Média Móvel e MACD: o que é e como utilizar? | TeleTrade - Rankia Portugal
Entrar Criar conta
Acesso
Entrar em Rankia

Bem-vindo à sua comunidade financeira

Informe-se, debata, compartilhe experiências; aprenda sobre como economizar e investir. Faz parte da maior comunidade financeira, já somos mais de 750.000 desde 2003. Você se inscreve?

Média Móvel e MACD: o que é e como utilizar? | TeleTrade

Subscrever Agora

Selecione os temas que lhe interessa e personalize a sua experiência no Rankia

Enviaremos uma Newsletter cada quinze dias com as novidades de cada categoría que escolheu


Quer receber notificações dos nossos eventos/webinars?


Média Móvel e MACD: o que é e como utilizar?

Quando uma média móvel de curto período cruza uma outra de longo período, isto pode implicar uma mudança de direção da tendência e, logo, um possível sinal de entrada.

Média Móvel e MACD: o que é e como utilizar?

Média Móvel

As médias móveis, como o próprio nome indica, pretendem captar um valor médio de preço num determinado período de tempo e representá-lo graficamente. 

De uma forma simples, o indicador tira uma média dos preços de um determinado ativo num período e reflete esta informação num gráfico.

Supondo que numa análise se usa uma média móvel de 50 dias, o que é calculado é uma média – podendo esta ser simples ou exponencial – dos últimos 50 preços.

São adicionados os preços dos últimos 50 dias num determinado período de tempo e estes são divididos por cinquenta. O preço que aparece no gráfico irá indicar esse cálculo.

Por vezes, como é no caso por exemplo do mercado forex, uma das estratégias mais usadas por traders que se iniciam é o cruzamento de duas médias móveis. Quando uma média móvel de curto período cruza uma outra de longo período, isto pode implicar uma mudança de direção da tendência e, logo, um possível sinal de entrada.

MACD

O indicador MACD significa Moving Average Convergence/Divergence (Convergência e Divergência de Médias Móveis) e é um indicador muito utilizado na análise técnica tendo sido criado por Gerald Appel na década de 60.

É composto por três elementos: 

  • A linha azul mostra a diferença entre um sinal rápido e um sinal lento, gerados a partir da subtração do movimento das médias móveis exponenciais de 12 e 26 períodos.
  • Uma linha chamada de “sinal” ou em inglês “trigger” é formada calculando uma média móvel exponencial de 9 períodos dos valores da diferença das médias de 26 e 12 períodos.
  • Por fim, o MACD mostra um histograma que é calculado pela diferença entre a linha “sinal” (vermelha) e a linha MACD (azul).

TeleTrade: Copy Trading

Para concluir, este indicador é normalmente utilizado para acompanhar as grandes oscilações que se sentem no mercado. O que  regista é precisamente estas oscilações.


Num certo sentido o histograma vai formando grande intensidade de volatilidade e, assim, permite perceber quais os momentos em que o preço do mercado anda demasiado num sentido ou no outro.

 

 

Disclaimer:

O material postado é apenas para fins informativos e confiança nele pode levar a perdas. Os resultados passados não são um indicador confiável de resultados futuros. Por favor, leia o nosso aviso legal na íntegra.

Artigos Relacionados

Evergrande escapa à falência? Hoje falamos sobre as notícias! Os ursos à espera da grande queda nos mercados terão de esperar mais alguns dias. Pelo menos para ver se este gigante desencadeia a crise finance...

Deixar uma Resposta

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments