Desvalorização da moeda: as causas e consequências - Rankia Portugal
Entrar Criar conta
Acesso
Entrar em Rankia

Bem-vindo à sua comunidade financeira

Informe-se, debata, compartilhe experiências; aprenda sobre como economizar e investir. Faz parte da maior comunidade financeira, já somos mais de 750.000 desde 2003. Você se inscreve?

Desvalorização da moeda: as causas e consequências

Subscrever Newsletter

Selecione os temas que lhe interessa e personalize a sua experiência no Rankia

Enviaremos uma Newsletter cada quinze dias com as novidades de cada categoría que escolheu


Quer receber notificações dos nossos eventos/webinars?


A desvalorização da moeda é a redução do valor de uma moeda em relação a outra. Isto implica uma diminuição da capacidade de compra, tanto em relação a outras moedas como em relação aos bens e serviços oferecidos no mercado.

O que é a desvalorização da moeda?

Comecemos por perceber no que consiste esta desvalorização. A desvalorização da moeda é a redução do valor de uma moeda em relação a outra. Isto acarreta uma diminuição do poder de compra, não só em relação a outras moedas, mas também em relação a bens e serviços disponíveis no mercado.

Há várias razões pelas quais a moeda pode desvalorizar, sendo que uma delas é a falta de procura da moeda local ou uma procura elevada de uma moeda estrangeira. Essa procura de uma moeda que não a local pode derivar da falta de confiança na moeda local, ou até mesmo da sua estabilidade, se o país em causa estiver a atravessar um período de crise.

O valor de uma moeda está intrinsecamente ligado à riqueza de um país, razão pela qual não se pode emitir mais moeda do que se pode suportar com a sua riqueza, há que fazer ajustes ao valor da moeda.

Desvalorização da moeda

diferentes razões pelas quais uma desvalorização da moeda pode ter lugar, uma delas é a falta de procura de moeda local ou uma maior procura de moeda estrangeira. Esta procura de moeda estrangeira pode ser causada por uma falta de confiança na economia local, na sua estabilidade, produzida, por exemplo, por um período de crise.

As moedas dos países representam um valor, este valor está directamente relacionado com a riqueza de um país. Ou seja, não se pode emitir toda a moeda que se quer, se um país emite mais moeda do que pode suportar com a sua riqueza, terá de fazer ajustamentos no valor da moeda.

Porque é que as moedas desvalorizam?

  • Emissão monetária pelo banco central. A emissão de notas de banco sem qualquer apoio, leva a um aumento dos preços, ou o que é a mesma coisa, a uma inflação.
  • Falta de confiança na moeda local. Isto acontece quando há suspeitas de que o país entrará em cessação de pagamentos, e o que acontece é que a moeda local foge para uma moeda estrangeira ou aumenta o consumo a fim de manter o valor da moeda.
  • Fuga de moeda: Devido à instabilidade no país, o capital estrangeiro pode deixar de investir.

Consequências da desvalorização da moeda

Como já referimos anteriormente, a desvalorização da moeda acarreta consequências a vários níveis económicos. Mas desengane-se se pensa que apenas a moeda local influencia, existem moedas estrangeiras que têm um grande peso nas economias locais, nomeadamente o dólar.

Outro aspeto importante e interessante a ter em conta é que quando se fala em desvalorizar é natural que nos foquemos de imediato nos aspetos negativos. Mas também há aspetos positivos, como as exportações, uma vez que pelas transações receberão moedas de maior valor em relação à moeda local. Poderá também ser benéfico para o turismo e para o consumo interno de produtos nacionais.

Mas, obviamente, o lado negativo tem bastante peso, principalmente no desgaste da poupança, no aumento da inflação e no agravamento dos preços dos serviços públicos.

A desvalorização da moeda em países subdesenvolvidos trará dificuldades acrescidas na importação de produtos industriais dos países desenvolvidos e, como consequência, terão ainda mais dificuldades no seu desenvolvimento.

Já no bolso do consumidor, esse lado negativo também é sentido, uma vez que todos os produtos provenientes de matéria-prima importada, cuja moeda do país de origem vale mais que a moeda local, ficarão mais caros nas prateleiras dos supermercados.

O dólar é uma moeda referência, pelo que a sua desvalorização ou valorização afeta moedas locais em todo o mundo e, consequentemente, a economia global.

Efeitos positivos

  • Os efeitos da desvalorização são positivos para as exportações, uma vez que estas recebem moedas de maior valor em relação à moeda local.
  • Pode aumentar o turismo nacional.
  • Pode levar a um aumento do consumo interno de produtos nacionais.

Efeitos negativos

  • Erosão da poupança
  • Aumento das taxas dos serviços públicos.
  • A inflação aumenta
Ler mais tarde - Preencha o formulário para guardar o artigo como PDF
Consent(Obrigatório)

Artigos Relacionados

XTB é uma dos mais populares corretoras de CFD na Europa e no mundo, devido à sua forte regulamentação, baixo depósito mínimo e excelente plataforma de trading. Abaixo, mostramos como criar conta na XTB pass...

Deixar uma Resposta

guest
4 Comentários
Mais recente
Mais antigo Mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
Henrique Lacerda
Convidado

A principal desvantagem para os países subdesenvolvidos é que a desvalorização da moeda vai dificultar a importação de produtos industriais dos países desenvolvidos dificultando assim, o seu desenvolvimento.

Henrique Garcia
Responder  Henrique Lacerda

Isso é bem verdade. Mas se formos a ver os países asiáticos em redor à China, apresentam grande potencial de crescimento.

Richard Haita
Convidado

?.
Gostaria de saber das vantagens e desvantagens da desvalorização para os países subdesenvolvidos

Henrique Garcia
Responder  Richard Haita

Bom dia, a melhor vantagem é poder investir em mercados que ainda estão em desenvolvimento e poder ganhar boas mais valias disso no longo prazo