Entrar Criar conta
Acesso
Entrar em Rankia

Bem-vindo à sua comunidade financeira

Informe-se, debata, compartilhe experiências; aprenda sobre como economizar e investir. Faz parte da maior comunidade financeira, já somos mais de 750.000 desde 2003. Você se inscreve?

Os melhores fundos imobiliários em Portugal 2022

Subscrever Newsletter

Selecione os temas que lhe interessa e personalize a sua experiência no Rankia

Enviaremos uma Newsletter cada quinze dias com as novidades de cada categoría que escolheu


Quer receber notificações dos nossos eventos/webinars?


O ano de 2021 foi um tanto ou quanto complicado no que diz respeito aos ativos sob a gestão de fundos de investimento imobiliário. De acordo com os dados disponibilizados pela Associação Portuguesa de Fundos de Investimento, Pensões e Patrimónios, este setor perdeu cerca de 2%, totalizando, em julho de 2021, 9 mil milhões de euros.

Neste artigo falamos dos melhores fundos imobiliários em Portugal.

O que é un Fundo de Investimento Imobiliário?

Um fundo de investimento imobiliário presume a captação de capital de vários investidores, gerido por especialistas, e aplicam em imóveis. Atualmente, a entidade competente pela sua supervisão é a CMVM. Os fundos de investimento imobiliário, adiante designados apenas por fundos de investimento, são instituições de investimento coletivo, cujo único objetivo consiste no investimento dos capitais obtidos junto dos investidores e cujo funcionamento se encontra sujeito a um princípio de repartição de riscos.

O que avaliar para encontrar os melhores FIIs?

Se quiser saber o que avaliar para encontrar os melhores FII, o primeiro passo é verificar o seu segmento, que ativos possui e a qualidade desses ativos. Neste caso, pode ler cuidadosamente o prospecto do fundo, que pode conter os seguintes documentos:

  • Objectivos do fundo
  • Propriedade ou títulos de dívida que o fundo quer comprar
  • Análise de risco
  • Taxas a serem pagas ao fundo
  • Análise patrimonial realizada por uma empresa especializada

Lembre-se de que os fundos imobiliários são investimentos de capital e não investimentos de rendimento fixo. Portanto, os preços das ações podem variar, assim como os rendimentos, que podem ser influenciados, entre outros fatores, pela disponibilidade de bens imobiliários.

Além disso, é necessário avaliar a rentabilidade de uma IFI (examinando e analisando o histórico de rendimentos e o fluxo de pagamentos do fundo). Além disso, verificar se o fundo paga rendimentos numa base mensal ou se tem outra periodicidade, por exemplo, trimestral ou semestral.

Como analisar os melhores fundos imobiliários e construir a sua carteira?

Para aprender a analisar os melhores fundos imobiliários, é necessário construir um método e conhecer o seu perfil de investidor e os seus objectivos. É importante replicar as carteiras recomendadas e considerar a análise técnica e fundamental. Relativamente ao tipo de análise (técnica ou fundamental), ter em mente que têm objectivos diferentes:

  • Análise fundamental: o foco é a análise dos fundamentos (gestão de FII, rentabilidade, retornos a longo prazo, cenários micro e não micro.
  • Análise técnica: uma ferramenta utilizada para determinar a tendência de um ativo e o lucro da mudança de preço na compra ou venda. Neste tipo de estudo, a análise centra-se em gráficos, volumes de negociação, liquidez, etc.

Além disso, os seguintes aspectos podem ser considerados na análise:

  1. Escolher um tipo de fundo imobiliário
  2. Verificar se o FII é de um ou de vários ativos.
  3. Verificar a localização dos imóveis para avaliar a percentagem de tempo que um imóvel está vago e também a qualidade e localização do imóvel. As melhores propriedades tendem a permanecer vagas por menos tempo.
  4. Verificar quem é o gestor do fundo
  5. Avaliar a dimensão dos ativos do fundo
  6. Taxas do Fundo Imobiliário de Estudo
  7. Analisar o rendimento de dividendos de 12 meses.
  8. Examinar a taxa de capitalização
  9. Número de ações e liquidez de ações
  10. Cálculo do preço/valor do capital social
  11. Examinar se a renda por metro quadrado é compatível com a realidade.

Passos para investir em fundos imobiliários

O investimento em fundos imobiliários requer:

  1. Refletir sobre o seu perfil e os seus objectivos de investimento para descobrir se os fundos imobiliários são um investimento adequado para si.
  2. Procurar corretores de bolsa. Para comprar e vender ações em fundos cotados, é necessário ter uma conta;
  3. Considere as comissões de corretagem e outros custos cobrados pela sua firma de corretagem escolhida.
  4. Identificar as carteiras disponíveis na bolsa e a liquidez (volume de negociação) das mais atractivas.
  5. Estudar a política de investimento do fundo a partir de documentos tais como prospectos, regulamentos e boletins informativos mensais. Estes estão disponíveis no website da bolsa.
  6. Preste atenção ao histórico de distribuição de rendimentos do fundo e à volatilidade do mercado bolsista.
  7. Compreender o nível de risco do fundo, considerando a volatilidade dos títulos da bolsa e o risco dos segmentos imobiliários detidos pelo fundo.

Os melhores fundos imobiliários em Portugal

Fundos imobiliários Total em Carteira (milhões de euros)
CA Património Crescente 971
Fundimo 629
Imofomento 598
Vip 327
Valor Prime 303
Office Park Expo 270
Novlmovest 258
Imonegócios 258
AF Portfólio Imobiliário 256
ImoFid 235

CA Património Crescente

Indicado para Clientes Particulares que querem rentabilidade com segurança, CA Património Crescente é um fundo aberto que lhe permite aumentar o seu património a médio/longo prazo.

O Fundo CA Património Crescente foi autorizado pelo Conselho Directivo da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários em 6 de Junho de 2005, tendo iniciado a sua atividade em 15 de Julho do mesmo ano.

Tendo como depositário e comercializador a Caixa Central de Crédito Agrícola Mútuo e atuando como agentes comercializadores toda a rede bancária do Crédito Agrícola, o Fundo CA Património Crescente é gerido pela Square ASSET MANAGEMENT – Sociedade Gestora de Fundos de Investimento Imobiliário, SA.

Evolução da Rentabilidade do CA Património Crescente

fundos imobiliários: Evolução da Rentabilidade do CA Património Crescente

Fonte: Morningstar

No final de julho do ano passado, os seus ativos ascendiam a 901 milhões de euros, o que representa 9% do total de ativos deste segmento. Importa referir que desde maio de 2018 que este é o maior produto imobiliário em Portugal.

Dados gerais CA Património Crescente

Dados Gerais
ISIN PTSQUBHM0002
Categoria Morningstar Imobiliário Directo Europa
Sociedade gestora Square Asset Management
Data de lançamento 15/07/2005
Comissão de gestão anual 1,00 %
Total Expense Ratio (TER) 1,57 %

Fundimo

O segundo maior fundo imobiliário português pertence à Fundimo, gerido pela Caixa Gestão de Ativos. Este fundo engloba também os fundos abertos, mas de rendimento. Sob a sua gestão estão mais de 616 milhões de euros, tendo sido o fundo que mais valorizou em 2020. Este fundo disponibiliza uma carteira diversificada de imóveis, com arrendatários de referência, com rentabilidades atrativas e bem localizados. O Fundo investe em grande parte em imóveis com fins profissionais, como escritórios, e realiza distribuições de rendimentos semestrais.

Evolução da Rentabilidade do Fundimo
Rentabilidade Anualizada 12 Meses
[Classe de risco 12 meses]
Rentabilidade Anualizada 24 Meses
[Classe de risco 24 meses]
Rentabilidade Anualizada 36 Meses
[Classe de risco 36 meses]
Rentabilidade Anualizada 60 Meses
[Classe de risco 60 meses]
4,53% 4,91% 5,40% 5,06%

Fonte: Caixa Gestão de Ativos

Dados gerais Fundimo

Dados Gerais
ISIN PTYCXTHM0007
Sociedade gestora Caixa Gestão de Ativos
Data de lançamento 25/05/1987
Comissão de gestão anual 0,82 %
Total Expense Ratio (TER) 1,02 %

Imofomento

Gerido pelo BPI Gestão de Ativos, com mais de 520 milhões de euros em carteira. É direcionado a investidores com uma perspetiva de valorização do seu capital a médio e/ou longo prazo, pelo que estes investidores estão na disposição de não movimentarem as suas poupanças por um período mínimo de 5 anos.

Dados gerais Imofomento

Dados Gerais
ISIN PTYSOAHM0001
Sociedade gestora BPI Gestão de Activos
Data de lançamento 02/05/1994
Comissão de gestão anual 1,00 %
Total Expense Ratio (TER) 1,12 %

Valores e Investimentos Prediais – VIP

O Fundo VIP é um dos Fundos de Investimento Imobiliário (FII) mais antigos do mercado português, tendo sido criado em 1987. É gerido pela SILVIP – Sociedade Gestora de Fundos de Investimento Imobiliário S.A.

Falamos de um fundo aberto, que distribui rendimentos, ainda que não garantidos, a cada 3 meses, com ativos de 332 milhões de euros.

Evolução mensal de rendibilidade anual do Fundo

fundos imobiliários: Evolução mensal de rendibilidade anual do Fundo

Dados gerais Valores e Investimentos Prediais – VIP

Dados Gerais
ISIN PTVIPAHM0005
Sociedade gestora Silvip SGFII
Data de lançamento 26/11/1987
Comissão de gestão anual 1,05 %
Total Expense Ratio (TER) 1,26 %

AF Portfólio Imobiliário

AF Investimentos, gestora de fundos do Grupo Banco Comercial Português (BCP), realiza em Dezembro de 2000 o relançamento comercial do Fundo AF Portfólio Imobiliário, anunciou o banco em comunicado.

O seu capital está distribuído, não só por vários segmentos de mercado, mas também por diferentes áreas geográficas. Está altamente vocacionado para clientes institucionais.

Este activo é vocacionado para clientes institucionais e da rede de “private banking”.

Dados gerais AF Portfólio Imobiliário

Dados Gerais
ISIN PTYAIRHM0000
Sociedade gestora Interfundos SGOIC
Data de lançamento 03/11/1991
Comissão de gestão anual 1,15 %
Total Expense Ratio (TER) 1,33 %

Valor Prime

Segue-se o Valor Prime, da Montepio Valor – SGOIC SA. Este é um fundo de investimento imobiliário aberto de rendimentos, com uma carteira constituída, na sua maior parte, por imóveis, vocacionado para aplicações de médio prazo, superior a 3 anos. De referir que o valor do fundo é representado por unidades de participação.

Evolução mensal de rendibilidade anual do Fundo

Valor Prime

Dados gerais Valor Prime

Dados Gerais
ISIN PTYDAGHM0008
Sociedade gestora Montepio Valor
Data de lançamento 14/04/1997
Comissão de gestão anual 1,40 %
Total Expense Ratio (TER) 1,10 %

Imofid

o Imofid, da Fidelidade. O Imofid é um fundo de investimento imobiliário aberto, com um portfólio de ativos localizados em Portugal, com cash-flows já existentes ou posicionados para gerar cash-flow a médio prazo. Os seus imóveis são maioritariamente escritórios, retail e hotéis, todos em localizações urbanas.

Dados gerais Imofid

Dados Gerais
ISIN PTBNA1IE0007
Sociedade gestora Fidelidade Mundial
Data de lançamento 22/12/1993
Comissão de gestão anual 0,25 %
Total Expense Ratio (TER) 0,40 %

NB Património

Gerido pela GNB Fundos Imobiliários, O Fundo investe em valores imobiliários, como por exemplo hotéis, terrenos, centros comerciais, escritórios, armazéns, habitações, agências bancárias e outros, liquidez e fundos de investimento imobiliário, decidindo a Sociedade Gestora, em cada momento, nos limites exigidos por lei, qual a proporção ideal.

O Fundo investe em valores imobiliários com a finalidade de compra e venda, desenvolvimento de projetos de construção e arrendamento. Os imóveis detidos pelo Fundo correspondem a prédios urbanos ou fracções autónomas e devem estar localizados em Estados-Membros da Comunidade Europeia, predominantemente em Portugal.

Evolução da rentabilidade NB Património

fundos imobiliários: Evolução da rentabilidade NB Património

Dados gerais NB Património

Dados Gerais
ISIN PTYEIAHM0005
Sociedade gestora GNB – Sociedade Gestora de Fundos de Investimento
Data de lançamento 01/06/1992
Comissão de gestão anual 1,05 %
Total Expense Ratio (TER) 1,21 %

 

 


Esta informação não constitui uma recomendação de investimento. As informações são proporcionadas exclusivamente para efeitos informativos, sem poderem ser consideradas como elemento determinante para a tomada de decisões por parte do utilizador.

Ler mais tarde - Preencha o formulário para guardar o artigo como PDF
Consent(Obrigatório)

Manual de fundos de investimento

Este e-book irá ajudá-lo a aprender o que precisa de saber para começar a compreender o que são e como funcionam os fundos de investimento:

  • Detalhes mais relevantes para o entendimento, análise e avaliação dos Fundos
  • Dicas úteis

Artigos Relacionados

Deixar uma Resposta

guest
9 Comentários
Mais recente
Mais antigo Mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
Aléxis Nicolau
Convidado

Como se pode investir nestes mesmos fundos ?

Aldemar Silva
Convidado

Bom dia!

Moro no Brasil e gostaria de investir em FIIS de Portugal. Aqui, temos acesso à uma relação de FIIS, onde podemos analisar os dados e efetuar nossas operações de compra e venda ou de manutenção de ativo. Gostaria de saber se em Portugal temos uma plataforma, onde podemos encontrar os FIIS disponíveis para Pessoa física investir. Se sim, onde ou como consigo acesso?

Mauro José
Convidado

Bom dia, Vocês têm algum curso gratis para ensinar a investir sem risco algum, ou orientação

Henrique Garcia
Responder  Mauro José

Consegue encontrar um bom manual sobre o tema: https://www.rankia.pt/promocion/investir-em-valor/

Henrique Garcia
Responder  Mauro José

Sim! VEja neste link: https://www.rankia.pt/formacao/

Max Cohn
Convidado

Gostaria de receber suas news…

obrigado,
Max Cohn

Henrique Garcia
Responder  Max Cohn
jose abreu da silva
Convidado

Gostaria de receber informações sobre imoveis para venda

Henrique Garcia

Boa tarde José!

Pode ir a uma agencia bancária dos bancos aqui referidos e dão lhe informação necessária sobre o que pretende