Entrar Criar conta
Acesso
Entrar em Rankia

Bem-vindo à sua comunidade financeira

Informe-se, debata, compartilhe experiências; aprenda sobre como economizar e investir. Faz parte da maior comunidade financeira, já somos mais de 750.000 desde 2003. Você se inscreve?

Alavancagem financeira: o que é e como funciona

Subscrever Newsletter

Selecione os temas que lhe interessa e personalize a sua experiência no Rankia

Enviaremos uma Newsletter cada quinze dias com as novidades de cada categoría que escolheu


Quer receber notificações dos nossos eventos/webinars?


O termo Alavancagem Financeira é um dos termos mais ouvidos no mundo do investimento. E como sabemos que muitas pessoas têm dúvidas a esse respeito, decidimos criar este artigo, onde explicaremos o que é, classificações e como calculá-lo.

O que é a alavancagem financeira e como funciona?

A alavancagem financeira consiste em utilizar o endividamento para financiar qualquer operação. Por outras palavras, quando realizaremos uma operação, investimos o nosso dinheiro, para além do montante que recebemos através de um crédito. De tal forma que seja estabelecida uma proporção entre o capital investido e o empréstimo ou crédito. O resultado desta operação, se correr bem, é a multiplicação dos lucros com uma excelente rentabilidade, de acordo com a proporção de alavancagem.

O principal mecanismo de alavancagem é através da dívida, o que nos permite investir mais dinheiro do que temos graças ao que nos foi emprestado (em troca de juros). No entanto, a dívida não é o único instrumento através do qual se pode obter alavancagem financeira, mas existem muitos instrumentos financeiros (especialmente derivados como futuros ou CFDs) em que é necessário deixar uma garantia do montante total investido. Além disso, com opções financeiras, ao comprarmos um direito sobre um activo subjacente, que normalmente tem um preço muito superior ao prémio, é gerado um efeito de alavanca.

Por outras palavras, com alavancagem financeira, investe-se mais dinheiro do que se tem realmente disponível. Desta forma, as pessoas podem obter mais lucros (ou mais perdas) do que se tivessem investido apenas o capital disponível. Assim, uma transacção alavancada (com dívida) tem um retorno mais elevado em relação ao capital investido.

Classificação da Alavancagem Financeira

A alavancagem financeira pode ter 3 resultados possíveis:

Alavancagem financeira positiva

Isto é quando o retorno do investimento é superior ao custo da dívida incorrida. Por exemplo, se for feito um empréstimo de 10.000 a uma taxa de juro anual de 10%, pagando 1.000 de juros, com a compra de acções de investimento de uma empresa, o que no ano dará um retorno de 1.500; o retorno é positivo, uma vez que foram obtidos 1.500, dos quais 1.000 foram pagos como custo do empréstimo, resultando num retorno líquido positivo de 500.

Alavancagem financeira negativa

Isto é gerado quando o retorno dos investimentos feitos com a dívida é inferior ao custo da dívida. Por outras palavras, a alavancagem financeira negativa ocorre quando a taxa de retorno sobre os activos é inferior à taxa de juro paga sobre os passivos.

Alavancagem financeira neutra

A alavancagem financeira neutra ocorre quando o que foi ganho com os investimentos financiados é igual ao que foi pago pelas responsabilidades que financiaram os investimentos (sem ganho ou perda).

Leia ainda: “Alavancagem financeira e operacional: qual a diferença?”

Como a alavancagem financeira é calculada

O grau de alavancagem é geralmente medido em unidades fracionarias. Uma alavancagem de 1: 2, por exemplo, significa que, para cada euro investido, dois euros estão a ser investidos, ou seja, a dívida também é de um euro. Alavancagem 1: 3 é que para cada euro investido há dois euros de dívida.

Portanto, a fórmula para calcular a alavancagem financeira de uma operação será:

Alavancagem Financeira = 1 : (Valor do investimento / capital próprio investido)

Por exemplo, se investimos 1.000 euros do nosso próprio dinheiro, mas o valor do nosso investimento (seja porque estamos usando dívida ou produtos derivados) é de 10.000 euros. A alavancagem será de 1:10

Alavancagem Financeira = 1 : (10 000/1 000) = 1:10

Quando a alavancagem financeira é o resultado da dívida, essa outra fórmula é normalmente usada para calcular o percentual de alavancagem que usamos:

Alavancagem Financeira = Divida / Total os ativos investidos

Todos os investidores devem diversificar o seu portfólio em diferentes produtos . Dependendo do nosso nível de aversão ao risco, alocaremos uma percentagem maior ou menor dos mesmos para os produtos que podem nos fornecer maiores benefícios, sabendo que, com isso, assumiremos um nível mais alto de risco. As posições de risco mais altas não devem exceder 10% a 15% da nossa carteira total.

Para essa parte do bolo, poderíamos usar produtos alavancados, com os quais teríamos mais exposição no mercado do que teríamos investido em dinheiro com outros tipos de produtos.

Quais são as contas do mercado de ações a crédito?

As contas de crédito são contas que nos permitem realizar transações de compra e venda de títulos reais em mercados organizados , com a diferença de que numa conta de bolsa ordinária o investidor deve desembolsar todo o capital da operação e numa conta de crédito apenas uma parte deve ser desembolsada (o restante da operação é um empréstimo da instituição financeira). Ou seja, essas contas aumentam o seu poder de investimento, já que pode fazer um investimento maior do que se usasse apenas o capital pago por si. Tem que considerar que essas contas têm um risco maior, porque ao negociar com alavancagem as quedas no preço são mais amplas e pode até perder mais do que investiu.

Alavancagem financeira: vantagens e desvantagens

Vantagens

  • Multiplica o poder de investimento da sua carteira, pelo que é preciso um menor investimento;
  • Dá para ganhar com a subida ou com a descida. Podemos fazer posições longas se a nossa expetativa será de bull market, ou fazer posições curtas se tivermos num bear market;
  • Sem limitais mínimos e máximos;
  • Sem custos de crédito nem garantias. A única garantia é a sua carteira de investimentos;
  • Se a carteira de investimentos valoriza, aumentará a capacidade ou venda para realizar novos investimentos;

Desvantagens

  • O mercado está sujeito a variações constantes, na qual podem gerar algumas perdas. Se estamos alavancados a perda poderá ser significativa;
  • Em algumas contas de investimento, se houver perdas, as perdas podem ser superiores ao valor investido. No geral o que acontece é quando a sua conta ronda um nível baixo começa a fechar as posições mais negativas.
  • Em alguns ativos, poderá ser cobrado juros de investimento.

O investimento alavancado pode ser uma ferramenta para melhorar os resultados dos nossos investimentos , tanto bons quanto maus retornos . Nesse sentido, devemos estar cientes que o perfil do investidor é fundamental.  No entanto, um dos principais problemas de alavancagem de investimento é a falta de conhecimento sobre veículos de investimento que permitem a fazer tais investimentos, por isso, conhecer essas ferramentas, operações e produtos connosco, podemos fazer essas estratégias nos permitirá a desenvolver uma estratégia própria de investimento para atingir os objectivos a que nos propusemos nos nossos investimentos.

Quem usa produtos alavancados no trading?

Aqueles que utilizam produtos alavancados no trading são investidores e os próprios traders para aumentar a sua exposição a vários mercados. Isto permite-lhes manter mais liquidez nas suas carteiras para colocar noutros investimentos, para que o seu capital seja mais diversificado do que se tivessem adquirido fisicamente os activos. Além disso, a alavancagem pode ser usada na maioria dos mercados tais como ações, forex, mercadorias, índices, obrigações, ETPs e muito mais.

As empresas também usam alavancagem para investir activos dos quais podem obter um retorno relativamente elevado. Uma estratégia empresarial popular é usar a dívida para financiar activos, pois as empresas acreditam que podem ganhar mais com estes investimentos do que os juros que têm de pagar sobre a sua dívida.

Como conclusão, pode-se dizer que saber como calcular “alavancagem” é importante, porque a alavancagem real usada numa negociação não é necessariamente a alavancagem máxima oferecida pela “Corretora”. Na verdade, a Corretora é necessário para aceder aos mercados financeiros onde são necessárias grandes quantidades de capital.

No entanto, quando se trata de gerir o risco de perda, é o cálculo da alavancagem real que conta, quanto maior for a alavancagem, mais arriscada é a troca. No entanto, se usar a “Alavancagem Financeira” o risco deve ser gerido adequadamente usando o “Stop Loss e calculando a perda máxima para um determinado tamanho da posição ou para um determinado nível de “Alavancagem Actual”.

Ler mais tarde - Preencha o formulário para guardar o artigo como PDF
Consent(Obrigatório)

Artigos Relacionados

Na bolsa de valores existem muitos índices. Um desses índices utilizado por investidores é o STOXX 600. Não é tão conhecido como o Nasdaq ou NYSE, mas, é importante entender o que é e como funciona. Neste ar...

Deixar uma Resposta

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments