Entrar
Acesso
Entrar em Rankia

Bem-vindo à sua comunidade financeira

Informe-se, debata, compartilhe experiências; aprenda sobre como economizar e investir. Faz parte da maior comunidade financeira, já somos mais de 750.000 desde 2003. Você se inscreve?

Tipos de ações | Ações ordinárias e ações preferenciais

Subscrever Newsletter

Selecione os temas de seu interesse e assine nossa newsletter abaixo:

Subscription Type(Obrigatório)

Tipos de ações | Ações ordinárias e ações preferenciais

No mundo dos investimentos, as ações desempenham um papel fundamental. Elas representam uma fração da propriedade de uma empresa e oferecem a promessa de retornos financeiros. No entanto, nem todas as ações são criadas da mesma forma. Existem diferentes tipos de ações, cada uma com as suas próprias características, vantagens e desvantagens. 

Neste artigo, exploraremos dois dos tipos mais comuns de ações: as ações ordinárias e as ações preferenciais. Mergulharemos no que cada tipo de ação representa, as suas características distintas e os prós e contras de investir em cada uma delas. Seja um investidor iniciante ou experiente, entender a diferença entre esses dois tipos de ações pode ajudá-lo a tomar decisões de investimento mais informadas.

 O que são ações?

As ações são aqueles títulos que representam uma parte do capital social de uma empresa. São adequadas para os investidores interessados, os quais obterão um benefício pelas mesmas, dando parte do seu dinheiro para financiar a empresa.

A retribuição pela obtenção dos títulos pode ser representada por:

  • Dividendos gerados pela empresa: neste modo de compensação, os títulos permitem ao investidor crescer em conjunto com a empresa; desta forma, ele terá participação nos lucros produzidos pela empresa.
  • Ganhos de capital: é a diferença entre o preço obtido pela compra, com o preço em que foi posteriormente vendido.

Quais são os tipos de ações?

Os principais tipos de ações são: ações ordinárias e ações preferenciais. Existem também outros tipos de ações, classificadas de acordo com os seguintes aspetos:

Ações ordinárias

Os proprietários/acionistas obtêm o direito de voto nas reuniões anuais, reuniões ordinárias em que certos aspetos da empresa são votados. Assim como reuniões extraordinárias. Dão direito de voto, e direitos económicos, tais como o acesso à partilha de lucros.

Ações preferenciais

Estes dão ao titular um direito extra em relação ao direito concedido pelas ações ordinárias, este direito extra é normalmente financeiro. Não confere direito de voto. Embora em alguns países seja chamada uma mistura de ação e vínculo. Entre as ações preferenciais, existem diferentes tipos de ações:

  • Ações resgatáveis
  • Ações convertíveis
  • Ações preferenciais acumuladas
  • Quota de preferência cumulativa redimível.

Ações preferenciais com voto múltiplo:

  • Ações não cumulativas
  • Ações preferenciais convertíveis
  • Ações preferenciais permutáveis
  • Ações preferenciais de rendimento mensal
  • Ações preferenciais participantes
  • Ações de preferência perpétua.

Ações do titular

Há duas formas de emitir uma ação do titular. Cada sociedade tem um registo de acionistas, mostrando o nome do titular das ações. Estes são chamados:

  • Ações registadas: as ações são emitidas em nome do seu titular.
  • Ações ao portador: o proprietário da ação tem a posse física da ação. Embora o seu nome não apareça nele. Ter apenas a ação significa ser o proprietário das ações, ser um acionista da empresa.

Ações cotadas ou não cotadas

Neste caso existem dois tipos de ações, dependendo se foram vendidas publicamente por uma OPI ou não. No primeiro caso, seria uma empresa pública e, no segundo caso, uma empresa privada. 

  • Ações privadas: São ações que não estão cotadas na bolsa de valores. Estas são pequenas e médias empresas (PME). Em inglês, consideram-se como “Private Equity”.
  • Ação cotada: esta é uma ação que pode ser comprada e vendida livremente no mercado. É emitida no mercado primário e depois negociada no mercado secundário.

👉 Ações: o que são, como funcionam e como escolher

O que são ações preferenciais?

As ações preferenciais concedem aos seus titulares o direito de receber uma remuneração previamente definida; essa remuneração pode ser dada pelo seu valor nominal, mas também pode variar.

Estas ações representam uma percentagem do capital próprio de uma empresa, com a diferença das ações ordinárias terem uma preferência sobre o capital no cancelamento monetário dos dividendos e ativos da empresa no caso de falência.

Exemplos de ações preferenciais

Como exemplos de ações preferenciais incluem-se:

  • Ações preferenciais cumulativas: são ações preferenciais no caso de dividendos não pagos que podem acumular e cobrar num futuro pagamento e têm prioridade de cobrança de dividendos sobre as ações ordinárias.
  • Ações preferenciais convertíveis: este é um tipo de ações que pode ser convertido em ações ordinárias.
  • Ações preferenciais participantes: a partir de algumas condições, estas ações dão ao seu titular direitos a quaisquer lucros extra que a empresa tenha e a cobrar dividendos.

O que são ações ordinárias?

Em geral, as ações ordinárias ou comuns são aquelas que não concedem nenhum tipo de preferência patrimonial ou de outro tipo, mantendo-se assim, sob o princípio geral dos sócios que são participantes dos lucros, na forma de dividendos, conservando-os sempre de acordo com as contribuições que cada sócio tenha feito.

As ações ordinárias conferem aos seus proprietários direitos específicos, nos quais destaca o direito de voto em vários aspetos essenciais da empresa.

Exemplos de ações ordinárias

As ações ordinárias conferem-lhe mais direitos como acionista da empresa; por exemplo, permitem-lhe assistir à assembleia de acionistas, votar sobre determinadas questões e decisões.

Vantagens das ações ordinárias e ações preferenciais

Ao investir em ações preferenciais, o investidor adquire uma série de vantagens ou benefícios que não estão disponíveis aos acionistas ordinários, como direitos políticos ou prioridade no pagamento de dividendos, conforme veremos a seguir.

Direitos políticos das ações preferenciais

Normalmente, nas ações preferenciais, o acionista não possui nenhum tipo de direito político, ou seja, não pode votar nas assembleias gerais. Isso talvez, para um pequeno investidor, não seja importante, mas muitos investidores preferem a capacidade de influenciar as decisões da empresa, pois, por exemplo, no facto de a empresa lançar uma oferta pública de aquisição ou na ocorrência de lutas pelo controlo de uma empresa entre investidores, estes direitos políticos são de grande significado e fazem com que as ações com estes direitos políticos valham mais do que as ações sem eles..

Prioridade na cobrança de dividendos de ações preferenciais

Uma das principais vantagens das ações preferenciais é que geralmente têm prioridade na cobrança de dividendos sobre as ordinárias. No caso de tudo correr bem para a empresa, ambos os tipos de ações receberão os seus dividendos. Mas se as coisas não correrem assim tão bem e a empresa não puder pagar o dividendo total esperado, as ações preferenciais podem receber os seus dividendos e as ações ordinárias podem ser menores ou não serem pagas. O dividendo das ações preferenciais pode depender de vários fatores, incluindo:

  • O valor investido.
  • A evolução dos resultados da empresa.
  • Do dividendo das ações ordinárias.

Em caso de falência, o que aconteceria com as ações preferenciais?

Outra vantagem das ações preferenciais é que, em caso de falência da empresa, estas têm preferência de cobrança sobre as ações ordinárias.

Desvantagens das ações ordinárias e ações preferenciais

Assim como existem vantagens, o investidor preferencial também possui uma série de desvantagens em relação aos acionistas ordinários.

Liquidez de ações preferenciais

As ações preferenciais são menos líquidas do que as ordinárias, principalmente por três razões:

  • Há menos ações preferenciais em circulação do que ações ordinárias.
  • Os acionistas são geralmente investidores institucionais.
  • Os proprietários de ações preferenciais  são tipicamente investidores de longo prazo.

Direito de voto

Uma das principais desvantagens das ações preferenciais. Os investimentos em ações preferenciais estão excluídos do direito de voto, vantagem que os acionistas ordinários podem usufruir.

As ações preferenciais são resgatáveis

Em muitas ocasiões, as ações preferenciais são resgatáveis ​​por decisão da empresa. Exigível significa que a empresa pode comprar as ações preferenciais quando quiser, pelo mesmo preço em que foram vendidas.

Como comprar ações (ordinárias ou preferenciais)?

A compra de ações preferenciais (também conhecidas como ações preferenciais ou ações de classe A) é semelhante à compra de ações ordinárias. Aqui estão os passos para comprar ações preferenciais:

  1. Escolha uma corretora de valores: O primeiro passo é escolher uma corretora de valores que atenda às suas necessidades. Certifique-se de que a corretora oferece a opção de negociação de ações preferenciais, pois nem todas as corretoras podem disponibilizá-las.
  2. Abra uma conta na corretora: Siga o procedimento da corretora para abrir uma conta de negociação. Isso geralmente envolve fornecer informações pessoais e financeiras, além de cumprir requisitos de identificação.
  3. Deposite fundos na sua conta: Após a aprovação da sua conta, deposite dinheiro na mesma. Irá utilizar esses fundos para comprar as ações preferenciais. Certifique-se de que sua conta se encontra com capital antes de fazer qualquer compra.
  4. Analise as ações preferenciais: Antes de comprar ações preferenciais, é importante fazer uma análise detalhada. Analise as empresas em que deseja investir, considerando fatores como desempenho financeiro, histórico de pagamento de dividendos, governança corporativa e perspetivas futuras.
  5. Faça um pedido de compra: Aceda à plataforma de negociação da corretora e insira os detalhes da compra das ações preferenciais. Irá precisar de fornecer informações como o código da ação preferencial, a quantidade de ações que deseja comprar e o preço pelo qual deseja adquiri-las.
  6. Confirme o pedido: Reveja e confirme o seu pedido de compra antes de finalizá-lo. Certifique-se de que todos os detalhes se encontram corretos.
  7. Monitorize os seus investimentos: Após a compra das ações preferenciais, acompanhe o seu desempenho regularmente. Esteja ciente de que os preços das ações podem flutuar no mercado que pode precisar de tomar decisões de compra ou venda com base nos seus objetivos e no comportamento do mercado.

Exemplo de ações ordinárias

Apple Inc. A Apple é uma das maiores empresas de tecnologia do mundo e as suas ações são amplamente negociadas nos mercados financeiros. O símbolo de negociação da Apple na Bolsa de Valores dos Estados Unidos é “AAPL”.

Aqui estão algumas informações básicas sobre as ações ordinárias da Apple:

  • Símbolo de negociação: AAPL
  • Nome da empresa: Apple Inc.
  • Tipo de ação: Ações ordinárias
  • Mercado de negociação: Bolsa de Valores de Nova Iorque (NYSE)
  • Setor: Tecnologia

Dividendos: A Apple ocasionalmente paga dividendos aos acionistas das suas ações ordinárias, mas não é uma característica central das suas ações. A empresa concentra-se principalmente no crescimento e reinveste os seus lucros em novos produtos e tecnologias.

Ações ordinárias representam a propriedade de uma parcela da empresa e geralmente conferem direitos de voto aos acionistas nas assembleias gerais da empresa. No entanto, as características específicas das ações ordinárias podem variar de empresa para empresa, e algumas empresas podem ter diferentes classes de ações ordinárias com direitos de voto diferentes.

As ações ordinárias são comummente negociadas em bolsas de valores, como a NYSE, e o seu preço pode flutuar com base numa variedade de fatores, incluindo o desempenho financeiro da empresa, notícias do setor, eventos macroeconómicos e muito mais.

👉 Como comprar ações da Apple

Exemplo de ações preferenciais

Coca-Cola. A Coca-Cola é uma das maiores empresas de bebidas do mundo e suas ações preferenciais são negociadas nos mercados financeiros. O símbolo de negociação das ações preferenciais da Coca-Cola na Bolsa de Valores de Nova Iorque (NYSE) é “KO.PR”.

Aqui estão algumas informações básicas sobre as ações preferenciais da Coca-Cola:

  • Símbolo de negociação: KO.PR
  • Nome da empresa: The Coca-Cola Company
  • Tipo de ação: Ações Preferenciais
  • Mercado de negociação: Bolsa de Valores de Nova Iorque (NYSE)
  • Setor: Bebidas

Dividendos: As ações preferenciais da Coca-Cola geralmente têm direito a dividendos fixos e prioridade sobre as ações ordinárias no recebimento de dividendos. Isso significa que os acionistas de ações preferenciais têm mais segurança em relação aos pagamentos de dividendos em comparação com os acionistas de ações ordinárias.

As ações preferenciais são chamadas de “preferenciais” porque conferem certos privilégios aos acionistas em relação às ações ordinárias, como prioridade no pagamento de dividendos e prioridade em caso de liquidação da empresa. No entanto, os acionistas de ações preferenciais geralmente não têm direito a voto nas assembleias gerais da empresa, como é comum com as ações ordinárias.

As características específicas das ações preferenciais podem variar de empresa para empresa, e algumas empresas podem ter diferentes séries ou classes de ações preferenciais com diferentes termos e condições.

👉 Como comprar ações da Coca-Cola?

Busca uma corretora para investir? A continuação, deixamos algumas corretoras importantes do mercado👇:

Comissões 0%
Ações e ETFs
Grande seleção
Ações, ETFs…
Com mais de
1.5M de clientes

Principais diferenças entre ações ordinárias e ações preferenciais

As ações ordinárias e as ações preferenciais são dois tipos comuns de ações que as empresas emitem para levantar capital. Elas têm diferenças significativas em termos de direitos e benefícios conferidos aos acionistas. Aqui estão as principais diferenças entre esses dois tipos de ações:

  1. Direito a voto:
    • Ações ordinárias: Os acionistas de ações ordinárias geralmente têm direito a voto nas assembleias gerais da empresa. Eles podem votar em questões importantes, como a eleição de diretores e decisões estratégicas.
    • Ações preferenciais: A maioria das ações preferenciais não concede direito a voto. Isso significa que os acionistas de ações preferenciais normalmente não têm voz nas decisões corporativas da empresa.
  2. Prioridade nos dividendos:
    • Ações ordinárias: Os dividendos pagos aos acionistas de ações ordinárias são discricionários, o que significa que a empresa decide se pagará ou não dividendos. Além disso, os acionistas de ações ordinárias têm prioridade inferior em relação aos acionistas de ações preferenciais quando se trata de receber dividendos.
    • Ações preferenciais: Os acionistas de ações preferenciais têm direito a receber dividendos antes dos acionistas de ações ordinárias. Os dividendos das ações preferenciais geralmente são fixos, o que proporciona maior previsibilidade de rendimento.
  3. Prioridade em caso de liquidação:
    • Ações ordinárias: Em caso de liquidação da empresa, os acionistas de ações ordinárias têm direito a receber o que resta dos ativos da empresa após o pagamento de dívidas e obrigações, mas eles têm prioridade inferior em relação aos acionistas de ações preferenciais.
    • Ações preferenciais: Os acionistas de ações preferenciais têm prioridade sobre os acionistas de ações ordinárias no recebimento dos ativos da empresa em caso de liquidação. Isso significa que eles são pagos antes dos acionistas de ações ordinárias.
  4. Conversibilidade:
    • Ações ordinárias: As ações ordinárias geralmente não têm opção de conversão em outro tipo de ação.
    • Ações preferenciais: Algumas ações preferenciais podem ser conversíveis em ações ordinárias ou em outro tipo de valor mobiliário, conforme especificado nas condições de emissão.
  5. Participação nos lucros residuais:
    • Ações ordinárias: Os acionistas de ações ordinárias têm direito a participar dos lucros residuais da empresa após o pagamento de dividendos às ações preferenciais e outras obrigações.
    • Ações preferenciais: Os acionistas de ações preferenciais geralmente não têm direito a participar dos lucros residuais da mesma forma que os acionistas de ações ordinárias.
Ações preferenciaisAções ordinárias
As ações preferenciais têm menos liquidez/circulação.As ações ordinárias têm maior liquidez/circulação
Acionistas iInvestidores iInstitucionaisPreços mais baixos
Investidores a longo prazoNegociadaso no mercado
Não comercializadaso no mercadoMaior volatilidade e riscos
Preços mais altosSim, comdar mais direitos
Menos volátil e arriscadoDireito a dividendos sem prioridade
Não concedemr certos direitosSem direitos de falência, mas comdá direito a reclamação
Prioridade na recolha de dividendosDireitos de voto
Direito a capitaldinheiro em caso de falênciana bancarrotaSem ações resgatáveis.
Sem direito de voto 
Ações resgatáveis 

FAQs

Qual é a diferença principal entre ações ordinárias e ações preferenciais?

A principal diferença entre ações ordinárias e ações preferenciais reside nos direitos que conferem aos seus detentores. Os detentores de ações ordinárias têm direito a voto nas assembleias gerais da empresa e podem receber dividendos, embora o pagamento de dividendos não seja garantido. Por outro lado, os detentores de ações preferenciais geralmente recebem dividendos antes dos detentores de ações ordinárias e têm um direito superior no caso de liquidação da empresa, mas geralmente não têm direitos de voto.

Como posso saber se uma ação é ordinária ou preferencial?

Pode-se geralmente determinar se uma ação é ordinária ou preferencial com base nas informações fornecidas pela empresa, ou pela bolsa de valores onde a ação é negociada. As ações preferenciais são frequentemente identificadas por um “P” ou “Pref” no final do símbolo da ação.

Posso converter ações ordinárias em ações preferenciais (ou vice-versa)?

A capacidade de converter ações ordinárias em ações preferenciais (ou vice-versa) depende dos termos específicos estabelecidos pela empresa. Algumas empresas emitem ações preferenciais conversíveis, que dão ao detentor o direito de converter as suas ações preferenciais em ações ordinárias.

Que tipo de ação devo comprar como investidor iniciante?

A decisão sobre que tipo de ação comprar depende dos seus objetivos de investimento e tolerância ao risco. As ações ordinárias podem oferecer maior potencial de crescimento, mas também apresentam um risco maior. As ações preferenciais, por outro lado, oferecem rendimentos mais estáveis na forma de dividendos, mas geralmente têm menos potencial de valorização.

Onde posso comprar ações ordinárias e preferenciais?

As ações ordinárias e preferenciais podem ser compradas através de uma corretora ou plataforma de negociação de ações. Alguns bancos também oferecem serviços de corretagem que permitem comprar e vender ações.

Este artigo destina-se a para investidores capazes de tomar as suas decisões de investimento sem aconselhamento. Isto não é aconselhamento financeiro. Se se sentir inseguro em relação a qualquer decisão de investimento deverá procurar aconselhamento junto de um analista financeiro credenciado.

Ler mais tarde - Preencha o formulário para guardar o artigo como PDF

Manual de Bolsa

Este e-book irá ajudá-lo a aprender o que precisa de saber para começar com sucesso nos seus investimentos:

  • Noções básicas financeiras
  • O que é e como funciona o mercado de ações
  • Dicas úteis para investir

Artigos Relacionados

Após dois anos fracos no mercado de IPOs, 2024 acena com um cenário mais otimista para os mercados financeiros. Dive...