São os depósitos a prazo em dólares uma boa opção?

Depósitos em dólares Finantia

Devido às baixas taxas de juro em toda a Europa, fruto da politica económica levada a cabo pelo Banco Central Europeu (BCE), os investidores passaram a olhar para os Depósitos a Prazo como opções mais seguras, mas relativamente pouco atrativas, uma vez que, atualmente, a maior parte destes não chega a remunerar mais que 0,5% ao ano.

Contudo, e face à tradicional popularidade destes produtos, têm vindo a surgir no mercado algumas alternativas, como os Depósitos a Prazo em Moeda Estrangeira, capazes de pagar taxas de juro acima dos 2%. Neste quadro, os Depósitos em Dólares Americanos (USD) podem ser uma opção a ter em conta, dado o fulgor da economia norte-americana nos últimos anos e a tradicional estabilidade da divisa face a opções noutras moedas internacionais.

Existem já vários bancos a apresentar este tipo de produto, com taxas e prazos bastante variados, sendo que, destes, destacamos os Depósitos apresentados pelo Banco Finantia.

Banco Finantia, aliás, parece estar na linha da frente deste tipo de produtos, oferecendo depósitos em USD a taxas de juro muito interessantes: de 2,25% a 2,40%, para depósitos com maturidades entre os 12 e os 36 meses, sujeitos, naturalmente, a penalizações em caso de mobilização antecipada. Refira-se também que, para além desta taxa de juro, os depositantes poderão ainda beneficiar com a conversão cambial, caso haja uma apreciação da divisa durante esse período.

Vantagens em ter um depósito a prazo em dólares

No contexto do atual clima de negócios internacional, poderá fazer sentido um produto de refúgio, de baixo risco, como um Depósito a Prazo.

A crise que assombrou a economia mundial em 2008 criou algum receio junto das instituições financeiras, particularmente das europeias. As suas congéneres norte-americanas têm sido mais ambiciosas, pelo que o Dólar, a par da economia do país, tem vindo apresentar uma boa performance. Um depósito desta natureza, em Dólares, teria, portanto, duas vantagens: diversificar o risco e procurar outros níveis de remuneração, mais atrativos.

Como podemos ganhar ou perder capital?

No investimento cambial é necessário reconhecer alguns dados para sabermos os riscos que estamos a assumir, nomeadamente ter em conta o valor das taxas de juro de referência e os principais dados da economia e das suas expectativas.

É importante ter em conta que o investimento numa moeda estrangeira pode, efetivamente, implicar risco de perda de capital, uma vez que a variação no mercado cambial pode fazer perder o valor inicialmente depositado em Euros.

Por outro lado, realçamos o facto dos Depósitos em Moeda Estrangeira serem também abrangidos pelo Fundo de Garantia de Depósitos, no quadro da legislação em vigor.
Isto significa que, num eventual cenário de indisponibilidade dos montantes subscritos, o reembolso seria garantido em Euros, ao câmbio da data da indisponibilidade e, naturalmente, desde que o valor do conjunto das contas de depósito não ultrapassasse os €100.000, por depositante, do limite de Garantia definido por lei.

2+

Sobre o autor

Rankia

Responder a este tópico

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *