Entrar Criar conta
Acesso
Entrar em Rankia

Bem-vindo à sua comunidade financeira

Informe-se, debata, compartilhe experiências; aprenda sobre como economizar e investir. Faz parte da maior comunidade financeira, já somos mais de 750.000 desde 2003. Você se inscreve?

5 Estratégias de ETFs para principiantes

Subscrever Newsletter

Selecione os temas que lhe interessa e personalize a sua experiência no Rankia

Enviaremos uma Newsletter cada quinze dias com as novidades de cada categoría que escolheu


Quer receber notificações dos nossos eventos/webinars?


A flexibilidade dos ETFs permite-lhe implementar a estratégia que preferir. Aqui estão 5 estratégias de ETFs para principiantes.

O que é um ETF

Um ETF é um fundo que detém múltiplos ativos em vez de uma única ação. Os ativos podem incluir ações, obrigações ou mercadorias. Por outras palavras, um ETF, detendo tantos ativos diferentes, torna-se uma excelente forma de um investidor diversificar a sua carteira de investimentos.

5 Estratégias de ETFs para principiantes

Estratégia Buy and Sell

Conhecida como “Buy and Hold”, esta é a estratégia mais simples baseada na manutenção dos seus investimentos ao longo do tempo através das várias fases do mercado. É recomendada por Warren Buffett e John Bogle.

Estratégia Core – Satélite

Baseia-se num núcleo diversificado de ações e obrigações, permitindo incursões ativas em nichos de mercado (satélites) que poderiam facilitar retornos mais elevados. É uma das melhores estratégias que consiste num núcleo sólido de ações e obrigações. Um elemento formado da mesma forma que uma estratégia de buy and hold e representa 80% do portfólio.

Os satélites, por outro lado, concentram-se nas oportunidades disponíveis nos mercados de nicho mais interessantes.

É ideal se estiver interessado em desempenhar um papel ativo na gestão de portfólios, mas não quer desviar-se da base principal.

Descubra o nosso e-book gratuito de ETFs 

A estratégia de Trend-following

Utiliza sinais de compra ou regras baseadas em dados para determinar se compra ou vende no mercado durante um determinado período. Esta estratégia permite-lhe superar o mercado ao longo do tempo, utilizando sinais de trading para prever se deve vender ou comprar.

Por exemplo, alguns sinais de tendência utilizam a média de 200 dias do preço de um índice. Neste caso, se o nível de preço do índice for superior à média de 200 dias, pode aumentar a compra do índice (por exemplo, FTSE 100 ou S&P 500). No entanto, se este índice ficar abaixo da média de 200 dias, pode vender as ações e comprar ativos mais seguros, como dinheiro.

Combinação de estratégias de portfólio

Muitos investidores gostam de combinar ideias para criar a sua própria estratégia feita à medida. Por exemplo:

  • Desenvolver um portfólio Core-Satellite expandindo-se a partir de um portfólio “Buy and Hold”.
  • Alterar entre satélites usando uma regra de tendência preferida.
  • Ter um modelo de sinal acima do “Buy and Hold” para ser capaz de converter certas ações em dinheiro em circunstâncias extremas.

Leia ainda: “Como escolher um ETF?”.

Outras Estratégias de ETFs para principiantes

Estratégias recomendadas por especialistas em ETFs

No entanto, alguns especialistas recomendam as seguintes estratégias:

Gestão passiva no índice S&P500

Investir 100% do capital no índice S&P500, como disse Warren Buffett (A SPY devolveu 10,04%).

  • Replicar o portfólio de investidores famosos.
  • Traçar os sectores do ciclo empresarial, recomenda-se ser um especialista e conhecer com profundidade temas como ciclo de negócios, ciclo bolsista, política monetária, fiscal e relação entre sectores. Para tal, recomenda-se dividir o investimento dos ETFs em dois sectores:
    • Investimentos no sector tecnológico: bom desempenho com baixas taxas de juro e uma economia estável e em crescimento. (60%).
    • Sector complementar ao primeiro sector, como os cuidados de saúde, os serviços públicos e a bens de consumo discricionais (40%).

Critérios a ter em conta nesta estratégia:

  • Período de ano para ano (analisar nesses períodos as crises financeiras invocadas).
  • Reequilíbrio anual
  • Reinvestimento de dividendos
  • Sem contribuição e retirada.
  • 22 anos de dados históricos.

Estratégia: Investir na NASDAQ

Por exemplo, escolha o QQQQ ETF (retorno anual de 6,75% nos últimos 21 anos) que acompanha este índice, tendo em conta estes critérios:

  • Período de ano para ano (analisa as crises financeiras que ocorreram nestes períodos).
  • Reequilíbrio anual.
  • Reinvestimento de dividendos.
  • Sem contribuição e retirada.
  • 21 anos de dados históricos (por exemplo, o ano 2000 para este ETF).

Dinâmica situacional (estratégia para especialistas em investimento)

Baseado numa pirâmide com vários níveis:

  • Notícias: expectativas que movem o mercado.
  • Fundamental
  • Economia (dados macro): análise do ciclo económico, TI, inflação, PIB, emprego, entre outros.

Por último, deve saber que existem outras estratégias da ETF, mas não são recomendadas para investidores que não têm compromissos significativos, dados financeiros de alta qualidade e ferramentas de cálculo poderosas. Um exemplo é o método “Value at Risk” (VAR), que representa uma estratégia de investimento muito complexa a seguir.

Ler mais tarde - Preencha o formulário para guardar o artigo como PDF
Consent(Obrigatório)

Artigos Relacionados

Os ETFs são hoje um dos produtos financeiros mais populares, pois oferecem aos investidores a possibilidade de concentrar o seu investimento numa classe de ativos, uma área geográfica ou um sector. Neste art...

Deixar uma Resposta

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments