História gráfica do Euro Stoxx 50

Euro Stoxx 50 é um dos índices de referência mais comuns, e usado como um ponto de referência na Europa, porque permite aos investidores exposição aos melhores valores na zona do euro. O índice usa uma estrutura de capitalização do free float de mercado, e seu desempenho é a chave para ver como a economia europeia está a evoluir indicadores.

O índice atingiu o seu pico no final dos anos 90 e início de 2000, mas teve que lutar para recuperar os níveis alcançados uma vez que vários países foram atingidos por recessões de 2001, 2008 e 2012.
Ao contrário dos benchmarks dos EUA, o Euro Stoxx 50 representa simultaneamente várias nações, oferece um ampla exposição a empresas e países sediados no exterior.
Dito isto, vemos que as réplicas ETFs Euro STOXX 50 que se tornaram populares entre os investidores com SPDR Euro STOXX 50 ETF State Street ‘s (FEZ, A-) um dos melhores produtos exposto a acções zona euro
Nestes anos, este índice sofreu variações em suas posições mais representativas , considerando os tempos difíceis pelos quais algumas regiões estão passando.
Então, podemos ver graficamente a História do Euro Stoxx 50 Index, especialmente destacando os anos mais relevantes, como 2001, 2008 e 2012.
O que é interessante é ver quais são os valores e a ponderação das ações que compõem o índice a cada ano.
Em 2001, os 10 mais importantes Top-Holdings com maior peso no portfólio do Euro Stoxx 50 são a Nokia, a Royal Duch Petroleum, a Telekom, a espanhola Telefónica, a Vivendi, a Siemens, a Telecom Italia e a Sanofi.
Em 2008 , temos uma perspectiva bastante diferente, uma vez que apenas 3 dos valores de 2001 são os que predominam em 2008, entre eles a espanhola Telefónica.
Top-10 Holdings, que têm maior peso na carteira do Euro Stoxx 50 estão Total, Volkswagen, GDF Suez, EDF Electricité de France, Telefonica, Eni, Sanofi, E.ON, Banco Santander e France Telecom. 
Em 2012, a Inditex conseguiu estar entre os primeiros 10 valores, graças ao seu sucesso no mundo da moda. Os primeiros 10 valores vigentes no EURO Stoxx 50 são: Anheuser-Busch Em Bev, Sanofi, Total, Unilever, Volkswagen, SAP, Siemens, Louis Vuitton, Eni e espanhol Inditex.

Em 2018

Em 2018 já tivemos algumas modificações desde o original. Apresentamos em baixo o top 10 2018 com alguns rácios fundamentais, como o dividend yiel e o ROE.

Lista completa

 

0

Sobre o autor

Juan Diego Quilez
Gestor do Rankia Portugal

Responder a este tópico

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *