Entrar Criar conta
Acesso
Entrar em Rankia

Bem-vindo à sua comunidade financeira

Informe-se, debata, compartilhe experiências; aprenda sobre como economizar e investir. Faz parte da maior comunidade financeira, já somos mais de 750.000 desde 2003. Você se inscreve?

Como funciona um Swap de taxa de juro?

Subscrever Newsletter

Selecione os temas de seu interesse e assine nossa newsletter abaixo:

Subscription Type(Obrigatório)

Consent(Obrigatório)

Existem diferentes tipos de swaps, mas, neste artigo vamos explicar como funciona um swap de taxa de juro. É um contrato financeiro através do qual dois agentes económicos trocam entre si periodicamente e durante um determinado intervalo de tempo, fluxos de juros calculados sobre o mesmo “nocional” (esse nocional nunca é trocado), acordado na operação.

swaps

Como funciona um Swap de Taxa de Juro?

Existem dois tipos de operações que podem ser realizadas com o swap de taxa de juro:

  • Pagar taxa de juro fixa e receber taxa de juro variável (parte curta)

A venda da taxa fixa e a compra da taxa variável, significa que existem expectativas de que as taxas de juro subam, pelo que a taxa de juro variável estaria acima da taxa de juro prevalecente nesse momento no mercado.

  • Paga taxa de juro variável e recebe taxa de juro fixa (parte larga)

A venda de taxa de juro variável e a compra de taxa de juro fixa é realizada quando existem expectativas de descida da taxa de juro, pelo que, no futuro a taxa de juro variável seria inferior à taxa de juro fixa vigente no mercado.

Em termos gerais, pode dizer-se que as características de um Swap simples como as descritas acima ( “plain vanilla”) são:

  • O nocional é constante ao longo de toda a duração da Swap.
  • O juro fixo é constante ao longo da vida do Swap.
  • Os juros variáveis são determinados antecipadamente antes de cada período e pagos no final.
  • Os pagamentos periódicos são estabelecidos regularmente (não têm necessariamente de coincidir).

Uma vantagem importante da utilização de swaps de taxas de juro como instrumento de gestão de riscos é que permite a reestruturação da dívida, ou seja, pode transformar uma dívida fixa numa dívida variável e vice-versa, dependendo das expectativas sobre a taxa de juro, será tomada uma posição curta ou longa.

Ler mais tarde - Preencha o formulário para guardar o artigo como PDF
Consent(Obrigatório)

Artigos Relacionados

A Interactive Brokers foi fundada em 1978 em Nova York e é uma corretora on-line líder no mercado global de ações, op...

Deixar uma Resposta

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments