O que é o High Frequency Trading (HFT) e como afeta a bolsa - Rankia Portugal
Entrar Criar conta
Acesso
Entrar em Rankia

Bem-vindo à sua comunidade financeira

Informe-se, debata, compartilhe experiências; aprenda sobre como economizar e investir. Faz parte da maior comunidade financeira, já somos mais de 750.000 desde 2003. Você se inscreve?

O que é o High Frequency Trading (HFT) e como afeta a bolsa

Subscrever Agora

Selecione os temas que lhe interessa e personalize a sua experiência no Rankia

Enviaremos uma Newsletter cada quinze dias com as novidades de cada categoría que escolheu


Quer receber notificações dos nossos eventos/webinars?


O que é o High Frequency Trading (HFT) e como afeta a bolsa

High Frequency Trading (HFT) e uma estratégia de negociação muito popular no mercado financeiro que afeta muito as ações e o comportamento financeiro. Por esse motivo, vamos ver neste artigo tudo o que precisa saber sobre High Frequency Trading. Também trazemos exemplos e casos reais.

O que é High Frequency Trading (HFT)?

O High Frequency Trading (HFT) é um tipo de negociação realizada nos mercados financeiros usando computadores poderosos e algoritmos automatizados. A sua principal virtude é a velocidade de processamento, permitindo operações que duram frações de segundo. O seu objetivo é, portanto, captar, em curtíssimo prazo, uma fração de centimo em cada operação. HFT usa pouca alavancagem ( alavancagem ), nem acumula posições. No máximo, eles os mantêm de um dia para o outro.

Quando falamos de HFT, estamos falando de volatilidade e correlação global dos mercados . A última estimativa do volume de negócios prevê que as transações nas bolsas de HFT nos Estados Unidos representem cerca de 65% das operações, enquanto na Europa seja inferior (cerca de 40%).

Como funciona o High Frequency Trading?

A operação de um HFT é baseada em computadores que compram e vendem ações numa velocidade vertiginosa. Em alguns mercados como o Nasdaq, eles permitem que alguns negociantes vejam a pilha de pedidos 30 milissegundos antes de mostrá-la a outros. Isso permite que eles saibam qual será a maior procura imediata. Cada negociação HFT ganha alguns centimo, mas essa negociação é feita milhões de vezes por dia. Na imagem a seguir podemos observar uma das estratégias utilizadas pelas empresas de HFT:
High Frequency Trading

Outro exemplo de práticas realizadas por empresas que utilizam HFT seria o seguinte:

Vamos imaginar um ativo listado em diferentes bolsas (NYSE, Tourquoise e ChiX ). Quando a ChiX recebe uma ordem executada a um preço (e está incompleta), os algoritmos do HFT intuem que ela acabará concluindo a referida ordem em outra plataforma como Turquoise e / ou NYSE. É nesse momento que o HFT “atrapalha” ao antecipar a compra das ações em outra plataforma e colocar uma ordem de venda pouco antes de chegar a ordem inicial, que inevitavelmente comprará ao preço que o HFT ofereceu. O HFT tem uma diferença mínima.

Os HTFs têm a potência necessária para receber a ordem quando ela chega ao ChiX e transmiti-la aos demais mercados, fornecendo uma contrapartida à forte ordem de compra ou venda que sabem que chegará.

Para não serem prejudicados por essa operação, os grandes investidores procuram programar os seus sistemas de forma que as suas ordens cheguem ao mesmo tempo em todos os mercados, evitando que os HFTs beneficiem-se da latência das ordens.

Supõe-se que os HFTs só têm a informação da ordem quando ela chega a um mercado, caso contrário, estariam engajados numa prática ilegal denominada “front running”.

Algumas das estratégias mais seguidas ao operar com HFT

Como em qualquer estratégia de investimento, existem diferentes técnicas disponíveis para operar. E então veremos as três técnicas mais utilizadas no HFT

Estratégias para negociação com High Frequency Trading
Técnica de Saturação
Técnica de Interferência
Técnica de Engano

Técnica de saturação

Consiste em que uma série de empresas (HFT) detetam que o mercado vai receber uma ordem de compra de ativos de um investidor, em seguida, enviam uma avalanche de ordens para comprar os ativos a um determinado preço e então poder vendê-las alguns cêntimo acima antes que a ordem inicial de um investidor seja executada.

Dessa forma, só quem opera com mais rapidez poderá aproveitar essa diferença de preço. Ou seja, eles antecipam as ordens de mercado e as colocam a um preço um pouco mais alto.

Técnica de interferência

Consiste em enviar um pedido e no mesmo milissegundo eliminar este pedido. Desta forma, o mercado financeiro fica atordoado com ordens que raramente são executadas. Esta estratégia visa enganar os envolvidos.

Técnica de engano

Consiste em fingir que vai comprar ações, lançar ordens de mercado, mas a intenção final é vender (e vice-versa).

Diferença entre latência e velocidade em pedidos HTF

A velocidade é medida em espaço / tempo , enquanto a latência é o tempo que passa desde a transmissão da ordem até a sua execução. A latência leva em consideração os “semáforos”, os diversos intermediários pelos quais, passa a encomenda até chegar ao destino.

História do High Frequency Trading. Casos reais

Em 6 de maio de 2010, a Bolsa de Valores de Wall Street quebrou em alta velocidade, seguindo um padrão nunca visto antes . Pensou-se que este possível crash do mercado financeiro (flash crash) teve a sua origem na crise grega. As medidas de austeridade adotadas pelo governo grego causaram várias altercações no país (duas pessoas morreram), portanto, tanto o plano financeiro quanto o político da Grécia estavam péssimos.

Mas a onda de choque não veio do país europeu. O fundo de pensão americano Wandell & Reed vendeu 75.000 contratos a uma velocidade incrível , como se quisesse se livrar desses títulos. Ele sozinho não conseguiu desestabilizar o mercado, todas as empresas de HFT perceberam o medo gerado e começaram a vender no nível do microssegundo.

O desastre não durou mais de 14 minutos. A Bolsa de Valores de Chicago interrompeu o colapso interrompendo os preços por 5 segundos, foi um alerta do mercado indicando até que ponto pode ocorrer um colapso no mercado financeiro com esse tipo de prática. Esse fenómeno, no qual o mercado financeiro afunda a uma velocidade vertiginosa, é conhecido como uma queda repentina .

Empresas que operam com High Frequency Trading

As empresas que trabalham com HFT usam short e long simultaneamente, lançando ordens limitadas a um preço de mercado ligeiramente superior ou inferior dependendo se está vendendo ou comprando . Com isso, buscam o benefício certo da diferença de preço e, para isso, precisam que o tempo para entrar no mercado seja imediato. Eles são especialistas em arbitragem estatística, procurando discrepâncias de preços entre os valores das diferentes classes de ativos.

As operações de HFT desempenham a função de criadores de mercado ou fornecedores deles, criando oferta e procura.

Alguns dos traders com os maiores volumes negociam por meio de estratégias HFT
Knight Capital Group
Getco LLC
Citadel LLC
Jump Trading
LLC
Goldman Sachs
Virtu

Investigação de fraude para empresas que usaram High Frequency Trading

O FBI abriu uma investigação sobre empresas de High Frequency Trading por praticarem negociações com informações privilegiadas. As ligações entre as operadoras de alta velocidade e as principais bolsas são investigadas, examinando se as empresas estão a receber tratamento preferencial que coloca outros investidores em desvantagem.

Para o FBI, a investigação é uma nova maneira de usar informações privilegiadas; a velocidade. Eles procuram padrões no mercado que possam revelar se alguma das atividades de negociação viola a lei. Eles terão que provar que essas operações foram realizadas com intenção fraudulenta, o que é muito mais complicado.

HFT afeta grandes investidores ou grandes ordens de títulos ilíquidos

Em 2014, a corretora DEGIRO realizou um estudo testando o SOR ( sistema que visa reduzir os custos de transação para o investidor final) utilizado para enviar ordens para diferentes bolsas europeias. Verificando que as empresas de HFT estão ativas nos mercados europeus, a plataforma holandesa produziu um relatório e encontrou evidências de que os traders que usam transações de alta frequência se beneficiam desta rota de pedidos às custas de grandes investidores ou grandes pedidos em valores ilíquidos.

A corretora observou:

Que a sua análise está de acordo com as idéias refletidas no livro de Michael Lewis, “Flash Boys: A Wall Street Revolt”, onde é afirmado que os traders de alta frequência tiram vantagem da velocidade dos seus sistemas, que lhes concede milissegundos de vantagem para obter à frente dos pequenos investidores na execução de ordens.

Perguntas frequentes sobre High Frequency Trading

Para encerrar a postagem, veremos as perguntas mais frequentes que ouvimos mais derivadas do High Frequency Trading.

O que é um bot de High Frequency Trading?

É a tecnologia usada para usar o High Frequency Trading. Através do bot, as operações são realizadas nos diferentes mercados globais instantaneamente e quase sem erros.

O que é um HTF Forex?

É o High Frequency Trading que utiliza um tipo de plataforma super avançada onde enviam múltiplas operações para o mercado cambial muito rapidamente graças à sua poderosa tecnologia.

Artigos Relacionados

Como fazer trading de futuros? Os mercados de futuros baseiam-se na celebração de contratos para comprar ou vender determinadas mercadorias numa data futura. Neste caso, o preço, a quantidade e a data de val...
Os padrões duplo topo e duplo fundo são padrões gráficos que ocorrem quando o investimento subjacente se move em padr...
Uma ordem stop-limit é uma negociação condicional ao longo de um período de tempo definido que combina as característ...

Deixar uma Resposta

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments