Recompra de ações: como funciona?

Recompra de ações: como funciona?

Como funciona a recompra de ações? Quando se trata de determinar o que fazer com o dinheiro em excesso, as empresas  Um das mais valiosas para os acionistas é a recompra de ações, um programa através do qual as empresas decidem retirar parte das suas próprias ações do mercado. Seja através do mercado, ou com uma oferta.

Por que  uma empresa faz recompra de ações?

As principais razões que podem levar uma empresa a recomprar as suas próprias ações são:

  • Não tem melhores oportunidades de investimento dentro da empresa. Os novos projectos já estão cobertos e não prevêem novas necessidades de dinheiro.
  • Confia na evolução e desenvolvimento da empresa. Se pensassem que a empresa ia correr mal, não investiriam, e mais informação do que os gestores da empresa sobre as perspectivas de crescimento ou o nível de lucros que realmente não esperam que ninguém tenha.
  • Consideram a melhor alternativa de investimento. Acima de depósitos, fundos, obrigações ou outras empresas.
  • Compreendem que a empresa é barata, em relação aos lucros gerados, e ao seu preço cotado.
  • Criam mais valor para o acionista. Ao obter o mesmo lucro para um número menor de ações, obteremos um BPA mais elevado, gerando um rendimento de dividendos mais elevado, mantendo o mesmo pagamento.

Que consequências terá sobre o valor da ação?

Normalmente, a recompra de ações implica a um aumento de valor. Como há mais procura no mercado, o preço das ações tenderá a subir, e a confiança gerada na empresa pelos seus gestores é geralmente entendida como uma coisa positiva. Embora dependa do setor em que opera, se estamos a falar de um setor em crescimento e a empresa não tem oportunidades de investimento, o acionista irá valorizá-lo negativamente a longo prazo, já que deveria estar aumentando o seu valor, realizando projectos com valores VAL positivos.

Se quer aprender mais sobre Bolsa, pode fazer download do nosso manual gratuito

manual bolsa

1+

Sobre o autor

Rankia

Responder a este tópico

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *