Transferências imediatas, que bancos lhes ofrecem? - Rankia Portugal
Entrar Criar conta
Acesso
Entrar em Rankia

Bem-vindo à sua comunidade financeira

Informe-se, debata, compartilhe experiências; aprenda sobre como economizar e investir. Faz parte da maior comunidade financeira, já somos mais de 750.000 desde 2003. Você se inscreve?

Transferências imediatas, que bancos lhes ofrecem?

Subscrever Agora

Selecione os temas que lhe interessa e personalize a sua experiência no Rankia

Enviaremos uma Newsletter cada quinze dias com as novidades de cada categoría que escolheu


Quer receber notificações dos nossos eventos/webinars?


bancos que oferecem transferências imediadas

Um número crescente de bancos adaptou-se para oferecer transferências imediatas, tanto domésticas como dentro da zona euro. É verdade que nem todos os bancos os oferecem actualmente e, além disso, há alguns bancos que nos vão cobrar uma taxa para o fazer. Vejamos com mais detalhe quais os bancos que oferecem transferências imediatas e quanto nos podem cobrar por elas.

O que são transferências imediatas

As transferências bancárias demoram, entre instituições bancárias diferentes, até 24 horas do dia útil seguinte. No entanto, por vezes, devido a contratempos inesperados, podem ir até 3 dias. No entanto, existem muitas situações em que não podemos esperar tanto tempo. É por isso que os bancos criaram as transferências instantâneas que, como o próprio nome indica, disponibilizam o dinheiro na conta de terceiros de forma praticamente imediata.

Todas as instituições bancárias em Portugal já disponibilizam este tipo de transferências, até porque esta é uma importante fonte de receita. É que, ao contrário das transferências tradicionais, este é um procedimento pago. Cada banco tem as suas próprias taxas, que podem variar entre os meros 0,50 euros e os 5,25 euros. No entanto, o Governo prepara-se para regulamentar este custo, para combater a especulação e os preços abusivos praticados por algumas instituições.

Características das transferências instantâneas

Como o próprio nome indica, as transferências imediatas disponibilizam o dinheiro transferido entre duas contas de forma quase imediata, num período de tempo máximo de 10 segundos. É bastante cómodo e prático para o consumidor e, por vezes, é mesmo fundamental. E as entidades bancárias têm sabido aproveitar-se disso mesmo. 

As transferências instantâneas podem ser feitas em qualquer local e a qualquer hora do dia, com recurso às aplicações ou ao home banking dos bancos. Estão limitadas, no entanto, a transferências nacionais, se bem que as entidades responsáveis estão em negociações para as implementar dentro do espaço europeu. Além disso, este tipo de transferências monetárias estão igualmente limitadas a um valor máximo de 15 mil euros.

Quais os bancos que permitem transferências imediatas?

Devido à popularidade que este tipo de transferência monetária teve junto da população, j´todos os bancos em Portugal aderiram a este tipo de solução. Para isso, basta utilizar a sua aplicação respectiva ou o seu site. As soluções de home banking são cada vez mais intuitivas e fáceis de utilizar, até por quem não está habituado a recorrer a este tipo de ferramentas digitais.

Quanto os bancos cobram por transferências imediatas?

A facilidade e a rapidez das transferências bancárias fizeram com que a sua popularidade crescesse de forma brutal em muito pouco tempo. Os bancos e as entidades financeiras começaram rapidamente a aproveitarem-se disso, até porque são um procedimento que ainda não está regulamentado pelo sector. Por isso, é normal encontrarem-se taxas muito distintas cobradas por diferentes bancos em Portugal.

Praticamente todas as entidades bancárias a operar em território nacional já disponibilizam este tipo de transferências instantâneas. Contudo, as taxas cobradas são bem diferentes e variam entre os meros 0,50 cêntimos e os 5,25 euros. Além disso, alguns bancos oferecem este tipo de transferências quando são feitas entre contas da mesma instituição, cobrando quando são feitas para outras contas. Actualmente, depois das acusações de algumas taxas abusivas cobradas, o sector prepara-se para regulamentar este tipo de operação.

Por exemplo, o Openbank oferece a Conta Corrente Open, que proporciona transferências imediatas. Além disso, tem agora uma promoção com a qual pode ganhar 40 euros em dinheiro até 17 de Dezembro.

O custo das transferências pode ser eliminado?

Actualmente, existe a possibilidade muito séria das transferências imediatas virem a ser abolidas de qualquer taxa inerente. Tudo porque o objectivo, de quando foram criadas, ser precisamente o de fugir a possíveis encargos bancários. Contudo, as entidades financeiras rapidamente procuraram tirar vantagem desse novo tipo de operações.

Os partidos à esquerda juntaram-se então com um projecto-lei que pretende limitar as taxas cobradas pelos bancos, pelo menos quando estas não são feitas ao balcão da instituição. Além disso, estas transferências deverão ter um limite, a partir do qual serão taxadas. A proposta de lei está em estudo e deverá ir a votos no Parlamento muito em breve, podendo entrar em vigor num futuro próximo.

Artigos Relacionados

Deixar uma Resposta

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments