Sou cliente da Degiro, como a compra da Flatex me afeta? - Rankia Portugal
Entrar Criar conta
Acesso
Entrar em Rankia

Bem-vindo à sua comunidade financeira

Informe-se, debata, compartilhe experiências; aprenda sobre como economizar e investir. Faz parte da maior comunidade financeira, já somos mais de 750.000 desde 2003. Você se inscreve?

Sou cliente da Degiro, como a compra da Flatex me afeta?

Subscrever Agora

Selecione os temas que lhe interessa e personalize a sua experiência no Rankia

Enviaremos uma Newsletter cada quinze dias com as novidades de cada categoría que escolheu


Quer receber notificações dos nossos eventos/webinars?


Sou cliente da Degiro, como a compra da Flatex me afeta?

No final de 2019, foi anunciada a notícia do ano na indústria de investimento europeia: a compra da DEGIRO pela Flatex, num negócio avaliado em 250 milhões de euros. Mais de 1 milhão de clientes estiveram envolvidos neste negócio, o que poderá trazer grandes alterações às operações e regulamentação atuais. A fusão será concluída dentro do calendário previsto no segundo semestre de 2020, dado que o regulador aprovou a aquisição completa em 21/07/2020, criando a maior corretora independente da Europa.

Desde a sua chegada a Portugal, a DEGIRO tornou-se uma das melhores alternativas para os investidores que procuram investir as suas poupanças a baixo custo.

Flatex compra DEGIRO

Quando o negócio começou em 2019, a DEGIRO tinha 500.000 clientes, agora tem mais de 750.000, portanto, num período de pouco mais de 6 meses, os clientes aumentaram em 50%. Assim, a Flatex integra 100% da DEGIRO numa situação muito melhor do que quando o acordo foi estabelecido em 13/12/2019, tornando-a a maior corretora online europeu. O negócio está avaliado em 250 milhões de euros e verá o grupo saltar para mais de 300 milhões de euros em receitas e 150 milhões de euros em EBITDA.

flatex degiro

Quer mais informações sobre DEGIRO?

Quem é a Flatex?

A Flatex é uma corretora alemã criada em 2006, com forte presença nos mercados alemão e austríaco. Com mais de 300 mil clientes e 12 milhões de transações, é a referência como intermediário de obrigações e negociação. Nos últimos dois anos, iniciou a sua expansão internacional pela Europa, desembarcando na Holanda e nos países vizinhos com uma oferta comercial de “zero comissões”.

A empresa-mãe à qual a empresa pertence está cotada na Bolsa de Valores da Alemanha sob o código (FTK) e ISIN DE000FTG1111.

flatex

Flatex: é confiável?

A Flatex possui uma licença bancária na Alemanha. Assim, a DEGIRO poderia, uma vez concluída a integração, oferecer produtos e serviços anteriormente limitados pela regulamentação holandesa.

Segurança da Flatex?

Como banco, os depósitos Flatex são protegidos pelo Esquema de Compensação dos Bancos Privados Alemães. No caso de investimentos, a compensação é limitada a 90% do passivo e um contravalor máximo de 20.000 euros.

Quais são produtos e contas que a Flatex oferece?

É uma corretora com vários tipos de contas e várias plataformas baseadas nos serviços de assinatura de contratados.

produtos e contas flatex

Notícias Flatex

No final de outubro de 2020, a Flatex foi cotada na bolsa de Frankfurt, na sequência da fusão com a DEGIRO, sob o nome de FlatexDeGiro. Até 2025, os objetivos do que é agora a maior corretora retalhista da Europa são triplicar a sua base de utilizadores para 3 milhões.

Recorde-se que, no final do primeiro semestre, DEGIRO já fez manchetes com um recorde de 200.000 contas abertas e quase 170% mais transações.

O que acontece com os clientes da DEGIRO?

Os clientes da Degiro podem ficar tranquilos. Sendo uma empresa cotada e devido ao volume da operação de autorização regulatória, a fusão será adiada até o segundo semestre de 2020. 

Possíveis alterações para os clientes DEGIRO

Como a Flatex tem uma licença bancária na Alemanha, há várias coisas que são suscetíveis de mudar nos próximos meses. Por exemplo:

  • Contas de dinheiro para clientes DEGIRO já implementadas para colher sinergias. Isto significa que os fundos monetários da DEGIRO para armazenar liquidez, um dos aspetos de que os investidores mais não gostam, desaparecerão. Este é um dos seus principais objetivos, a fim de continuar a gerar sinergias, e como afirmam no seu próprio website:

Este sistema (O Fundo Monetário) será gradualmente substituído por uma conta pessoal em seu nome com um banco licenciado. Os seus fundos serão depositados numa conta bancária pessoal separada com um IBAN pessoal.

Além disso, acrescentam que uma vez introduzidas estas contas de caixa, os MMFs deixarão de ser oferecidos e os utilizadores de DEGIRO terão 45 dias, após terem tido a possibilidade de abrir uma conta de caixa, para gerir a transição. Após estes 45 dias, os retornos negativos do MMF já não serão compensados.

  • As políticas e comissões de execução de ordens são também diferentes, a DEGIRO é membro da Euronext, enquanto a Flatex utiliza outros intermediários para a execução das suas ordens.
  • O CEO da Flatex, Frank Niehage, juntar-se-á ao conselho de supervisão do DEGIRO.

A fusão da Flatex e da DEGIRO quebra a concorrência no mercado europeu para os dois grandes e crescentes operadores, que estavam a gastar enormes quantidades para se posicionarem em vários mercados com um produto muito semelhante. Nos próximos meses, veremos o que esta fusão significará para os clientes espanhóis da DEGIRO.

Artigos Relacionados

Evergrande escapa à falência? Hoje falamos sobre as notícias! Os ursos à espera da grande queda nos mercados terão de esperar mais alguns dias. Pelo menos para ver se este gigante desencadeia a crise finance...

Deixar uma Resposta

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments