Criptomoedas: o que são? - Rankia Portugal
Entrar Criar conta
Acesso
Entrar em Rankia

Bem-vindo à sua comunidade financeira

Informe-se, debata, compartilhe experiências; aprenda sobre como economizar e investir. Faz parte da maior comunidade financeira, já somos mais de 750.000 desde 2003. Você se inscreve?

Criptomoedas: o que são?

Subscrever Agora

Selecione os temas que lhe interessa e personalize a sua experiência no Rankia

Enviaremos uma Newsletter cada quinze dias com as novidades de cada categoría que escolheu


Quer receber notificações dos nossos eventos/webinars?


As criptomoedas são uma moeda digital, é um meio digital de intercâmbio que nasceu em 2009 pela mão do criador ou criadores da moeda digital mais amplamente utilizada, o bitcoin, que usava o pseudônimo Satoshi Nakamoto.

O que são criptomoedas?

As criptomoedas são o dinheiro do futuro, um dinheiro digital onde, em vez de depender de um sistema centralizado, é utilizado um sistema “peer-to-peer”, com milhares de nós anónimos que verificam a transacção, evitando assim 90% do custo e aumentando a velocidade das operações,  com capacidade para realizar transacções em segundos, seja quem for o destinatário e independentemente da sua localização.
independentemente da localização do destinatário.

Actualmente, o mercado das criptomoedas tem um capital total de mais de 93 mil milhões de dólares com uma média de 1,8 mil milhões de transacções por dia  marcadas por um crescimento exponencial nos últimos anos.

A sua utilização pode ser puramente económica, como se fossem euros ou qualquer outra moeda fiat, por exemplo Bitcoin ou Ether, podem ter uma aplicação como investimento numa empresa ou projecto, onde a moeda aprecia ou desvaloriza em função do capital total que suporta o projecto, dependendo do capital total que apoia o projecto, a sua oferta inicial de moedas chama-se ICO e existem actualmente cerca de 800 moedas criptográficas diferentes onde a predominância do bitcoin sobre o resto é de cerca de 40%. Noutros casos, as criptomoedas podem ser utilizadas para uma mera troca de bens e serviços, como uma “permuta” digital.

As principais características diferenciadoras das moedas digitais relativamente às moedas convencionais são:

  • As moedas digitais não têm uma representação física, é puramente eletrónica
  • Não tem o apoio de nenhum governo, o controlo da moeda reside nos próprios portadores da mesma, então o preço de moedas digitais está totalmente determinado pela lei da oferta e da procura, se as pessoas começam a exigir mais unidades de uma certa moeda digital o seu valor irá aumentar
  • Não é falsificável. ao ser uma moeda eletrónica o programador elege o número de moedas que quer colocar em circulação.

Porque o aumento das criptomoedas?

O boom deve-se ao facto de que as pessoas não querem longos tempos de espera, nem querem pagar comissões elevadas, estamos numa sociedade em que queremos tudo agora e o mais barato possível.  E com a tecnologia Blockchain isto é possível.

Além disso, a outra grande vantagem é que permitem a distribuição de “dividendos” de uma empresa de uma forma muito simples e equitativa, de acordo com o número de
equitativamente de acordo com o número de fichas (moedas criptográficas) detidas para um projecto. Além disso, as pessoas estão também a tirar partido delas como um investimento futuro ou “porto seguro” porque o crescimento do mercado, a tendência, é sustentado e em alta.

A Bitcoin foi a primeira criptomoeda considerada como tal, após várias tentativas falhadas nos anos 90, Satoshi Nakamoto, em Janeiro de 2009, anunciou a criação da Bitcoin e, desde então, passou de valer cêntimos de dólar para os cerca de 2.500 dólares que vale hoje. O objectivo do Bitcoin é inteiramente económico e transaccional, esperando-se um crescimento significativo nos próximos anos, com uma estimativa de 10.000 dólares até ao final do próximo ano.

Por outro lado, Ether, que trabalha na plataforma Ethereum, surgiu como uma melhoria na rede Bitcoin, onde as transacções são mais rápidas e está melhor adaptado para executar Contratos Inteligentes, contratos inteligentes que permitem à própria rede realizar transacções com a rede Bitcoin. A própria rede pode realizar operações se determinadas premissas forem cumpridas automaticamente.

Leia também: “Bitcoin e Ethereum: Quais são as diferenças“.

Cada vez mais moedas aparecerão com novos projectos. Um exemplo é o ReddCoin RDD, um projecto que integra uma plataforma de moeda digital transparente nas principais redes sociais para que o processo de envio e recepção de dinheiro seja simples e gratificante para os utilizadores.

Outra moeda recentemente emergente é a LBRY, que criou um mercado digital livre, aberto e gerido pela comunidade na Blockchain Mas, repito, existem 800 moedas digitais e cada uma tem a sua particularidade.

Que moedas digitais se podem encontrar no mercado?

Atualmente existem muitos tipos diferentes de moedas digitais do qual eu vou comentar sobre três.

Bitcoin

criptomoedas: Bitcoin

A Bitcoin nasceu em 2009 e é a moeda digital mais utilizada, com uma capitalização de mercado de 4,494,755,766 $, software criado por Nakamato usa criptografia para acionar elementos de segurança como as bitcoins que só podem ser usadas uma vez e somente pelo seu proprietário, o seu design permite transferências entre contas publicas totalmente anónima para além disso, é um sistema instantâneo monitorizado em tempo real. O valor de um bitcoin é de cerca de 264.39 euros, embora tenha chegado a valer mais de 800 euros, a cada 10 minutos, um bitcoin é criado com um limite de 21 milhões, há atualmente um total de 13,357,125 bitcoins em circulação.

Litecoin

A litecoin, como a bitcoin é outra moeda digital que permite pagamentos. Foi lançada em 7 de outubro de 2011, a moeda é apoiada pela rede P2P baseada num protocolo criptográfico de código aberto, cada litecoin esta fracionada por 100.000 unidades fracionadas em 8 decimais. Atualmente tem um valor aproximado de 3 euros a diferença do bitcoin é criada um litecoin a cada 2,5 minutos com um limite de 84 milhões, havendo atualmente 32715738 de litecoins em circulação.

Litecoin

Ripple

A Ripple é a segunda moeda digital com um nível de negociação de $ 138.748.359 depois do bitcoin. A Ripple é um sistema open source, não tem dono, o que implica que as transferências monetárias possam acontecer de um sistema para o outro e nunca solicita identificação pessoal. A moeda original do sistema Ripple é a XRP também chamada onda. A Ripple tem um valor aproximado de 0,0038 euros. Atualmente, existem 28989252282 XRP

criptomoedas: ripple

Se quer saber quais são as principais criptomoedas, leia o artigo “Principais criptomoedas 2021: Bitcoin, Ethereum, Tether…

Se quiser aprender mais sobre criptomoedas, pode fazer download do nosso manual de gratuitamente

Manual de Criptomoedas

Artigos Relacionados

O Proof-of-Work é o algoritmo baseado em blockchain que protege muitas criptomoedas, incluindo Bitcoin e Ethereum. Proof-of-Work  é o algoritmo que protege muitas criptomoedas, incluindo Bitcoin e Ethereum. ...
Proof-of-Stake (PoS) é outro mecanismo de consenso, o método pelo qual o blockchain confirma as transações e evita o ...

Deixar uma Resposta

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments