Os melhores fundos imobiliários em Portugal

fundos imobiliarios portugal

Neste artigo vamos falar dos melhores fundos imobiliários em Portugal. Um fundo de investimento imobiliário presume a captação de capital de vários investidores, gerido por especialistas, e aplicam em imóveis. Atualmente, a entidade competente pela sua supervisão é a CMVM. Os fundos de investimento imobiliário, adiante designados apenas por fundos de investimento, são instituições de investimento colectivo, cujo único objectivo consiste no investimento dos capitais obtidos junto dos investidores e cujo funcionamento se encontra sujeito a um princípio de repartição de riscos.

Os melhores fundos imbiliários em Portugal

Fundimo

Da Caixa Geral de Depósitos, O Fundo investe numa carteira diversificada de imóveis quer em termos de segmentos quer em termos de geografias, e realiza distribuições de rendimentos semestrais.

CA Património Crescente

O Fundo CA Património Crescente foi autorizado pelo Conselho Directivo da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários em 06 de Junho de 2005, tendo iniciado a sua actividade em 15 de Julho do mesmo ano.

Tendo como depositário e comercializador a Caixa Central de Crédito Agrícola Mútuo e actuando como agentes comercializadores toda a rede bancária do Crédito Agrícola, o Fundo CA Património Crescente é gerido pela Square ASSET MANAGEMENT – Sociedade Gestora de Fundos de Investimento Imobiliário, SA.

O Fundo CA Património Crescente completou no passado dia 15 de Julho de 2011 seis anos de actividade.

O Fundo tem sido, dentro do mercado dos Fundos de Investimento Imobiliário Abertos, um dos Fundos que obteve melhor desempenho, quer ao nível de aceitação pelo público traduzido num aumento sustentado do volume de subscrições, quer ao nível da rentabilidade.

Novimovest

Gerido pela Santander Asset Management, trata-se de um fundo de investimento imobiliário aberto de acumulação.

A carteira do Fundo poderá ser composta por prédios já construídos, constituídos ou não em regime de propriedade horizontal, todos inscritos no registo predial como fazendo parte do Fundo, em direito de propriedade de superfície ou outros direitos com conteúdo equivalente. A aquisição de imóveis para a carteira do Fundo terá por finalidade o arrendamento dos mesmos, ou outra forma de exploração onerosa, bem como a sua revenda.

Imofomento

Gerido pelo BPI, Destina-se a investidores que assumam uma perspectiva de valorização do seu capital no médio/longo prazo e, como tal, que estejam na disposição de imobilizar as suas poupanças por um período mínimo recomendado de 5 anos.

Valores e Investimentos Prediais – VIP

O Fundo VIP é um dos Fundos de Investimento Imobiliário (FII) mais antigos do mercado português, tendo sido criado em 1987. é gerido pela SILVIP – Sociedade Gestora de Fundos de Investimento Imobiliário S.A.

Trata-se de um FII aberto, denominado em Euros, que distribui rendimentos, embora não garantidos, aos seus participantes, de 3 em 3 meses, por crédito automático na conta, com activos de 332 milhões de euros e imóveis que somam 304.000m2 de área acima do solo, 35.000 m2 de área abaixo do solo e 222.500 m2 de área descoberta.

Fimes Oriente – fundos imobiliários

Ao contrario dos outros, é um Fundo fechado. O Fimes Oriente – fundo de investimento imobiliário fechado – foi constituido em 2004. Gerido pela sociedade Gestora a Gesfimo – Espírito Santo Irmãos, agora pertencente ao Grupo Novo banco, definiu que a duração de 10 anos mas decidiu prorrogar por períodos de mais 5 anos

Imonegócios

O Fundo Imonegócios, gerido pela imoFundos, realiza investimentos num conjunto diversificado de activos no mercado imobiliário, predominantemente na área do comércio e serviços. Privilegia aplicações em imóveis de rendimento, não excluindo a aquisição, em menor grau, de projectos de construção.

O Fundo adequa-se a Clientes de tolerância moderada ao risco, com expectativas de valorização do investimento numa perspectiva de médio e longo prazo. O período mínimo de investimento recomendado é de 1 ano.

AF Portfólio Imobiliário

AF Investimentos, gestora de fundos do Grupo Banco Comercial Português (BCP), realiza em Dezembro de 2000 o relançamento comercial do Fundo AF Portfólio Imobiliário, anunciou o banco em comunicado.

O fundo tem o seu capital distribuído por vários segmentos de mercado, como escritórios, lojas e armazéns, e por diferentes áreas geográficas.

Este activo é vocacionado para clientes institucionais e da rede de “private banking”.

NB Património

Gerido pela GNB Fundos Imobiliários, O Fundo investe em valores imobiliários, como por exemplo hotéis, terrenos, centros comerciais, escritórios, armazéns, habitações, agências bancárias e outros, liquidez e fundos de investimento imobiliário, decidindo a Sociedade Gestora, em cada momento, dentro dos limites exigidos por lei, qual a proporção ideal. O Fundo investe em valores imobiliários com a finalidade de compra e venda, desenvolvimento de projetos de construção e arrendamento. Os imóveis detidos pelo Fundo correspondem a prédios urbanos ou fracções autónomas e devem estar localizados em Estados-Membros da Comunidade Europeia, predominantemente em Portugal.

Fundo Investimento Imobiliário Fechado Amoreiras

Gerido pela GEF, É um organismo Investimento Coletivo na modalidade de Fundo de Investimento Imobiliário Fechado de Subscrição Particular. No final do exercício eram os seguintes os imóveis que integravam a carteira do Fundo de Investimento: Um Terreno sito no Quarteirão entre as Avenidas Conselheiro Fernando de Sousa, Rua Artilharia Um e Avenida Engenheiro Duarte Pacheco.

 

0

    Sobre o autor

    Rankia

    Responder a este tópico

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *