Entrar Criar conta
Acesso
Entrar em Rankia

Bem-vindo à sua comunidade financeira

Informe-se, debata, compartilhe experiências; aprenda sobre como economizar e investir. Faz parte da maior comunidade financeira, já somos mais de 750.000 desde 2003. Você se inscreve?

Earnings Yield: definição e fórmula

Subscrever Newsletter

Selecione os temas que lhe interessa e personalize a sua experiência no Rankia

Enviaremos uma Newsletter cada quinze dias com as novidades de cada categoría que escolheu


Quer receber notificações dos nossos eventos/webinars?


Se invertermos o PER, obtemos o rácio Earnings Yield, que avalia o lucro de uma ação nos últimos 12 meses e compara-o com o preço de mercado por ação (lucro por ação). Ou seja, indica a rentabilidade gerada por cada ação por cada euro investido (rendibilidade gerada a partir do euro investido). Avalia com base no comportamento histórico, desse valor.

Que é o Earning Yield?

O Earning Yield refere-se aos ganhos por ação do período mais recente de 12 meses, divididos pelo preço atual de mercado por ação. Por outras palavras, este rendimento reflete a percentagem dos lucros por ação de uma empresa, pelo que muitos gestores de investimentos utilizam o rendimento dos lucros para determinar as atribuições de ativos ou que ativos estão sub ou sobre avaliados.

Como funciona o Earning Yield

O Earning Yield é frequentemente comparado com um amplo índice de mercado, tal como o S&P 500 (rendimento de tesouraria a 10 anos). Neste caso, pode ocorrer o seguinte:

  • Se o rendimento dos ganhos for inferior ao rendimento do Tesouro a 10 anos, o stock é considerado sobrevalorizado.
  • Se o rendimento dos ganhos for mais elevado, as ações são consideradas subvalorizadas em relação às obrigações.

Neste caso, a teoria económica aconselha os investidores a exigirem um prémio de risco adicional de vários pontos percentuais acima das taxas sem risco prevalecentes (por exemplo, taxas dos bilhetes do Tesouro) sobre os seus rendimentos para compensar o risco mais elevado de possuir ações sobre obrigações.

Earning yield: Fórmula

Earning Yield Ratio = Lucro por ação / Preço cotação

Quando as empresas tendem a manter uma política de dividendos estável de ano para ano, o rácio Earnings Yield pode ser considerado como um rendimento fixo obtido pelo investidor. Algumas empresas (por exemplo, companhias de eletricidade) dão uma rendibilidade por dividendos semelhante ao que poderia ser obtido em títulos de rendimento fixo, para além de o investidor poder obter lucros com a valorização da ação.

Uma das vantagens é que permite que a empresa seja comparada com diferentes tipos de investimentos, para ver que retorno pode ser esperado de cada investimento.

Perfil do investidor

  • Conservador: ações com elevado rácio earning yield, mesmo que não se espere uma revalorização muito elevada da cotação
  • Agressivo: ações com altas expectativas de revalorização, mesmo que o sue earning yield não seja muito alto.

Também pode acontecer que o rácio earning yield seja elevado porque a empresa distribui uma percentagem elevada dos seus lucros como dividendos, mas não retém este para investir e continuar a crescer. Pelo contrário, com um rácio baixo, pode ser porque retém demasiado lucro para o seu potencial de crescimento.

Exemplo Earning yield

No exemplo seguinte, o rendimento ajuda aos investidores a avaliar se querem ou não comprar, ou vender uma ação:

Meta, antigo Facebook, negociava perto de $175 com ganhos de 12 meses (ano 2019) de $7,57, o que produziu um rendimento de 4,3%. Isto era historicamente elevado, dado que o retorno foi de 2,5% ou menos antes de 2018.

Entre 2016 e 2017, o stock aumentou mais de 7%, enquanto o rendimento dos ganhos aumentou de cerca de 1% para 2,5%. O stock caiu mais de 40% em relação ao seu pico de 2018, enquanto o rendimento dos ganhos estava próximo do seu máximo histórico de cerca de 3 %.

Após a queda, o rendimento dos ganhos continuou a subir à medida que o preço caiu, atingindo mais de 5% no início de 2019, quando o stock começou a recuperar.

Neste caso, o maior rendimento pode ter influenciado o aumento das ações, principalmente porque os investidores esperavam que os rendimentos melhorassem no futuro. Um elevado rendimento (em comparação com leituras anteriores) não impediu que o stock sofresse uma queda significativa em 2018. 1 2

Rendimento vs. Rácio P/E

O rendimento dos ganhos como métrica de avaliação do investimento não é tão amplamente utilizado como o rácio P/E. No entanto, este rendimento pode ser útil quando há preocupação sobre a taxa de retorno de um investimento. No entanto, para os investidores em ações, a obtenção de rendimentos de investimento periódicos pode ser secundária ao aumento do valor dos seus investimentos temporalmente.

Pela razão acima referida, os investidores referem-se a métricas de investimento baseadas no valor, tais como o rácio P/E, mais frequentemente do que o rendimento dos ganhos quando fazem investimentos em ações.

Ler mais tarde - Preencha o formulário para guardar o artigo como PDF
Consent(Obrigatório)

Manual de Bolsa

Este e-book irá ajudá-lo a aprender o que precisa de saber para começar com sucesso nos seus investimentos:

  • Noções básicas financeiras
  • O que é e como funciona o mercado de ações
  • Dicas úteis para investir

Artigos Relacionados

As ações fracionadas permitem aos investidores deter uma pequena fração de uma ação inteira. Ações inteiras são normalmente vendidas, embora sejam caras para alguns investidores ou uma forma de angariar mais...
O termo “equities” representa a quantia de dinheiro devolvida aos acionistas de uma empresa se todos os ativos fossem...
O S&P 500 é o maior índice de ações da América do Norte. Embora historicamente o Dow esteja em primeiro lugar, es...

Deixar uma Resposta

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments