LIFO e FIFO: o que são e qual é o melhor método? - Rankia Portugal
Entrar Criar conta
Acesso
Entrar em Rankia

Bem-vindo à sua comunidade financeira

Informe-se, debata, compartilhe experiências; aprenda sobre como economizar e investir. Faz parte da maior comunidade financeira, já somos mais de 750.000 desde 2003. Você se inscreve?

LIFO e FIFO: o que são e qual é o melhor método?

LIFO e FIFO: o que são e qual é o melhor método?

Para administrar as mercadorias num armazém, é preciso levar sempre em conta a parte logística e o seu bom funcionamento. Neste artigo aprenderá sobre LIFO e FIFO e qual é o melhor método de inventário.

LIFO e FIFO: o que são e qual é o melhor método?

Os métodos mais utilizados para avaliar o custo das mercadorias vendidas e o estoque final dessas mercadorias são LIFO e FIFO. A seguir, aprenderá todos os detalhes destes métodos e qual é o melhor.

FIFO

O método FIFO significa “First in, First out” (primeiro a entrar, primeiro a sair).

Quando devo utilizá-lo?

Com este método, os itens mais antigos têm que ser registados como vendidos pela primeira vez, e é o melhor sistema para armazenar alimentos perecíveis, medicamentos e produtos cosméticos para eles poderem sair primeiro considerando a sua data de validade.

Este sistema também pode ser aplicado a produtos de moda ou tecnológicos que podem sair de moda ou tornar-se obsoletos com o tempo.

Sistemas de armazenagem FIFO

Dependendo do tipo de produto, os sistemas de armazenamento variam; exemplos disso são os seguintes itens de armazenamento:

  • Estantes metálicas para paletes.
  • Estantes compactas.
  • Estantes dinâmicas, entre outras.

Avaliação FIFO

Esta avaliação FIFO é necessária para otimizar os processos logísticos e para cumprir com a legislação contabilística.

Os seguintes parâmetros devem ser considerados para esta avaliação:

  • A data de aquisição ou venda dos produtos.
  • O número de unidades compradas ou vendidas.
  • O preço de compra de cada unidade.
  • Com estes parâmetros é possível preparar um documento ou através de um programa de computador que nos permite ver refletido cada movimento ou partida de um produto do armazém e assim manter um controle mais ordenado do estoque.

LIFO

O método LIFO significa: “último a entrar, primeiro a sair”.

Este sistema é menos utilizado que o FIFO, mas é considerado ideal para produtos que não são perecíveis ou que não expiram ou perdem valor.

Quando devo utilizá-lo?

No caso de armazéns, o estoque recebido é disposto de forma acessível nas prateleiras do armazém ou por palatização, de modo que a saída desses produtos seja mais fácil do que a primeira entrada.

Palatização

A palatização consiste no armazenamento e transporte de mercadorias como uma unidade a partir de uma palete (plataforma pequena, baixa e portátil feita de madeira ou plástico, metal ou papelão para suportar as mercadorias durante o armazenamento ou transporte).

LIFO e FIFO: qual é o melhor método?

Se  quiser saber qual método de inventário é melhor, precisamos considerar alguns aspectos:

  • Embora o método LIFO seja menos utilizado do que o FIFO, o método LIFO permitirá administrar as mercadorias sem ter que deslocar os produtos do armazém, já que dependendo de como eles chegam eles podem sair.
  • Com o método LIFO é mais fácil acessar as mercadorias e economizar em custos de gerenciamento, utilizando-as em produtos que não mudam com o tempo.
  • O método de inventário FIFO é o melhor para armazenar alimentos, medicamentos e produtos que podem ser danificados e tem uma grande quantidade de armazenagem industrial adaptada para isso, de modo que você minimiza o risco de perder dinheiro no processo.
  • Se considerarmos os aspectos anteriores, podemos dizer que não existe um método melhor do que outro, tendo em mente que cada um desempenha certas funções dependendo do tipo de produto ou mercadoria manuseada.

Deve sempre avaliar as características das mercadorias que tem à venda, para saber qual método é apropriado para o inventário.

Leia também: “Avaliação de empresas: PER, Ebitda, Fluxo de caixa, Vendas, Capitalização”.

 

Sobre o autor

Henrique Garcia

Analista de Mercados

Responder a este tópico

Bem-vindo(a) à comunidade!

Selecione os temas que lhe interessa e personalize a sua experiência no Rankia

Enviaremos uma Newsletter cada quinze dias com as novidades de cada categoría que escolheu


Quer receber notificações dos nossos eventos/webinars?


Ao continuar, aceita a política de privacidade