Como comprar ações da Apple (AAPL)

Subscrever Newsletter

Selecione os temas de seu interesse e assine nossa newsletter abaixo:

Subscription Type(Obrigatório)

A Apple é sem dúvida uma das empresas de maior sucesso na história. A Apple é a maior empresa do mundo por capitalização de mercado, com mais de 2,9 trilhões de dólares. Este gigante tecnológico criou uma cultura própria, um culto entre os seus fãs e uma organização focada na inovação, e é por isso que cada lançamento de um novo produto da empresa californiana atrai uma atenção considerável em todo o mundo.

Por mais bem-sucedido que a Apple tenha sido, é provável que muitos investidores estejam considerando comprar ações da Apple. Neste artigo, vamos analisar alguns aspectos importantes para aqueles que consideram investir em ações da Apple.

O que é a Apple?

A Apple é uma empresa tecnológica e de consumo, produtora de alguns dos dispositivos eletrónicos mais populares do mundo, como o iPhone, o Mac ou o iPad.

Essencialmente, poderíamos resumir a essência da empresa nos seguintes pontos:

  • Inovação pioneira: A Apple tem liderado o caminho na tecnologia móvel com desenvolvimentos revolucionários como o ecossistema baseado em aplicações para smartphones, o primeiro uso comercial do “touch ID” e os processadores de 64 bits, estabelecendo padrões agora comuns na indústria dos smartphones.
  • Ampla gama de produtos e software: Desde a sua sede em Cupertino, Califórnia, a Apple expandiu a sua oferta para além dos produtos eletrónicos de consumo para incluir software avançado e serviços online, destacando-se o Apple Watch, AirPods, HomePod, Apple TV, e sistemas operativos como macOS e iOS.
Apple
  • Líder em inovação e serviços digitais: A Apple não se destaca apenas pelos seus produtos eletrónicos, mas também pelo seu software e serviços digitais, incluindo iTunes, Safari, Final Cut Pro, e serviços como Apple Store, Genius Bar, e Apple Pay, refletindo o seu compromisso com a inovação.
  • Crescimento exponencial: Ao longo dos anos, a empresa com sede em Cupertino, experimentou um crescimento massivo, passando de 8.000 funcionários e 7.000 milhões de dólares em receitas em 1997, para aproximadamente 150.000 funcionários e mais de 380.000 milhões em receitas em 2023, demonstrando o seu sucesso e expansão global.
  • Cultura de inovação e liderança: A filosofia de design, a cultura de inovação contínua e o modelo de liderança estabelecido por Steve Jobs e seguido por Tim Cook, têm sido fundamentais para o sucesso sustentado da Apple.

Detalhes das ações Apple (AAPL)

  • Empresa: Apple, Inc
  • Ticker: AAPL
  • ISIN: US0378331005
  • Onde é cotada?: Nasdaq

Quem foi o fundador da Apple? | Steve Jobs

De facto, Steve Jobs tem sido uma das figuras mais emblemáticas a nível mundial no empreendedorismo. Uma personagem singular, idolatrada por muitos como um génio, e criticada por outros como pouco mais do que um bom marketeer. Em resumo, estes foram os principais marcos da sua vida:

  • 1976: A Apple foi fundada por Steve Jobs, Steve Wozniak, e Ronald Wayne para desenvolver e vender um protótipo de PC. Wayne vendeu a sua participação após 10 dias.
fundador da Apple
  • Início de 1977: Foi oficialmente fundada como Apple Computer Inc. O Apple I, o seu primeiro produto, não teve sucesso de vendas, já que era pouco mais do que um kit de início.
  • Final dos anos 70: Jobs, juntamente com a sua equipa, lançam o Apple II, computador que marcou a viabilidade da empresa, impulsionando as vendas exponencialmente.
  • Início dos anos 80: Jobs e Wozniak expandiram a empresa com uma equipa de programadores e designers. A Apple estreou-se na NASDAQ, alcançando sucesso internacional.
  • 1984: Introduziram o Macintosh com interfaces gráficas inovadoras, consolidando a sua posição na indústria.
  • 1985: Após desacordos com a nova cúpula de acionistas, Wozniak reduziu a sua participação na Apple, e Jobs foi demitido da empresa que ele mesmo criou. Após um período de afastamento, fundou a NeXT, e adquiriu uma boa parte da empresa Pixar (dentro do grupo Walt Disney)
  • 1997-2011: O retorno de Jobs à Apple trouxe uma era de inovação e sucesso, culminando com o lançamento do iPod em 2001 e o iPhone em 2007. Jobs faleceu em 2011, e Tim Cook assumiu a direção.

E quem é o CEO da Apple?

Como acabámos de mencionar, desde o falecimento de Steve Jobs em 2011, o atual CEO da Apple é Timothy Donald Cook, mais conhecido como Tim Cook.

Tim Cook.

Desde antes de se tornar CEO, Cook já desempenhava um papel crucial na Apple, atuando como Vice-Presidente de Operações Globais, responsável pelas estratégias de vendas e operações globais e pela gestão da cadeia de fornecimento da empresa.

Como comprar ações da Apple em 2024 em 3 passos? | Exemplo com Freedom24

Para investir na Apple, você só precisa de uma corretora, de preferência online e bem regulada. Quanto ao procedimento em si, é realmente simples, são apenas alguns cliques, que veremos em 3 passos.

Para isso, usarei como exemplo a corretora Freedom24, que é regulada pela CySEC (Chipre).

Passo 1: Procurar as ações da Apple (ticker AAPL)

O primeiro passo, como sempre, é abrir uma conta na Freedom24 (ou na corretora que escolheu) e fazer o seu primeiro depósito mínimo. Este procedimento é completamente online e não deve levar mais de 10 minutos.

E por falar nesse primeiro depósito, lembre-se de que pode depositar mais do que pretende investir, pois a Freedom24 oferece uma conta remunerada com juros de 3,8% em euros e 5,3% em dólares.

Dito isso, uma vez que tenha a sua conta, basta ir ao buscador de ações e usar a ferramenta de pesquisa para encontrar as ações da Apple. Pode fazer isso inserindo o nome da empresa ou seu ticker (AAPL) no buscador.

procurar ações apple na freedom24

Passo 1: Procurar ações da Apple

  • Quadro vermelho: Negociar. É para ir para o centro de negociação da corretora.
  • Quadro verde: Buscador de ações, onde digito o nome da ação a comprar. Neste caso, “Apple”. Quadro roxo: Selecione a ação.

Como pode ver, no meu caso, selecionei a ação listada na bolsa dos EUA.

Passo 2: Avaliar a ação

O próximo passo antes de investir é avaliar a ação na qual vamos investir. Para isso, temos duas opções, através do gráfico de preços ou através dos dados fundamentais da empresa.

  • Gráfico: Onde podemos ver o histórico de cotação da ação.
  • Quadro roxo: Lembre-se de que em corretoras como a Freedom24, terá acesso a grande parte dos dados fundamentais de uma empresa: balanço, demonstração de resultados e fluxo de caixa.
  • Quadro vermelho: Investir. Depois de verificar todas as informações mais importantes, é hora de comprar as ações da empresa.

Passo 2: Avaliar ações da Apple (AAPL)

Passo 3: Estabelecer a ordem de compra e investir na Apple

Finalmente, é hora de estabelecer a ordem de compra. Para isso, no quadrado direito da corretora, vamos inserir a nossa ordem.

  • Preço: Vamos indicar o tipo de ordem, no meu caso “ordem limitada”.
  • Quantidade: O número de ações a comprar. Neste caso, 3.
  • Investir: E se tudo estiver correto, vamos clicar no botão verde acima do painel de negociação “Investir”.

E pronto, é isso. Com estes 3 simples passos, que mal requerem 5 ou 6 cliques, seremos acionistas da Apple, uma das maiores empresas do mundo.

Corretora cotada no
Nasdaq
+ de 370.000
Clientes
Depósito mínimo
0€

👉 Para mais informações sobre a corretora, pode acessar a nossa análise, onde informamos sobre as suas taxas, planos de poupança e múltiplas possibilidades: Opiniões sobre a Freedom24 em Portugal – Segurança, taxas e plataforma

Onde mais investir na Apple?

Investir em ações da Apple é extremamente popular por motivos óbvios. Por isso, podemos adquiri-las em qualquer corretora devidamente regulada e competitiva; deixamos aqui outras alternativas de interesse:

Comissões
Baixas
Com mais de
1.5 M de clientes

Lote mínimo de ações da Apple

O mínimo para poder ser acionista da Apple, assim como para qualquer outra empresa, é o preço de uma ação. Em outras palavras, não existe um montante mínimo de ações a comprar, podemos comprar simplesmente uma ação. No entanto, nos últimos anos, algumas corretoras começaram a oferecer a opção de realizar investimento fracionado, o que agora torna possível possuir uma parte de uma ação da Apple.

Após o Split de ações que vimos anteriormente, tornar-se acionista da Apple tornou-se um pouco mais fácil, já que seu preço está rondando os 200$ (bem perto deles; é provável que no momento em que lês este artigo esse preço tenha sido superado). Anteriormente, a ação da empresa de Cupertino era cotada por mais de 500 dólares, o que talvez tornasse um pouco mais difícil para alguns investidores terem acesso à ação.

Quanto paga a Apple por dividendos? | Calendário 2024

Ao contrário de outras grandes empresas tecnológicas que são cotadas no NASDAQ, a Apple sim paga dividendos. Isso permite combinar uma revalorização da ação em crescimento com uma série de pagamentos regulares aos seus acionistas, fato pouco comum entre as grandes empresas atualmente.

A Apple paga dividendos trimestralmente em dinheiro, no entanto, a rentabilidade por dividendo (dividend yield) desses pagamentos é relativamente baixa em comparação com outras empresas: atualmente é de aproximadamente 0,5% – 0,6%, com um pagamento trimestral de cerca de 0,24$ por ação na data de publicação deste artigo.

dividendos Apple

Calendário de dividendos da Apple 2024

Vejamos agora as datas estimadas em que a Apple distribuirá dividendos :

  • 1º trimestre de 2024:
    • Data ex-dividendo: 09 de fevereiro
    • Data de pagamento: 15 de fevereiro
    • Quantia: 0,24$/ação
  • 2º trimestre de 2024:
    • Data ex-dividendo: 10 de maio
    • Data de pagamento: 16 de maio
    • Quantia: 0,24$/ação (estimado)
  • 3º trimestre de 2024:
    • Data ex-dividendo: 01 de agosto
    • Data de pagamento: 12 de agosto
    • Quantia: 0,24$/ação (estimado)
  • 4º trimestre de 2024:
    • Data ex-dividendo: 11 de novembro
    • Data de pagamento: 14 de novembro
    • Quantia: 0,24$/ação (estimado)

Por que investir na Apple?

Vejamos algumas das razões pelas quais, em 2024, a Apple continua a ser uma opção de investimento interessante a considerar.

Warren Buffet tem quase metade do seu portefólio na Apple

Provavelmente conheces Warren Buffet, “O oráculo de Omaha”. O seu histórico é dos melhores da história, com uma rentabilidade anual superior a 20% durante mais de 50 anos. Dentro do seu portfólio cotado, a Apple representa mais de 50%, o que nos mostra a importância (e, consequentemente, a boa avaliação) que este lendário investidor dá às ações da empresa da maçã.

Porcentagem da Apple no portefólio de Warren Buffett | Fonte: Dataroma

Porcentagem da Apple no portfólio de Warren Buffett | Fonte: Dataroma

Contratempo na China – Oportunidade de compra?

Isto pode ser visto como uma oportunidade ou um risco. A verdade é que a Apple registou uma queda nas vendas esperadas no mercado chinês, um mercado crucial, com a consequente queda na bolsa, que chegou a ser de 4% numa única sessão.

A isso, somam-se todas as tensões comerciais e geopolíticas entre os Estados Unidos e a China, que, juntamente com uma concorrência crescente, poderiam limitar o desempenho das suas ações a curto prazo ou manter a empresa num intervalo lateral temporariamente, o que poderia ser uma janela temporal perfeita para acumular posições a curto e médio prazo.

O S&P 500 comporta-se como a Apple

Alguns investidores podem argumentar que a Apple é um dos motores do S&P 500, e como veremos mais adiante neste artigo, atualmente (e há já alguns anos) são poucas as empresas que têm um desempenho espetacular, muito acima do resto, e lideram o S&P 500, tendo o restante das empresas do índice um desempenho que deixa muito a desejar em comparação.

Por isso, alguns investidores podem preferir escolher a Apple e o resto deste grupo de elite em vez de optarem pelo S&P 500 para uma maior diversificação, com os riscos que isso implica; o fato de ter sido assim nos últimos anos não significa que vá continuar a acontecer para sempre; é necessário fazer uma análise profunda e periódica da Apple, das restantes ações e dos seus resultados (assim como os da concorrência e/ou outras ações fortes do índice) para detetar possíveis mudanças de tendência.

É uma das maiores empresas do mundo

A Apple tem sido recentemente e por muito tempo a empresa com maior capitalização de mercado do mundo; ou seja, a empresa mais valiosa do planeta. É verdade que recentemente a Microsoft conseguiu tirar-lhe o trono em alguns momentos e por uma pequena diferença, mas ainda assim continua sem dúvida no pódio das maiores empresas do mundo, competindo pela primeira posição.

apple É uma das maiores empresas do mundo

Não em vão, e devido ao seu tamanho, é considerada uma das 7 maravilhas da bolsa. De fato, desde o início de 2024, a Apple é a segunda maior empresa do mundo, apenas atrás da Microsoft Corporation, ação que, se estiver interessado em estudar em detalhe, deixo aqui o correspondente artigo: Como comprar ações da Microsoft?

A Apple está presente em múltiplas linhas de negócios de sucesso

Não é apenas o iPhone que levou a Apple a ser considerada a empresa mais valiosa do mundo; outros dos seus produtos estrela como o Mac, o Apple Watch, os AirPods ou o iPad, continuam ganhando adeptos e fãs em todo o mundo. Muitos desses dispositivos já fazem parte do dia a dia de muitas pessoas; a Apple tornou-se um companheiro inseparável para uma boa parte da sociedade a nível mundial.

Apple e sua recompra de ações

A Apple tem se destacado entre outras empresas tecnológicas pela sua política de recompra de ações. Isso significa que, quando a empresa compra parte das ações em circulação e as cancela, os lucros obtidos são distribuídos entre um menor número de acionistas. Para ver melhor, imaginemos que a nossa fatia do bolo de lucros da Apple vai aumentando à medida que a companhia vai recomprando parte do seu capital.

apple recompra ações

Desta forma, a empresa da maçã começou a recomprar ações no início de 2013 e nunca cessou de aplicar tal política. Nos últimos 10 anos, o número de ações da Apple diminuiu quase 40%. Um bem cada vez mais escasso, que, ligado ao constante aumento das receitas dos dispositivos da Apple, faz com que suas ações continuem a crescer, ou aguentem bem as embestidas quando vêm fortes golpes nos índices tecnológicos.

Inovação e marketing constantes

A Apple destaca-se pela sua constante inovação nos seus produtos, e pelo bom marketing que faz deles com um estilo de publicidade elegante, sofisticado, e posicionado nos melhores lugares de maneira estratégica. Quanto à sua inovação, tem sido constante ao longo de toda a história da companhia; sem ir mais longe, o último exemplo são os seus novos óculos de realidade aumentada, os quais estão revolucionando as redes sociais com vídeos de pessoas utilizando-os em público e com aplicações muito chamativas ao redor do mundo, o que tem chamado muito a atenção da sociedade em geral devido à disrupção causada pelo produto.

óculos realidade aumentada Apple

Split de ações 1:4 da Apple

A Apple tem realizado vários splits de ações ao longo dos anos; quando o preço de sua ação chegava a um valor muito alto, dividia cada uma delas em um número maior, para facilitar a compra e a liquidez no mercado.

No ano de 2020, durante o auge da pandemia de Covid, a Apple dividiu cada uma de suas ações em quatro (Split 1:4). Então, uma ação da empresa era cotada perto dos 500 dólares; portanto, posteriormente, o preço de uma ação ficava em torno dos 125 dólares. Para os acionistas, os splits não representam uma perda ou ganho de capital, já que se recebe o mesmo valor em mais ações. Este tipo de ação só influencia para facilitar a negociação e a liquidez.

Ações Apple | Opiniões 2024

É extremamente difícil encontrar opiniões negativas sobre a Apple, objetivamente uma das empresas mais poderosas, eficientes e inovadoras da atualidade e da história. No máximo, alguns investidores mais dinâmicos e que buscam altas rentabilidades podem argumentar que “o trem da Apple já passou” porque a empresa já é grande e já alcançou sucesso há muito tempo, e que podem existir oportunidades que se valorizem em uma porcentagem maior; no entanto, essas oportunidades são muito difíceis de encontrar e certamente virão com um risco maior, equilibrando assim a balança.

E é que a Apple demonstrou sua capacidade visionária, de inovação, criação de novas tendências e adaptação às mesmas durante décadas; por isso, o mercado em geral reconhece isso investindo massivamente nas ações da empresa, o que a torna uma das empresas líderes e com maior capitalização de mercado do mundo (às vezes, a líder do ranking).

Não é por acaso e como vimos, Warren Buffett, provavelmente o investidor mais talentoso e lendário da história, possui a maior posição de sua carteira na Apple (e com uma grande diferença sobre a segunda), e que além disso sua investimento tem sido um sucesso retumbante por tanto tempo, torna muito difícil para os poucos investidores que argumentam contra a Apple ter credibilidade em seus argumentos.

Por último, vejamos o que os analistas mais experientes pensam sobre o preço das ações da Apple agora:

tendências de recomendação - apple

É notável como, apesar de tudo, ainda existe otimismo por parte da comunidade investidora, e especialmente dos analistas, em relação à posição da Apple no mercado, mas tudo seja dito, com certa cautela, pois alguns especialistas já começam a recomendar a ideia de nem comprar, nem vender, apenas manter.

E é que deve-se ter cuidado, porque como podemos observar de uma simples olhada, as previsões de receitas, lucros e vendas da Apple para os próximos trimestres não parecem boas. Embora seja muito notável que a empresa localizada em Cupertino ultimamente tende a superar as expectativas.

ganhos apple

Concluímos que talvez seja um bom momento para acumular posições no portefólio, aproveitando a ideia de que talvez, a companhia da maçã, entre em uma fase de lateralidade, e com isso, de certa estabilidade de preços.

Comprar ações do resto das 7 Magníficas

Se você já tem a Apple em sua carteira, talvez também ache atraente a ideia de comprar as “Magnificent 7”. O grupo consiste nas seguintes 7 empresas:

  • Apple
  • Microsoft
  • Alphabet (Google)
  • Meta Platforms
  • Amazon
  • Nvidia
  • Tesla

Sem dúvida, são essas ações que movem os principais índices como o Nasdaq ou o SP500; por isso, nos últimos anos, as comparações das Magnificent 7 versus o S&P 500 e até mesmo o NASDAQ se popularizaram muito, com este seleto grupo ganhando de longe como vemos no seguinte gráfico:

Magnificient 7”

Além disso, deixo com os seguintes artigos explicativos para que possa se familiarizar com o passo a passo:

Disclaimer:

Freedom24: os investimentos em valores mobiliários e outros instrumentos financeiros sempre envolvem o risco de perda do seu capital. As previsões e o desempenho passado não são indicadores fiáveis do desempenho futuro. É fundamental fazer a sua própria análise antes de fazer qualquer investimento. Se é necessário, deve procurar cuidadosamente o aconselhamento de investimento independente de um profissional certificado.

Interactive Brokers: Investir em produtos financeiros implica correr riscos.
Os seus investimentos podem aumentar ou diminuir de valor, e as perdas podem exceder o valor do seu investimento inicial.

RANKIA PORTUGAL: Este artigo é meramente informativo e educacional. As informações fornecidas aqui não podem ser consideradas como aconselhamento financeiro ou recomendação de compra / venda.

XTB:Os CFD são instrumentos complexos e apresentam um risco elevado de perda rápida de dinheiro devido à alavancagem. 76-85% das contas de pequenos investidores perdem dinheiro quando negoceiam CFDs com este fornecedor. Deve considerar se compreende o funcionamento dos CFD e se pode correr o risco elevado de perder o seu dinheiro.

Ler mais tarde - Preencha o formulário para guardar o artigo como PDF
XTB
Descubra como funciona a corretora XTB 👇:
  • Variedade de produtos: Ações e ETFs, CFDs sobre: Forex, Matérias-Primas, Criptomoedas, Índices, Ações e ETFs
  • Comissões 0%: ações e ETFs com 0% de comissões para volumes até 100.000€.
  • Planos de investimento: por criar planos de poupança personalizados com até 9 ETFs
  • Pagamentos de juros: pode receber juros sobre fundos não investidos até 4,2% ao ano.

Artigos Relacionados