Entrar Criar conta
Acesso
Entrar em Rankia

Bem-vindo à sua comunidade financeira

Informe-se, debata, compartilhe experiências; aprenda sobre como economizar e investir. Faz parte da maior comunidade financeira, já somos mais de 750.000 desde 2003. Você se inscreve?

Maiores gestoras de fundos do mundo

Subscrever Newsletter

Selecione os temas que lhe interessa e personalize a sua experiência no Rankia

Enviaremos uma Newsletter cada quinze dias com as novidades de cada categoría que escolheu


Quer receber notificações dos nossos eventos/webinars?


Quais são as maiores gestoras de fundos de investimento do mundo, que produtos oferecem e quantos ativos têm sob gestão? Neste artigo falamos sobre BlackRock, Vanguard AM, Fidelity Investments, Amundi e outros, os maiores gestores de fundos do mundo.

O famoso ranking anual do Top 500 Asset Managers Report 2020, publicado pela Investments & Pensions Europe (IPE), mostra como, durante o ano anterior (2019), os ativos globais das empresas de gestão de riqueza aumentaram 22,1% (atingindo 81,1 biliões de dólares).

No entanto, há participantes nesta área que mantêm a sua hegemonia ano após ano em termos de ativos sob gestão: um terço dos ativos sob gestão estão nas mãos dos dez principais gestores de fundos.

Maiores gestoras do mundo

Sociedades Gestoras  Ativos sob gestão 
Goldman Sachs AM 1,5 biliões de euros
Rio Amundi 1,65 biliões de euros
PIMCO 1,7 biliões de euros
BNY Mellon Investment Mangement 1,7 biliões de euros
J.P. Morgan AM 1,8 biliões de euros
Grupo Capital 1,8 biliões de euros
State Street Global Advisors 2.7 biliões de euros
Fidelity Investments 2,8 biliões de euros
Vanguard AM 5.6 biliões de euros
BlackRock 6,7 biliões de euros

10. Goldman Sachs Asset Management

A Goldman Sachs AM entra no top 10 dos principais gestores de fundos do mundo, com ativos sob gestão por 1,5 biliões de euros.

Parece que a sua experiência em investir, para além da sua visão global e atenção ao cliente, deu frutos.

Da mesma forma, a Goldman Sachs Asset Management destaca-se pelo seu rigoroso e disciplinado processo de pesquisa e seleção de ativos. Esforça-se por alcançar a excelência, a inovação e relações de longo prazo com os clientes. Considera a gestão de risco como uma prioridade estratégica.

Alguns fundos de investimento de Goldman Sachs AM são:

  • GS North American Shale Revolution & Energy Infrastructure Portfolio
  • GS Global Strategic Macro Bond Portfolio

9. Amundi

Amundi, por seu lado, mantém-se estável no 9º lugar do ranking dos 10 maiores gestores de fundos de investimento do mundo 2020. Os seus ativos sob gestão ascendem a pouco mais de 1,65 biliões de euros.

Trata-se de uma gestora de fundos francês, o que é muito relevante, dado que as principais gestoras de fundos tendem a ser americanos. É o maior gestor de fundos da Europa e está cotado em bolsa desde 2015.

As suas capacidades de investigação e cultura de investimento responsável fizeram da Amundi um dos principais protagonistas da indústria da gestão da riqueza. É também um dos maiores gestores de fundos de investimento geridos passivamente.

Alguns dos fundos de investimento da Amundi são:

  • Amundi Funds Equity Emerging Europe
  • Amundi Funds Bond Emerging Inflation

8. PIMCO

A PIMCO caracteriza-se pelo facto de se especializar em rendimento fixo. Foi criada por Bill Gross (conhecido como o “Rei das obrigações”). Está no número oito no top 10 dos maiores gestoras de fundos do mundo, com ativos sob gestão por 1,7 biliões de euros.

A empresa tem uma presença global e acredita na gestão ativa. A inovação está presente na sua cultura, oferecendo novas ideias de investimento analisadas de diferentes pontos de vista.

Alguns dos fundos de investimento da PIMCO são:

  • Fundo PIMCO Global Real Return
  • Fundo PIMCO Euro Long Average Duration

7. BNY Mellon Investment Management

A BNY Mellon cresceu em 2019 em termos de gestão de património, atingindo uma valorização de 1,7 biliões de euros. No entanto, caiu no ranking para o número 7.

O seu estilo de gestão baseia-se na flexibilidade, adaptando-se para oferecer soluções para as necessidades dos seus clientes. Através das suas oito boutiques, a gestora de fundos é capaz de atender aos interesses dos investidores em todas as classes de ativos; reúne conhecimentos, experiência e competências suficientes.

As abordagens contrastantes de cada uma das suas boutiques, bem como as infraestruturas necessárias, proporcionam valor acrescentado.

Alguns fundos de investimento da BNY Mellon Investment Management são:

  • BNY Mellon Divida de Mercado Emergente
  • BNY Mellon Global Equities

6. J.P. Morgan Asset Management

No 6º lugar do ranking das maiores gestoras de fundos do mundo (2020) está um clássico no mundo das finanças: J.P. Morgan Asset Management. Consegue manter-se nesta posição graças aos seus 1,8 biliões de euros de ativos sob gestão.

O seu objetivo é claro e concreto: “ajudar os nossos clientes a construir carteiras mais fortes”. Possui a infraestrutura necessária, que consiste numa rede global de profissionais de investimento e uma estratégia que se baseia em análise, análise, análise; procura de oportunidades e deteta riscos potenciais.

Os seus mais de 150 anos no setor, fornecendo soluções para todos os tipos de clientes (tanto particulares como instituições, incluindo intermediários financeiros) conferem-lhe o grau de competência e confiança necessários.

Alguns fundos de investimento da J.P. Morgan Asset Management são:

JPM Global Income Fund
JPM Europe Equity Fund

5. Capital Group

As empresas que seguem um estilo de gestão ativa têm um crescimento substancial. Entre eles está a Capital Group, que assumiu a posição 5 no top 10 das maiores gestoras de ativos do mundo. Os seus ativos sob gestão ascendem a mais de 1,8 biliões de euros.

É um gestor de fundos experiente, fundado em 1931 (Los Angeles). Possui também escritórios em várias localizações europeias (Zurique, Milão, Londres, Luxemburgo, Madrid, Amesterdão, Genebra e Frankfurt).

Os valores que fizeram da Capital Group uma dos principais gestoras de fundos do mundo são a responsabilidade, os cuidados a longo prazo, a partnership com os clientes e a análise rigorosa (entre outros). Os seus gestores são compensados com base no desempenho e não no volume das tarefas sob gestão.

Alguns dos fundos de investimento do Capital Group são:

  • Capital Group Asia Pacific ex-Japan Equity Fund (LUX)
  • Capital Group Global Equity Fund (LUX)

4. State Street Global Advisors

A State Street Global Advisors caiu para o quarto lugar entre as maiores gestoras de 2020, com ativos sob gestão superiores a 2,7 biliões de euros, superando em muito o quinto gestor do ranking (Capital Group).

Este é a principal gestora de ativos institucionais, fundado em 1978. Procura a inovação e coloca a investigação no centro das suas políticas de investimento.

NOTA: State Street Global Advisor subiu ao terceiro lugar a 31 de dezembro de 2020, tendo fechado o ano com quase 3,5 biliões de dólares em ativos sob gestão, após a publicação deste ranking pela Investments & Pensions Europe (IPE).

Alguns dos fundos de investimento da State Street Global Advisors são:

  • SSGA Luxembourg – State Street Euro Corporate Bond Index
  • SSGA Luxemburgo – State Street Enhanced Emerging Markets

3. Fidelity Investments

Entramos no pódio das dez maiores gestoras de fundos do mundo. Uma das maiores empresas do setor, que conseguiu aumentar os seus ativos sob gestão em 755.000 milhões de euros e ficar em terceiro lugar (com um volume total superior a 2,8 biliões de euros). Em cada caso, a luta pelo terceiro lugar permanece intensa e não há um vencedor claro nesta posição.

A Fidelity é uma gestora de ativos global que fornece os seus produtos e apoio a clientes privados e institucionais, procurando sempre a melhor solução a longo prazo. Através de serviços de distribuição e consultoria de fundos ativos, é amplamente reconhecida como uma das melhores gestoras de fundos existentes.

O seu compromisso, aliado às capacidades analíticas e a uma plataforma tecnológica de alto nível, faz o resto do trabalho.

Alguns dos fundos de investimento da Fidelity Investments são:

  • Fidelity Global TeleComms
  • Fidelidade European Smaller Companies

2. Vanguard Asset Management

A Vanguard, a principal gestora de fundos indexados, não pôde estar ausente do ranking. Mantém-se em segundo lugar com ativos sob gestão por 5,6 biliões de euros.

Desde a sua fundação em 1976 até ao presente, a Vanguard tem tido ideias claras. Esta gestora de fundos caracteriza-se por uma forte abordagem de gestão passiva. Foi fundada por Bogle (o homem que desenhou o primeiro fundo indexado) em 1975. Os sucessores de Bogle expandiram as suas ofertas de produtos, oferecendo tanto ETFs como fundos geridos ativamente.

Ao contrário de outras gestoras de fundos, a Vanguard não está cotada na bolsa de valores ou detida por vários partners: é propriedade dos detentores de ações. Por outras palavras, é propriedade de fundos e ETFs. Por sua vez, os fundos são o património comum dos investidores. Desta forma, os interesses do gestor de fundos está alinhado com os dos seus clientes.

Alguns dos fundos de investimento da Vanguard:

Vanguard Global Stock Index Inv EUR
Vanguard Eurozone Stock Index Inv EUR

1. BlackRock

BlackRock continua a reinar supremo, mantendo a posição de topo no ranking das maiores gestoras de fundos de investimento do mundo. Os seus ativos sob gestão ascendem a 6,7 biliões de dólares.

É um dos grupos financeiros mais influentes dos Estados Unidos e da Europa. A BlackRock é tão influente que a sua divisão de consultoria ganhou o contrato para gerir o programa de estímulo económico da Reserva Federal em abril de 2020 (no meio da crise de saúde marcada pela pandemia coronavírus).

A BlackRock tem a plataforma iShares, um fornecedor líder de ETFs. Esta plataforma tem mais de 700 fundos negociados em bolsa a nível global e mais de um bilião de ativos sob gestão.

Alguns dos fundos de investimento da BlackRock são:

  • BGF Valor Europeu
  • BGF World Technology D2 EUR

19

Veja também: “Melhores sociedades gestoras de fundos de Portugal”.

Ler mais tarde - Preencha o formulário para guardar o artigo como PDF
Consent(Obrigatório)

Outlook 2023
Está de volta, a Outlook 2023, um evento que 100% “online” e gratuito que acontecerá no dia 14 de dezembro.

Esta é uma oportunidade para aprender mais sobre as perspectivas das economias globais, descobrir novas oportunidades e como se pode preparar para o que está vir com a ajuda das gestoras nacionais e internacionais.

Artigos Relacionados

Investir nos EUA é quase uma obrigação para uma carteira global bem diversificada. De facto, os EUA figuram proeminentemente nas carteiras-modelo de muitas instituições financeiras, especialmente as que estã...

Deixar uma Resposta

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments