices bolsistas são os fundos negociados em bolsa ou ETFs. Para tal, a primeira coisa a fazer é procurar um gráfico do índice em que quer investir, depois localizá-lo na sua corretora (escolher a corretor mais segura e fiável é importante). Depois é necessário estabelecer um ponto de entrada, parar a perda e o alvo, quer seja para uma transação a curto ou médio prazo, e calcular a dimensão da sua posição com base no risco e no capital.

Busca uma corretora para investir? A continuação, deixamos algumas corretoras importantes do mercado👇:

Comissões 0%
Ações e ETFs
ETFs
Grátis
Com mais de
1.5M de clientes

Quais são os principais índices mundiais?

Abaixo, apresentamos o que consideramos os 5 índices bolsistas mais importantes do mundo. Mas, antes de vê-los em detalhe, vamos analisá-los por área: os índices usados ​​em Wall Street e os índices bolsistas europeias.

Índices de ações mundiais: Wall Street

Índices de ações mundiais: bolsas de valores europeias

Índices de ações mundiais: bolsas de valores asiáticas

Índice Bolsista: Euro Stoxx 50

O Dow Jones Euro Stoxx 50 é um índice de referência da bolsa de valores da Zona Euro, um dos índices mundiais mais importantes e seguidos no velho continente, criado em 26 de fevereiro de 1998. É produzido pela STOXX Limited, uma joint venture da Deutsche Börse, Dow Jones e SWX Swiss Exchange. É um índice ponderado com base na capitalização de mercado, o que significa que nem todas as empresas do índice têm o mesmo peso. O índice tem uma ampla cobertura em termos de diversidade de setores da indústria, ou seja, possui uma carteira diversificada (muito importante para os investidores).

Atualmente, o índice inclui empresas de oito países que compõem a Zona do Euro. 50 grandes empresas europeias por capitalização, o seu desempenho é um importante indicador do desempenho das bolsas europeias. Esses países são: França, com a presença de 18 empresas; Alemanha, com 13 empresas no índice; Espanha, com 6 empresas; Itália e Holanda, com 5 empresas cada; Bélgica, Luxemburgo e Irlanda, com 1 empresa cada, a França lidera em termos de qualidade com um peso relativo de cerca de 36% no índice. A Alemanha tem um peso de cerca de 32%. Enquanto a participação da Espanha no índice representa quase 12% do peso total. A Itália, por outro lado, tem um peso muito limitado.

Índice Bolsista: Nikkei

O Nikkei é o índice de ações mais popular do mercado japonês, composto pelas 225 maiores ações listadas na Bolsa de Valores de Tóquio. Estas empresas são selecionadas desde 1971. É calculado pelo Nihon Keizai Shinbun (Japanese Business Daily), de cujas iniciais o índice deriva o seu nome. Um dos detalhes que encontramos com o índice Nikkei é que é o mercado de ações com a tendência negativa mais longa da história, sendo o máximo histórico alcançado desde 29 de dezembro de 1989. Os valores do índice Nikkei são ponderados pelo preço e não pela capitalização, embora esse cálculo difira de uma média simples porque o divisor está correto.

A maior parte do índice Nikkei é detida por 66 empresas industriais, 50 empresas de consumo cíclico e 24 empresas financeiras. Os componentes do índice são revistos ​​anualmente para refletir as mudanças no ambiente de mercado. As alterações na composição do índice são efetuadas em outubro, embora excecionalmente possam ocorrer em data diferente. Por fim, detalhamos algumas das empresas incluídas no índice e são as seguintes: Toyota Motor, Yamaha, Toshiba, Suzuki Motor, Sony, Pioneer, Nissan Motor, Kanebo, Japan Tobacco, Bridgestone e Konica. Esses títulos são caracterizados por alta liquidez. Tem sua base 100 em 16 de maio de 1949. Atingiu um máximo de 38.957,44 em 29 de dezembro de 1989.

Índice Bolsista: S&P 500

O índice Standard & Poor’s 500, conhecido como S&P 500, é um dos maiores índices do mercado de ações dos Estados Unidos. O S&P 500 é considerado o índice mais representativo da situação real do mercado. Uma das razões pelas quais é um verdadeiro reflexo do que acontece no mercado: omite o efeito do dividendo. A história do S&P 500 apresentou o seu primeiro índice em 1923, quando a Standard & Poor’s lançou um índice que abrange 233 empresas. Só em 1957, o índice incluía as 500 maiores empresas do mundo.

Este índice de ações é composto pelas 500 maiores empresas dos Estados Unidos e é ponderado pela capitalização de mercado de cada empresa. Entre as empresas mais conhecidas que representam o índice está:Amazon, BlackRock, Caterpillar, Coca-Cola, Cisco, Apple, General Electric, IBM, JP Morgan, Mcdonald’s, Microsoft, Pfizer, Verizon, Walt Mart Stores, Yahoo, Visa e muitas outras grandes empresas internacionais. O S&P 500 é elaborado pela agência de classificação de ações e títulos cujos especialistas são conhecidos por serem os mais conhecedores do mercado de ações e da situação de risco das empresas.

Índice Bolsista: Dow Jones

O índice de ações Dow Jones é composto por 130.000 índices de ações produzidos pelos índices Dow Jones, criados por dois jornalistas americanos, Charles Dow e Edward Jones, que fundaram a Dow Jones & Company em 1882. Originalmente propriedade da Dow Jones & Company. Entre os diferentes índices de ações Dow Jones existem 4 índices principais:

  1. Dow Jones Industrial Average (DJIA): este é o mais importante de todos e reflete o desempenho das ações das 30 empresas industriais mais importantes e representativas dos Estados Unidos.
  2. Dow Jones Utility Average (DJUA): que contém as ações das 15 maiores empresas em mercados como gás ou eletricidade.
  3. Dow Jones Transportation Average (DJTA ): que inclui as 20 maiores empresas de transporte e distribuição.
  4. Dow Jones Composite Average (DJCA): é o índice que mede o desempenho das ações de 65 empresas nos três índices anteriores. As empresas que compõem o Dow Jones Composite Average podem variar com base em determinados critérios, mas a maioria delas são empresas de grande capitalização.

Índice Bolsista: Nadaq

NASDAQ Stock Market ou simplesmente NASDAQ (National Association of Securities Dealers Automated Quotations, em português, “Associação Nacional de Corretores de Títulos de Cotações Automáticas”) é um mercado de ações automatizado norte-americano, no qual estão listadas mais de 2800 ações de diferentes empresas, na sua maioria de pequena e média capitalização. É o segundo maior mercado de ações em capitalização de mercado do mundo, depois da Bolsa de Nova York. A plataforma de operações é de propriedade do NASDAQ OMX Group, que também é o proprietário da rede de mercados de ações OMX. O NASDAQ caracteriza-se por reunir empresas de alta tecnologia em eletrônica, informática, telecomunicações, biotecnologia, etc.

Índices mundiais: FTSE 100

FTSE 100 é o índice dos mercados financeiros da Bolsa de Valores de Londres. É composto pelas 100 maiores empresas de capitalização de mercado do Reino Unido e é um indicador do desempenho financeiro das empresas regulamentadas pela legislação societária do Reino Unido. Significa Financial Times Stock Exchange 100 e é efetivamente controlado pela revista Financial Times. O índice é administrado pelo Grupo FTSE, uma subsidiária do Grupo London Stock Exchange (LSE). A capitalização das empresas que compõem o índice representa 70% do valor total da bolsa de Londres. O índice FTSE 100 foi lançado em 3 de janeiro de 1984. Nos seus primeiros 15 anos de vida, ele subiu quase continuamente 1.000 pontos em relação ao seu valor inicial, atingindo um recorde de 6.950,6 em 30 de dezembro de 1999.

Índices do mercado de ações mundial: Dax 40

DAX 40 reúne as 40 empresas com maior capitalização da Bolsa de Frankfurt (até setembro de 2021 falava-se em DAX 30 porque havia apenas 30 empresas cotadas). Entre as maiores ações estão  Linde,  Siemens,  Volkswagen  e  Deutsche Telekom.

Índice Bolsista: Cac 40

CAC 40 (Cotation Assistée en Continu) compreende 40 ações da Bolsa de Valores de Paris. O valor máximo  intradiário do índice CAC 40 foi alcançado em 4 de setembro de 2000 em 6.944,77 pontos. É um índice baseado no  free float, ou seja, tomando como base a parcela do capital social efetivamente em circulação nesse mercado.

Índices mundiais: Hang Seng

Hang Seng 50 Index é um índice do mercado de ações composto pelas 50 maiores empresas listadas na Bolsa de Valores de Hong Kong. O Hang Seng tem uma capitalização de mercado de aproximadamente US$ 1,3 bilhão e é um dos oito principais índices globais do mercado de ações. O Hang Seng Index foi estabelecido em 1969 sendo administrado pelo Hang Seng Bank, um dos maiores bancos de Hong Kong, que administra os índices e dados económicos dos mercados de Hong Kong. Só as empresas que compõem este índice representam mais de 60% da capitalização de mercado total de Hong Kong. De fato, desde a adesão de Hong Kong à China, muitas grandes empresas chinesas foram listadas no índice, um sinal da força económica dessas empresas em particular e da China em geral.

Índices mundiais: Shanghai Composite

Shanghai Stock Exchange Composite Index é um dos índices líderes mundiais e o mais importante índice do mercado de ações da China continental, medindo o valor das ações mais representativas do país por capitalização de mercado (mais de 1.500 empresas chinesas). Ao contrário da Bolsa de Valores de Hong Kong, a Bolsa de Valores de Xangai ainda não está totalmente aberta a investidores estrangeiros devido ao rígido controle exercido pelas autoridades chinesas.

Os fundos de índice são um bom investimento?

Os fundos de índice são fundos de investimento cujo objectivo é reproduzir diretamente o desempenho de um índice específico da bolsa de valores (Ibex 35, FTSE 100, S&P 500), e a sua estratégia é captar, na mesma medida, tanto as subidas como as descidas de um índice, em vez de tentar vencê-lo. No entanto, o seu desempenho pode por vezes diferir ligeiramente do seu ativo de referência. Além disso, o investimento em fundos de índice faz parte do que é conhecido como gestão passiva e, portanto, requer menos atividade por parte da equipa de gestão. Portanto, como os fundos de índice não requerem uma atividade contínua por parte de uma equipa de gestão, as taxas para estes produtos são muito mais baixas e podem ser um bom investimento.

Vale a pena investir nos mercados internacionais?

O investimento em mercados internacionais é uma estratégia de investimento que envolve instrumentos de investimento globais como parte de uma carteira de investimentos. Tornou-se também uma oportunidade para muitos investidores e permite uma maior diversificação e menor risco de investimento em mercados e empresas globais. Neste caso, ao investir internacionalmente, terá benefícios como, por exemplo:

  • Diversificação: leque de opções de investimento em empresas, sectores, geografias e populações globais.
  • Redução da volatilidade potencial: a reduzir os impactos negativos da volatilidade do mercado local.
  • Acesso ao crescimento: beneficiar dos impulsos económicos nos mercados globais.
Ler mais tarde - Preencha o formulário para guardar o artigo como PDF
Consent(Obrigatório)

Artigos Relacionados

Na bolsa de valores existem muitos índices. Um desses índices utilizado por investidores é o STOXX 600. Não é tão conhecido como o Nasdaq ou NYSE, mas, é importante entender o que é e como funciona. Neste ar...

Deixar uma Resposta

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments