Jesse Livermore: um dos especuladores mais conhecidos - Rankia Portugal
Entrar Criar conta
Acesso
Entrar em Rankia

Bem-vindo à sua comunidade financeira

Informe-se, debata, compartilhe experiências; aprenda sobre como economizar e investir. Faz parte da maior comunidade financeira, já somos mais de 750.000 desde 2003. Você se inscreve?

Jesse Livermore: um dos especuladores mais conhecidos

Subscrever Agora

Selecione os temas que lhe interessa e personalize a sua experiência no Rankia

Enviaremos uma Newsletter cada quinze dias com as novidades de cada categoría que escolheu


Quer receber notificações dos nossos eventos/webinars?


Biografia de Jesse Livermore: um dos especuladores mais conhecidos

Jesse Livermore foi um popular  corretor  da bolsa americano nascido a 26 de Julho de 1877 nos Estados Unidos. Jesse Livermore tornou-se famoso pela sua maneira de operar, já que o fazia de forma agressiva e espetacular obtendo enormes lucros e também perdas consideráveis e o seu estilo de vida, cheio de álcool, excessos e festas. É considerado um dos especuladores mais conhecidos e famosos do século XX.

Quem é Jesse Livermore?

Jesse LivermoreJesse Livermore é reconhecido por muitos como o primeiro e maior especulador de todos os tempos. Era conhecido como “o Grande Bear Raider de de Wall Street” devido à sua tendência para negociar sempre de forma baixista e de forma agressiva, com grandes quantidades. Na hora de operar, Jesse Livermore usava informação privilegiada para entrar em valores e controlar a oferta. Uma vez que havia um rumor de que Jesse tinha entrado em um valor, os traders se lançavam a por esse valor, que começava a subir significativamente ao controlar Jesse grande parte de oferta, que acabou por vender a um preço muito mais elevado. Devido às suas práticas, a SEC (U.S. Securities and Exchanges Commission) teve de regular o mercado tal como o conhecemos hoje e proibir práticas como o insider trading, o controlo de informações falsas, a ocultação de posições no mercado, ou o domínio das ações para controlar a oferta e a procura. Esta é uma indicação da influência que Jesse Livermore tem tido nos mercados. A chave para as suas operações era a influência e os contactos que tinha nos meios de comunicação social, causando ondas de optimismo e falsas expectativas sobre uma segurança para aproveitar e poder vender as suas posições a um bom preço.

Filosofia de investimento de Jesse Livermore

Dois dos maiores sucessos de Jesse Livermore vieram em 1907 e 1929, quando ele ganhou fortunas reais.

Em 1907 foi quando ele ganhou o seu apelido de Bear Raider. Com o mercado bolsista a cair quase 50% em relação ao máximo do ano anterior, gerou-se o que ficou conhecido como o Pânico de 1907. Jesse tinha-se tornado curto no mercado ao perceber a falta de liquidez e capital que existia no mercado num contexto de recessão económica e considerava que os especuladores alavancados seriam obrigados  a reduzir as suas posições. De facto, foi isso que aconteceu e Jesse Livermore teve um lucro de mais de 3 milhões de dólares.

Como era considerado um génio na criação de fortunas, também se caracterizou pela sua desastrosa gestão monetária e entre 1908 e 1912 perdeu uma grande parte dos seus ganhos ao violar muitas das suas regras em operações com algodão, entre outras, acabando por ficar com uma dívida de 1 milhão de dólares a ser recuperada mais tarde na Primeira Guerra Mundial.

Outro dos seus grandes sucessos ocorreu em 1929. Tal como em 1907, Jesse detectou fraquezas semelhantes no mercado e decidiu abrir fortes posições curtas em várias ações e, após o colapso de Wall Street, Jesse ganhou quase 100 milhões de dólares.

Mais tarde, devido aos seus excessos e problemas com o álcool, Jesse Livermore começa a cometer erros importantes nas suas operações, quebrando algumas das regras que tinha seguido com disciplina antes e, em 5 anos, acaba por perder toda a sua fortuna para acabar por cometer suicídio a 28 de Novembro de 1940.

Citações de  Jesse Livermore

“Sempre venda o que mostra um prejuízo e mantenha o que está dando lucro”

“Ações nunca estão muito altas para começar a comprar nem muito baixas para começar a vender. Mas depois da primeira transação, não faça uma segunda a não ser que a primeira mostre lucro”.

Livros de Jesse Livermore

Ao longo da sua vida, Jesse Livermore publicou dois livros nos quais relatou alguns dos segredos do mercado e as chaves do comércio. Os livros são os seguintes:

  • Memories of a Stock Trader” publicado em 1923 e um dos livros mais populares sobre especulação.
  • “How to Trade Stocks“, publicado em 1940, antes da sua morte, conta a história das próprias decisões comerciais de Livermore.

Algumas das lições relatadas por Jesse nos seus livros são:

  • Aprender a perder.
  • Manter a calma.
  • Aprender a aceitar pequenas perdas a tempo.
  • Ignorar conselhos e/ou presentes.
  • Estudar em profundidade as tendências e condições do mercado.
  • Aprender quando comprar e vender stocks.

Artigos Relacionados

Evergrande escapa à falência? Hoje falamos sobre as notícias! Os ursos à espera da grande queda nos mercados terão de esperar mais alguns dias. Pelo menos para ver se este gigante desencadeia a crise finance...

Deixar uma Resposta

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments