Entrar Criar conta
Acesso
Entrar em Rankia

Bem-vindo à sua comunidade financeira

Informe-se, debata, compartilhe experiências; aprenda sobre como economizar e investir. Faz parte da maior comunidade financeira, já somos mais de 750.000 desde 2003. Você se inscreve?

Paul Allen: conheça a biografia do co-fundador da Microsoft

Subscrever Newsletter

Selecione os temas que lhe interessa e personalize a sua experiência no Rankia

Enviaremos uma Newsletter cada quinze dias com as novidades de cada categoría que escolheu


Quer receber notificações dos nossos eventos/webinars?


Toda grande empresa tem pessoas incríveis por trás dela. Paul Allen foi cofundador da Microsoft e um dos melhores investidores do seu tempo.

Paul Allen, nasceu em janeiro de 1953, foi o criador da Microsoft com Bill Gates. Em 1983 teve que deixar a empresa porque  foi diagnosticado com a doença de Hodgkin, que superou após muitos meses de tratamento e um transplante de medula óssea SDF. No entanto, continua a ser um parceiro da gigante do software com um importante acionista. Em 1986, Allen criou a Vulcan Northwest Inc. em Washington, dedicada a financiar projetos e empresas.

Para saber quem foi Paul Allen, é melhor rever as suas realizações e sucessos e saber em que aspectos e setores contribuiu para melhorar certos aspectos da tecnologia e da sociedade.

Quem foi Paul Allen?

Paul Gardner Allen nasceu em Seattle, Washington; 21 de janeiro de 1953 e morreu em Seattle, 15 de outubro de 2018. Foi um empresário de renome que fundou a Microsoft com Bill Gates em 1975, definido como um magnata dos negócios, bem como um investidor e filantropo americano rico.

Filantropia: Apesar de ser um dos bilionários dos Estados Unidos, foi um dos que doou mais dinheiro às ONG, alguns calculam que chegou a atribuir mais de 2.000 milhões de dólares distribuídos entre 1.500 organizações para diferentes fins. A Universidade de Washington foi um dos principais destinatários.

Desporto, música e passatempos: Paul Allen era um fã do desporto e até comprou equipas da NBA e da NFL. Entretanto, a música era também uma das suas paixões, tendo-se juntado a uma banda de rock. A recolha também fez parte da sua vida, tendo recolhido aviões de guerra.

Quanto à música, adorava rock and roll. Para além de tocar guitarra, montou um estúdio de gravação profissional na sua casa e continuou a financiar o Experience Music Project Museum e o Science Fiction Hall of Fame em Seattle. É também um fã da procura de vida extraterrestre.

Bill Gates e Paul Allen: como é que se conheceram?

Aos 14 anos, Paul Allen conheceu Bill Gates (com 12 anos) na Lakeside School em Seattle. Como o destino o quisesse, a escola que frequentaram tinha um computador em 1968, o que ajudou Bill Gates a interessar-se por computadores e por tudo o que lhes dizia respeito, bem como a poder aprender com eles.

Quando é que Paul Allen e Bill Gates encontraram a Microsoft?

  • Em junho de 1975, P. Allen e B. Gates deixou a universidade para fundar a Microsoft. Da empresa que se tornaria mundialmente conhecida pelo desenvolvimento de ‘software’ para computadores pessoais, que seria o substituto das máquinas de escrever.
  • Até 1977, Bill Gates e Paul Allen assinariam um acordo que permitiria a B. Gates manter 64% da Microsoft e Paul Allen 36% da empresa.
  • Como primeira sede da Microsoft, escolheram Albuquerque (Novo México), e em 1979 mudaram a sede para Washington.
  • Em 1981 P. Allen e B. Gates à cabeça da Microsoft comprou o sistema operativo “Q-DOS” por apenas 50.000 dólares, que eles modificaram e renomearam “MS-DOS” como o sistema operativo utilizado nos PCs IBM.

Em 1986 a Microsoft decidiu tornar público, e em 1987 Bill Gates, aos 31 anos, era o bilionário mais jovem do mundo.

Filosofia de Investimento Paul Allen

Allen ganhou fama, através da empresa, de ser um dos investidores de capital mais bem sucedidos no Silicon Valley. Ele tem participações em mais de 50 empresas em setores como tecnologia e entretenimento. O Experience Music Project, a Entertainment Properties Inc., a Charitable Foundations, a Vulcan Ventures Inc., a First & Goal Inc. e a Clear Blue Sky Productions são apenas algumas delas.

Paul Allen também é proprietário da equipa de futebol Seattle Seahawks NFL Football-Team. Algum tempo atrás, Allen vendeu algumas ações da Microsoft, o que lhe deu uma receita cerca de 8.000 milhões de dólares. Parte dessa fortuna foi usada para investir em empresas jovens e promissoras na Internet, como Priceline, Click2learn, Netperceptions e muitas outras empresas.

Foi um dos primeiros a apostar algumas “fichas” na AOL quando ninguém sabia e Steve Case, chefe da AOL, estava ainda trabalhava a “varrer” ruas na sua cidade. Também outras empresas famosas poderiam estar felizes com os milhões que Allen espalhou magnanimamente no Vale do Silício, incluindo a Metricom e a Dreamworks.

Um dos poucos erros que Paul Allen confessa, é não ter investido oportunamente no eBay.com, uma das empresas mais bem-sucedidas e lucrativas do setor de Internet e um futuro promissor. A Vulcan Ventures, assinatura de Allen, coloca a atenção e a carteira, onde residem as melhores oportunidades.

Não apenas fornece dólares para os novos e promissores Start-Ups, mas também compra ações de empresas que já estão a cotar na bolsa de valores norte-americana. A experiência e sucesso de Allen nos últimos anos faz com que eles abram os olhos de mais de um investidor nos Estados Unidos.

Quando Wall Street sabe a notícia de que Allen planeia investir numa determinada empresa, os investidores privados, que não são “lentos”, tentam entrar no negócio enquanto confiam cegamente no senso comercial do ex-sócio de Bill Gates.

Os investidores nos Estados Unidos e também em outras partes do mundo sabem que Gates, Allen e Cia são máquinas reais para fazer bons negócios e ganhar dinheiro. Toda vez que alguns desses “estragados” pela boa fortuna e pelos dólares fazem um movimento, a máquina especulativa de Wall Street é posta em movimento e não é estranho ver que os preços explodem e explodem como foguetes. Especialistas e analistas chamam isso de “fator Paul Allen”.

A estratégia de investimento da Allen se concentra em empresas com tecnologia futura. Allen está convencido de que o próximo boom ocorrerá no setor interativo. E isso acontecerá assim que estiver pronto e disponível, a infraestrutura digital baseada em fibra de vidro, possibilidades de transmissão óptica, etc.

A galinha dos ovos de ouro. Mais e mais pessoas querem receber informações combinadas com entretenimento, como TV interativa, educação on-line, aprendizado interativo, etc. Somente na área de especialização de mão-de-obra, as receitas são mais de 70 biliões de dólares.

Já em 1990, muito antes de analistas em Wall Street descobrirem o potencial de crescimento das empresas que atuam no setor de comunicação digital, Paul Allen tinha interesse nelas. Isso é o que é chamado … ter visão. E à medida que a revolução na Internet e o avanço tecnológico no setor de comunicações progredirem, maior será o valor dos investimentos do menino.

No início do ano 2000, antes do início da queda nos mercados de ações, a fortuna de Bill Gates chegava a cerca de 85 biliões de dólares. Naquela época, Paul Allen tinha cerca de 40.000 milhões de dólares nas suas contas bancárias.

Porque é que Paul Allen deixou a Microsoft?

Em 1983, Paul Allen decidiu deixar a Microsoft, embora tenha permanecido acionista após ter sido diagnosticado com a doença de Hodgkin. Segundo o próprio Paul Allen em 2011 na sua biografia (Idea Man), sublinhou que partiu devido a diferenças no trabalho com Bill Gates.

Que equipas desportivas é que Paul Allen possuía ou co-proprietário?

Paul Allen, entre outras coisas, era um fã do desporto, o que o levou a pagar cerca de 70 milhões de dólares em 1988 pela equipa da NBA Portland Trail Blazers, e cerca de 200 milhões pelo Seattle Seahawks (que ganhou o Super Bowl em 2014). Foi também um acionista minoritário da equipa da Liga Principal de Futebol Seattle Sounders FC.

As melhores frases de Paul Allen

Assim como o seu contemporâneo e amigo Bill Gates, Paul deixou frases para lembrar e nós as compilamos para conhecer essa pessoa incrível

“Você olha para as coisas que gosta na sua vida, mas, muito mais importante, é o que você pode fazer para tornar o mundo um lugar melhor.”.

“Pela minha experiência, cada fracasso contém o necessário para seu próximo sucesso – se você estiver disposto a aprender com ele.”

“As melhores oportunidades são onde seus concorrentes ainda não se estabeleceram, não onde já estão entrincheirados.”

“Existem relativamente poucas ideias que você pode fazer sozinho.”

A faceta filantrópica de Allen

Allen, como o seu parceiro e amigo Bill Gates, é uma pessoa filantrópica que doou grande parte dos seus bens para causas ou projetos de caridade para ajudar outras pessoas.

Durante a sua vida, Paul Allen doou mais de 7,2 milhões de dólares. Numa variedade de projetos diferentes.

Recentemente saiu a notícia de que quando Paul Allen morresse ele doaria grande parte da sua fortuna, que chega a 17,5 bilhões de dólares.

Procura uma corretora? Abaixo encontrará algumas das melhores corretoras do mercado:

Comissões 0%
Ações e ETFs
ETFs
Grátis
Com mais de
1.5M de clientes
Ler mais tarde - Preencha o formulário para guardar o artigo como PDF
Consent(Obrigatório)

Artigos Relacionados

Provavelmente já ouviu a falar sobre a volatilidade, mas sabe o que é? Para investidores iniciantes, esse termo pode parecer complicado de entender e é um conceito importante se quer investir no mercado fina...

Deixar uma Resposta

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments