Entrar Criar conta
Acesso
Entrar em Rankia

Bem-vindo à sua comunidade financeira

Informe-se, debata, compartilhe experiências; aprenda sobre como economizar e investir. Faz parte da maior comunidade financeira, já somos mais de 750.000 desde 2003. Você se inscreve?

Current ratio: o que é, como calcular e exemplos

Subscrever Newsletter

Selecione os temas que lhe interessa e personalize a sua experiência no Rankia

Enviaremos uma Newsletter cada quinze dias com as novidades de cada categoría que escolheu


Quer receber notificações dos nossos eventos/webinars?


Já usa a current ratio? Este sistema essencial de compreensão do estado de saúde financeira de uma empresa pode permitir-lhe poupar (ou ganhar) muito dinheiro. Analisemos em conjunto o que é.

Current ratio: o que é, como calcular e exemplos

A current ratio é um índice e, para ser exato, é o índice de disponibilidade que indica a taxa de liquidez de uma empresa.

Nós dá informações sobre quanto uma empresa consegue vender os seus ativos para reembolsar a sua dívida de curto prazo, ou seja, quanto a empresa consegue suportar as despesas correntes através do rendimento corrente. É, portanto, um indicador da saúde de uma empresa, uma vez que se uma empresa tivesse problemas em pagar a sua dívida, seria um sintoma de algo errado.

Fórmula

Dados “Ec” = receita corrente, “Sc” = despesa corrente e “Cr” = current ratio, em seguida:

Cr = Ec / Sc

O significado deve ser interpretado de acordo com a gama de valores a que o resultado pertence:

  • Cr < 1: O current ratio indica um estado de saúde grave da empresa, uma vez que a receita corrente é inferior à despesa corrente. Isto significa que, no futuro, ou pelo menos no futuro imediato, a empresa não poderá pagar a sua dívida.
  • Cr = 1: O current ratio indica um problema na saúde da empresa, não tão grave como no caso anterior, mas um ratio de 1 significa que o rendimento é pouco suficiente para cobrir as despesas. Isto significa que não demorará muito tempo para surgir uma situação em que as receitas se revelem insuficientes.
  • Cr > 1: O current ratio indica um bom nível de saúde financeira da empresa. Isto significa que as receitas são mais que suficientes e cobrem as despesas.

Exemplo

Vejamos como exemplo alguns dados sobre uma empresa fictícia e calculemos o current ratio:

  • Bens: 10.000 €
  • Ações: 5.000 €
  • Ativos não correntes: 3.000 €
  • Despesas não correntes: 4.000 €

Receita corrente = bens – ativos não correntes = 10.000 – 3.000 = 7.000 €

Despesas correntes = bens – ações – despesas não correntes = 10.000 – 5.000 – 4.000 = 1.000 €

Cr = Ec / Sc = 7.000 / 1.000 = 7

O current ratio é > 1. Isto significa que a empresa fictícia em análise está de boa saúde financeira.

Tome como exemplo outra empresa com as seguintes informações:

  • Bens: 10.000 €
  • Ações: 1.000 €
  • Ativos não correntes: 8.000 €
  • Despesas não correntes: 1.000 €

Rendimento corrente = bens – ativos não correntes = 10.000 – 8.000 = € 2.000

Despesas correntes = bens – ações – despesas não correntes = 10.000 – 1.000 – 1.000 = € 8.000

Cr = Ec / Sc = 2.000 / 8.000 = 0,25

O current ratio é < 1. Isto significa que a empresa fictícia em análise tem má saúde financeira. Não demorará muito a compreender que, com um current ratio tal, esta empresa fictícia em breve falhará.

Conclusão: Current ratio

Aconselhamos que tenha sempre em mente o current ratio dada a sua importância. Provavelmente já calcula algo equivalente, talvez sem lhe prestar muita atenção, mas lembrar-se do que calcular e como fazê-lo em relação ao current ratio é fundamental e também muito simples de lembrar.

Leia também: “Avaliação de empresas: PER, Ebitda, Fluxo de caixa, Vendas, Capitalização”.

Ler mais tarde - Preencha o formulário para guardar o artigo como PDF
Consent(Obrigatório)

Artigos Relacionados

Deixar uma Resposta

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments