Melhores corretoras de ETFs em Portugal 2022 - Rankia Portugal
Entrar Criar conta
Acesso
Entrar em Rankia

Bem-vindo à sua comunidade financeira

Informe-se, debata, compartilhe experiências; aprenda sobre como economizar e investir. Faz parte da maior comunidade financeira, já somos mais de 750.000 desde 2003. Você se inscreve?

Melhores corretoras de ETFs em Portugal 2022

Subscrever Newsletter

Selecione os temas que lhe interessa e personalize a sua experiência no Rankia

Enviaremos uma Newsletter cada quinze dias com as novidades de cada categoría que escolheu


Quer receber notificações dos nossos eventos/webinars?


Quais são as melhores corretoras de ETFs? Os ETFs, as iniciais do original em inglês Exchange Traded Funds, são um dos mais populares instrumentos financeiros da atualidade e aquele que mais cresceu na última meia década. É fácil perceber as razões do seu sucesso. Além de serem muito fáceis, simples e rápidos de utilizar, os ETF garantem também uma rentabilidade muito alta em curtos períodos de tempo, tornando-os extremamente apetecíveis e apelativos a todos os investidores. No artigo de hoje veremos como comprar ETFs, onde fazê-lo e quais comissões envolvidas em fazê-lo a partir de Portugal.

O que é um ETF?

Um ETF é um instrumento de investimento, cujo objectivo final é oferecer aos investidores exposição a um determinado activo. Tentam replicar o desempenho de uma carteira de activos definida por um índice de referência em troca de uma taxa de gestão.

Em Portugal, a tributação das ETFs é semelhante à das ações, pelo que quando se vende terá de pagar impostos e as transferências não são permitidas com vantagens fiscais como no caso dos fundos de investimento.

Como comprar ETFs em Portugal?

Para investir em ETF necessita sempre do auxílio de uma terceira parte. Esses intermediários são as corretoras, cuja oferta tem também aumentado, proporcionalmente à procura. Com os avanços da tecnologia e a regulação do sector, as corretoras “online” tornaram-se extremamente populares, especialmente devido às comissões cobradas que são mais baixas do que as dos bancos, as entidades financeiras que estão também creditadas para efetuar este trabalho de intermediação.

Um dos principais segredos para o sucesso no investimento dos ETF passa por escolher a corretora certa. Como é natural não existe uma corretora melhor que todas, já que isso depende em muito dos objetivos e das reais necessidades do investidor. O fundamental é, por isso, perceber o que cada uma tem para oferecer e, assim, escolher de acordo com aquela que mais se adapta ao seu perfil de investimento. Por isso, para o ajudar a escolher a melhor corretora de ETF do mercado, analisámos as mais importantes da atualidade. 

Assim que, para comprar ETFs deve dirigir-se a uma corretora e não a uma comercializadora de fundos, como muitos pensam. Nem pode ir aos emissores de ETF que apenas criam ETFs e as comercializam nos mercados, mas não permitem a negociação directa de ETFs nos seus websites.

Por uma questão de clareza, vamos analisar mais de perto o que cada um  faz na indústria da ETF.

  • Fornecedor do índice: este é o responsável pela criação do índice que a ETF então replica. Deve seleccionar o activo e os stocks ou activos a serem incluídos no cálculo do índice. Não compra nem vende quaisquer activos.
  • Emissor dos ETFs: estes são geralmente grandes gestores de fundos globais. Alguns são especializados em gestão passiva e outros combinam a gestão activa com a sua divisão ETF.
  • Bolsa: é aqui que o ETF é listado. Podem ser listados em mais do que um mercado e a partir de Portugal só poderá comprar os que são negociados num mercado europeu e ter a sua documentação em portugués.
  • Corretora: permitem-lhe aceder à ETFs enquanto o mercado está aberto em troca de uma comissão de compra e venda. A comissão de compra de ETFs é geralmente a mesma que é cobrada pelo corretor para acções no mesmo mercado.
  • Gestores automatizados: os roboadvisores são empresas que criam carteiras de fundos de índice ou ETFs em troca de uma baixa comissão. Em Portugal há poucos roboadvisores que utilizam ETFs nas suas carteiras indexadas, são geralmente utilizados apenas para planos de pensões de roboadvisores.

Comissões que podemos encontrar ao investir em ETFs 

Ao investir com ETF deve sempre ter em conta que existem várias comissões associadas. Estes valores, que podem ser mais ou menos consideráveis, devem ser sempre calculados no apuro final dos ganhou s perdas, de forma a garantir que a estratégia de investimento é rentável. Para isso, é preciso então estar a par das comissões cobradas pelas corretoras.

Talvez a mais importante comissão a ter em conta é a de compra e venda, uma vez que é provavelmente aquela sob a qual há mais desconhecimento de causa. E é, simultaneamente, aquela que mais impacto as contas finais. No fundo, tal como o próprio nome indica, esta é uma comissão a aplicada sobre cada operação de compra e venda que se realize num ETF, se bem que existem algumas corretoras isentas desta taxa.

Além disso, existe ainda a obrigatória comissão de gestão, muito comum neste tipo de instrumento financeiro. Esta taxa vem logo reflectida no valor líquido final e oscila entre os 0,1 e os 0,9 por cento. Finalmente, destaque ainda para a comissão de dividendos, que pode existir quando existem dividendos a dividir, e a comissão de manutenção, que pode também ser cobrada quando a conta se mantém inactiva durante um determinado período de tempo.

 Comissões ao investir em ETFs

Comissões Características
Compra e venda Aplicada em cada compra e venda que é feita nos ETFs.
Inclui também a comissão de intermediação ou corretagem
Algumas corretoras não cobram nada por essa comissão
De Gestão Dependendo da liquidez do mercado e do índice a ser replicado, essa comissão pode variar de 0,10% a 0,90%
De Dividendos Alguns ETFs também podem ser de distribuição e as corretoras podem nos cobrar pela percepção de tais dividendos.
De Manutenção Se mantiver a sua conta inativa, algumas corretoras, aplicam uma sobretaxa semestral ou anual
Spread Não é uma comissão direta

Como comprar ETFs online?

Para comprar ETFs, precisa ir a uma corretora e não a uma corretora de fundos como muitas pessoas pensam. Nem pode entrar em contato com emissores de ETF, que apenas criam ETFs e os trazem para os mercados para negociação, mas não permitem que os ETFs sejam negociados diretamente em seus sites.

Para maior clareza, vamos dar uma olhada no que cada um deles faz no setor de ETFs.

  • Provedor de índice : cuida da criação do índice que o ETF replica. Deve selecionar o ativo e os títulos ou ativos a serem incluídos no cálculo do índice. Não compra nem vende nenhum bem.
  • Emitente do ETF : Normalmente grandes gestores de fundos globais. Alguns se especializam em gerenciamento passivo e outros combinam gerenciamento ativo com sua divisão de ETF.
  • Bolsas de valores: é aqui que o ETF está listado. Podem ser listados em mais de um mercado.
  • Corretoras: permitem que acesse o ETF quando o mercado estiver aberto em troca de uma comissão de compra e venda. A comissão para a compra de ETFs é geralmente a mesma aplicada pela corretora para as ações do mesmo mercado.
  • Gestores Automatizados: Robo Advisors são empresas que criam carteiras de fundos de índice ou ETFs em troca de uma taxa baixa.

Melhores corretoras para investir em ETFs 2022 

Como mencionado no início deste artigo, a maioria dos ETFs são negociadas em mercados internacionais, pelo que é mais interessante olhar para as comissões cobradas pelAs principais corretorAs pela compra e venda de ETFs.

Na tabela seguinte, podemos ver as taxas aplicadas por cada um deles aos diferentes mercados:

Corretora Mercados Comissões  
XTB Qualquer mercado 0€ + Detalhes
DEGIRO Qualquer mercado 0€ + Detalhes
eToro Qualquer mercado 0€ + Detalhes
Banco Carregosa* Portugal 0.08% + Detalhes
Reino Unido 0.15%
Banco Invest* Euronext Lisboa 6,75€ + Detalhes
NYSE e Nasdaq 0,02 USD / acção
Banco BiG* Euronext Lisboa 6,95€ até 200.000€ + Detalhes
  Estados Unidos (Nasdaq, NYSE e NYSEarca) 14,95$ até 12.500$
Interactive Brokers Alemanha, França, Bélgica, Itália, Holanda, Suécia £3 + Detalhes
UK £6 + 0,05% s/nominal*  
EEUU 0,005 $  
Banco Best New York Stock Exchange ETF > $ 10 = 5 centimos por ETF (mínimo: $ 14,00)

ETF < $ 10 = 3 centimos por ETF (mÍNIMO: $ 14,00)

+ Detalhes
Euronext 0,08% (mínimo: € 10,00)  
OpenBank Qualquer mercado Mercado local: até 75.000 €, 0,20% com uma comissão mínima de 10 euros.

A partir de 75.000 €, 0,15%

Mercados internaconais: o,20% com uma comissão mínima de 30 euros

 

Comissões atualizadas a 02/11/2021 (*Investir pode ser compensador, mas não é livre de riscos). 

  • O trader deve calcular também a taxa de câmbio de moeda que é muito baixa pela Interactive Brokers

*Para saber as comissões dos outros mercados, consulte o nosso comparador.

Análise das corretoras que oferecem ETFs

Vejamos uma a uma as principais corretoras que oferecem ETFs e suas peculiaridades

ETFs na XTB

Juntamente com a eToro, a XTB é provavelmente a mais popular corretora online da atualidade. Esta empresa, sediada na Polónia, é a sucursal da X-Trade Brokers Dom Maklerski e é totalmente credível e de confiança, registada e credenciada pela CMVM para operar no mercado português. Com vários anos de experiência, a XTB está bem estabelecida junto dos investidores nacionais, até porque oferece as melhores funcionalidades para operar junto dos ETF, mas também com outros instrumentos financeiros como os CFD ou mesmo fora do mercado. Alem disso, não cobra comissões de negociação para valores acima de 100 mil euros, pode realizar até 20 compras e vendas por mês sem custos e é, por isso, uma das plataformas mais baratas em termos gerais de toda a internet. Oferece mais de 200 ETFs de todo o mundo.

Quer mais informações sobre XTB?

ETFs na DEGIRO

A DEGIRO é uma corretora online que permite investir numa vasta gama de ETF, com comissões incrivelmente baixas. Além disso, disponibiliza ainda uma série de ETF que podem ser negociados de forma totalmente gratuita, sem taxas escondidas. Tudo isso catapultou a DEGIRO para o topo das preferências dos investidores internacionais em muito pouco tempo, até porque veio tornar o mercado financeiro acessível a todos, operando uma espécie de revolução silenciosa nesta indústria. Além disso, a DEGIRO tem outras vantagens muito competitivas, nomeadamente o investimento a nível global e o facto de ser uma plataforma totalmente segura, que garante a privacidade dos dados dos seus utilizadores de acordo com as normas europeias em vigor.

Quer mais informações sobre DEGIRO?

ETFs na eToro

A eToro opera no mercado financeiro desde o ano de 2007 e, como tal, não só é uma das mais antigas, como é também uma das mais populares. Além disso, tem uma larga comunidade de investidores que trocam informações e experiências, garantindo o seu crescimento, com a oferta de produtos e serviços cada vez mais largos. Ao todo, são mais de 10 milhões de utilizadores distribuídos por 140 países de todo o mundo. A eToro é ainda extremamente intuitiva e fácil de usar, até por quem está menos habituado a recorrer a este tipo de ferramentas digitais, com baixas comissões cobradas. No entanto, também tem algumas desvantagens, como as taxas d levantamento cobradas ou o saque de dinheiro lento.

ETFs na Interactive Brokers

A Interactive Brokers é a mais experiente de todas as corretoras, uma vez que foi fundada em 1977. Essa experiência acumulada reflecte-se na qualidade da sua plataforma digital, com um serviço de qualidade e a baixo custo. No entanto, apesar das comissões relativamente baixas, a Intercative Brokers tem uma desvantagem que pode ser um problema para os investidores mais novatos ou que querem começar por baixo. 

Quer mais informações sobre Interactive Brokers?

ETFs no BIG – Banco de Investimento Global

O BIG – Banco de Investimento Global é outra das instituições financeiras que procura concorrer com as fintechs do momento, entrando igualmente no mercado financeiro. A sua corretora online permite negociar ETF e outros instrumentos financeiros em Portugal, registada na CMVM para o efeito. Uma das grandes vantagens do BiG é que, em caso de problema ou dúvida, pode dirigir-se pessoalmente a um dos 16 balcões existentes no país. Além disso, disponibiliza ainda um sistema de apoio ao cliente muito eficaz, a partir do seu site oficial. Encontra ainda no BiG serviço de aconselhamento e apoio aos investidores, se bem que as comissões são, em geral, acima da média.

ETFs no Banco Best

O Banco BEST é um banco online do grupo Novo Banco, registado em Portugal desde 2001 e creditado pela CMVM para operar em todas as áreas do mercado financeiro nacional. A sua principal vantagem prende-se na larga oferta de fundos de investimento, tornando-se numa boa opção no que diz respeito a correctoras online para ETF. No entanto, como a maioria das instituições financeiras, o Banco BEST também cobra comissões acima da média, o que o tornam mais desaconselhado para quem está a dar os primeiros passos neste sector.

ETFs no Banco Carregosa

O Banco Carregosa disponibiliza a plataforma Gobulling, uma correctora online que, durante muito tempo, foi conhecida como a mais barata de toda a internet. No entanto, um reposicionamento no mercado no último ano e meio levou a que essas condições se alterassem um pouco. Nada de significativo, mas o suficiente para deixar de ser uma correctora low cost como era até aqui. Isso não significa que não seja uma correctora muito interessante e extremamente apelativa. Além disso, tem uma versão mobile muito intuitiva do ponto de vista do utilizador, garantindo uma experiência muito forte. Finalmente, mas não menos importante, esta é uma correctora totalmente nacional, o que significa que tem um apoio ao cliente muito eficiente e em tempo real.

ETFs no Banco Invest

Enquanto que os bancos tradicionais cobram normalmente comissões extremamente elevadas para operar em ETF e no mercado financeiro em geral, os bancos online acabam por disponibilizar condições mais vantajosas. É o que acontece com o Banco Invest, por exemplo, com uma plataforma muito interessante para entrar na negociação e ETF. Uma correctora online para o mercado internacional, que é igualmente competitiva. Tem uma percentagem reduzida de comissões cobradas, que não fazem dela uma das mais baratas da actualidade, mas a tornam suficientemente competitiva para aparecer nesta nossa lista.

ETFs no OpenBank

Relativamente recente no mercado financeiro é a correctora online do Openbank, o banco online do grupo Santander que surgiu no mercado para concorrer com ouros fintechs, como a Revolut, por exemplo. No entanto, a Openbank é uma opção relativamente mais cara. As comissões são particularmente elevadas, especialmente para operar no mercado internacional, que nunca baixam dos 30 euros. No entanto, existem promoções regulares que podem tornar esta correctora bem mais interessante em situações pontuais. Até porque a aplicação para Android é muito intuitiva e automatizada, dando mais autonomia e independência ao investidor.

Quais são as maiores gestoras de ETF?

Hoje  pode encontrar quase um ETF para qualquer tema, ativo ou estratégia no mercado. No entanto, nem todos os ETFs possuem os mesmos ativos ou replicam com eficiência os índices de referência.

Se está procurando um ETF sobre qualquer assunto, eu sempre recomendaria tanto os custos quanto a liquidez irem para as maiores gestoras, pois têm economias de escala e experiência nesses produtos que lhes permitem oferecer melhores condições.

A seguir, destacamos as seguintes grandes gestoras:

Ishares : É uma subsidiária da BlackRock para negociar ETFs. Possui 43% do total de ativos investidos em ETFs em todo o mundo, liderando assim o ranking dos gestores que comercializam ETFs.

Vanguard : É a maior gestora de fundos de investimento do mundo e a segunda maior provedora de ETFs. Fundada em 1975 por John Bogle, está sediada em Malvern, Pensilvânia.

SPDR : É uma família de ETFs que são negociados nos Estados Unidos, Europa e Ásia administrados pela State Street Global Advisors. Informalmente eles são chamados de “aranhas”. Além disso, é uma marca registrada da S&P Financial Services, uma subsidiária da McGraw Hill Financial.

Amundi : É uma empresa francesa de gestão de ativos. É a segunda maior gestora de ativos da Europa e uma das 10 maiores gestoras de investimentos de ativos sob gestão do mundo.

Global X ETFs : É um provedor de fundos negociados em bolsa com sede em Nova York. Fundada em 2008, tem origem espanhola, embora a maior parte de sua presença até agora tenha sido nos Estados Unidos. Neste último ano, começou a se expandir por toda a Europa. Além disso, é uma subsidiária do Mirae Asset Financial Group.

 

Ler mais tarde - Preencha o formulário para guardar o artigo como PDF
Consent(Obrigatório)
Encontre a sua corretora

Procura a melhor corretora para si? Quer dar os seus primeiros passos no mercado financeiro ou mudar para uma corretora que melhor se adapte às suas necessidades?

  • Estudo independente, gratuito e sem compromisso

Artigos Relacionados

O iShares Global Clean Energy ETF investe em ações com foco em energia limpa, social/ambiental, serviços públicos, mundo. Os dividendos do fundo são distribuídos aos investidores (semi-anualmente). Análise d...

Deixar uma Resposta

guest
1 Comentário
Mais recente
Mais antigo Mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
Helder Alexandre de Sousa Ribeiro
Convidado

Boa Tarde,
Em que correctora/banco posso comprar ETF diretamente sem sem dobre a forma de CFD

Obrigado

Helder