Quanto custa um consultor financeiro? Comissões, consultoria e honorários - Rankia Portugal
Entrar Criar conta
Acesso
Entrar em Rankia

Bem-vindo à sua comunidade financeira

Informe-se, debata, compartilhe experiências; aprenda sobre como economizar e investir. Faz parte da maior comunidade financeira, já somos mais de 750.000 desde 2003. Você se inscreve?

Quanto custa um consultor financeiro? Comissões, consultoria e honorários

Subscrever Agora

Selecione os temas que lhe interessa e personalize a sua experiência no Rankia

Enviaremos uma Newsletter cada quinze dias com as novidades de cada categoría que escolheu


Quer receber notificações dos nossos eventos/webinars?


custa um consultor financeiro

Quanto custa um consultor financeiro? Uma das características que mais nos preocupa ao contratar os serviços de um consultor financeiro é quanto será cobrado pelos serviços prestados. Contamos todos os detalhes abaixo.

Em artigos anteriores, falamos sobre a quantidade de riqueza necessária para ter acesso aos serviços bancários pessoais e privados de grandes entidades, mas … pode, independentemente dos seus ativos, aceder os serviços de um consultor financeiro? A resposta é sim.

Quanto custa um consultor financeiro?

Mas, para isso, a primeira coisa que devemos considerar é que tipo de consultor estamos a procurar: um consultor independente ou um consultor não independente. Dependendo da sua origem, teremos algumas despesas ou outras e uma cobrança que será aplicada de maneira diferente.

Com os regulamentos do MIFID II, que entraram em vigor em 2018, a figura do consultor financeiro foi regulamentada, estabelecendo uma série de limitações para melhorar a transparência e a segurança do investimento . Entre eles, informar o investidor se os serviços prestados são independentes, não independentes ou mistos.

Além disso, desde a implementação dos regulamentos do MIFID II, o banco deve indicar quanto dinheiro ganhou com você, aconselhando-o sobre determinados produtos de investimento. Em muitos bancos, você notará que eles não cobram uma comissão diretamente pelo conselho, mas isso não significa que o conselho seja gratuito.

Quanto e como pode cobrar?

Se falamos sobre a maneira de coletar um consultor financeiro, há três maneiras de fazer isso:

Comissão de atividade

Nesse caso, o consultor estabelecerá uma percentagem para os benefícios que o investidor obtém com as ações recomendadas por seu consultor. Quanto maior o benefício para o investidor, mais o consultor cobrará . Cerca de 15% da reavaliação total da carteira é aconselhada. 

Cobrar por conselhos

Esse tipo de cobrança é o mais comum em consultoria financeira: nesse caso, o consultor cobrará a depender da quantidade de ativos que ele gere ou dos serviços que contratamos. Essas comissões normalmente estão entre 0,5% e 2,5%, caso estejam no valor efetivo.

Comissão fixa

Esse último tipo de pagamento estabelece um pagamento recorrente (geralmente mensalmente), independentemente das ações que você executa, dos benefícios ou do património líquido. Há também o caso da cobrança horária, pelo tempo dedicado a aconselhamento oportuno.

Leia também: “Diferenças entre um consultor independente e um consultor não independente“.

Manual de Fundos de Investimento

Artigos Relacionados

Conteúdo produzido por PictetAM O fair value é um importante indicador de mercado, que visa dar objetividade a um ativo. É assim que funciona. “Fair value” significa literalmente “valor justo”. É um indicado...

Deixar uma Resposta

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments