O que é uma ICO?

Subscrever Newsletter

Selecione os temas de seu interesse e assine nossa newsletter abaixo:

Subscription Type(Obrigatório)

As ofertas iniciais de moedas (ICOs) têm sido um dos tópicos mais quentes e inovadores no mundo das criptomoedas e do financiamento digital.

Neste artigo, vamos explorar a fundo o que exatamente é uma ICO, como funciona e o que a torna tão única e atraente para investidores e empreendedores no cenário cripto.

O que é um token?

Antes de continuar a definir o que é uma ICO, deve conhecer a definição de Token.

Um Token é um novo conceito financeiro que define uma unidade de valor emitida por uma entidade privada. De acordo com a sua definição, o token é muito semelhante à bitcoin, dado que é aceite por uma comunidade e usa uma blockchain. Além disso, quase todos os tokens são baseados na blockchain de Ethereum.

O que é uma ICO (initial coin offering)?

Numa Initial Coin Offering (ICO) ou venda de tokens, os empresários distribuem ativos digitais como moedas e tokens a investidores em troca de capital. Da mesma forma, estas ICO são uma nova forma de financiamento que gerou milhares de dólares na blockchain.

Além disso, uma oferta inicial de moeda é geralmente anunciada com a divulgação de um whitepaper descrevendo a venda de tokens, o protocolo informático subjacente e a blockchain, bem como o projeto e modelo de business. O número de tokens é geralmente limitado, com um limite de financiamento definido.

Resumindo:

  • As ofertas iniciais de moedas são um mecanismo de financiamento através do qual as criptomoedas são recolhidas ou obtidas, permitindo o lançamento de um novo serviço ou de uma nova moeda. O investidor entrega as criptomoedas e recebe um token da empresa em troca.

Características de uma ICO

Seguem-se as características das ICO:

  • As novas empresas (start-ups) geralmente angariam fundos oferecendo e promovendo os seus produtos e serviços.
  • Dependendo do seu propósito, as ICO podem ser semelhantes às ações corporativas, permitindo a participação de terceiros.
  • Evitam o envolvimento de intermediários.
  • Não regulamentado.
  • Permitem formar ou aumentar o capital de uma empresa através da aquisição de criptomoedas.

Como funciona uma ICO?

Ao criar uma nova empresa ou iniciar um novo projeto, é importante conseguir fundos através de uma ICO. Para este processo é necessário:

  • Criar um documento técnico que inclua a descrição do projeto e a necessidade a satisfazer. Da mesma forma, é necessário definir o dinheiro necessário, os tokens a serem emitidos e o tempo ou prazo.
  • No início da campanha, os compradores do token devem ser atraídos com criptomoedas.
  • Se os fundos necessários forem adquiridos, são disponibilizados ao projeto para atingir todos os objetivos.
  • Se os objetivos não forem atingidos, o dinheiro (criptomoedas) pode ser devolvido. Compreende-se que o projeto falhou.

Qual é a diferença entre ICO e IPO?

Um IPO é uma oferta pública de valores mobiliários de uma empresa que pretende ser cotada em mercados regulados com uma oferta pública de ações recém-emitidas, venda de ações existentes (portanto propriedade dos atuais acionistas), ou uma combinação dos dois métodos anteriores.

Do ponto de vista estrutural, as ICOs não pareceriam, portanto, muito diferentes das IPOs. No entanto, embora em ambos os casos estejamos perante operações de financiamento, o que as diferencia é, por um lado, a emissão de Coin ou Token, e por outro o ambiente operacional, nomeadamente o BlockChain.

Mas o perfil mais importante é o da regulação. Isto está frequentemente fora do âmbito das regras da UE. Portanto, os riscos aumentam inevitavelmente. Porém, maiores riscos também correspondem a maiores oportunidades de ganho potencial.

Vantagens ICO

Algumas vantagens que terá a investir numa ICO são:

  • A ICO permite que as empresas angariem fundos, sem limitações de espaço e jurisdição.
  • O investidor receberá um token que lhe pode dar muita estabilidade, em vez da volatilidade dos valores das criptomoedas.
  • São fáceis de projetar e trazer ao mercado, com serviços online disponíveis.
  • A empresa próspera com o entusiasmo dos investidores, que esperam bons retornos.

Lembre-se de que o investidor deve sempre realizar uma pesquisa detalhada da ICO antes de fazer um investimento (pode pesquisar na web lançamentos e oportunidades). Esperamos ter resolvido as suas dúvidas sobre as Initial Coin Offerings.

Riscos de investir numa ICO

No entanto, as vantagens não devem levar a subestimar o perigo das ICOs. Vejamos os riscos que geralmente estão associados a este tipo de operação.

A “Autoridade Europeia de Valores Mobiliários e Mercados” ( ESMA ) alerta os investidores sobre o alto risco de “ ICOs ” ou “Ofertas Iniciais de Moedas”. Se você está pensando em investir em uma ICO ou já o fez, esteja ciente dos diversos riscos que isso acarreta, incluindo a perda de todo o seu investimento.  

Vamos ver todas as desvantagens de investir em tokens ICO

Quais são as desvantagens de investir em tokens ICO?  

A ESMA considera que as ICO são investimentos extremamente arriscados e altamente especulativos e os investidores estão expostos aos seguintes riscos:   

  • Não são regulados e, portanto, vulneráveis ​​a fraudes ou atividades ilícitas. 

Dependendo de como estão estruturados, os ICOs podem ficar fora da regulação da UE e a proteção do investidor pode não ser aplicada. Além disso, por não serem regulamentados, alguns ICOs criptográficos podem ser usados ​​para fins fraudulentos ou ilícitos. Recentemente, vários ICOs foram identificados como fraudulentos, e a ESMA não descarta a existência de ICOs que tenham sido utilizados para fins de lavagem de dinheiro.

  • Alto risco de perder todo o capital investido 

A grande maioria das ICOs são lançadas por empresas que estão numa fase muito inicial de desenvolvimento. Mesmo quando não são fraudes, essas empresas correm um alto risco de fracasso. Além disso, muitas das moedas ou fichas oferecidas não têm valor intrínseco além da possibilidade de poderem ser utilizadas para aceder a um produto ou serviço desenvolvido pelo emitente. Também não há garantia de que este produto ou serviço será desenvolvido com sucesso.

  • Falta de opções de resgate e extrema volatilidade nos preços das moedas ou tokens 

Acredite ou não, isso é muito comum. Os investidores poderão não conseguir trocar as suas moedas ou fichas ou trocá-las por moedas tradicionais, como o euro. Nem todas as moedas ou tokens são trocados por moedas virtuais e quando o são, como as criptomoedas, o seu preço pode ser altamente volátil, pois também podem ser vulneráveis ​​à manipulação de preços.

  • Informação inadequada 

As informações disponíveis aos investidores, como os livros brancos, são, na maioria dos casos, não verificadas, incompletas, distorcidas e até enganosas. Geralmente destaca os benefícios potenciais, mas não os riscos. Além disso, muitas vezes são informações com um elevado grau de tecnicidade e, portanto, não imediatamente compreensíveis.

Por fim, lembramos que os investidores devem sempre realizar pesquisas detalhadas sobre o ICO  antes de fazer um investimento (você pode pesquisar lançamentos e oportunidades na web). Esperamos ter resolvido suas preocupações em relação às ofertas iniciais de moedas .

Conclusão

As ICOs, em última análise, são formas de investimento extremamente arriscadas e especulativas. Embora o potencial de ganhos seja elevado em termos absolutos, devem ser abordados com a maior seriedade e cautela, possivelmente apenas por investidores experientes.

FAQs

O que é uma ICO?

É uma forma de levantamento de capital no ambiente criptográfico e blockchain. 
Eles podem ser vistos como ofertas iniciais de compra usando criptomoedas.

Quais são os riscos das ICOs?

O risco fundamental vem da falta de regulação. 
Muitas destas ofertas de compra ocorrem, de facto, fora do âmbito da legislação da UE, com todos os riscos de fraude resultantes. 
Além disso, as empresas envolvidas são, na maioria dos casos, empresas mais pequenas ou ainda em fase inicial e, portanto, por definição, mais instáveis.

Qual é a diferença entre ICO e IPO?

ICO e IPO têm em comum a captação de capital para financiar um projeto. 
No entanto, eles diferem porque no IPO são usadas moedas e tokens e não dinheiro com curso legal e, além disso, o ambiente operacional é Blockchains. 
Dadas estas características peculiares, é possível que a OIC não seja regulamentada a nível da UE, com todos os riscos daí resultantes.

Ler mais tarde - Preencha o formulário para guardar o artigo como PDF

Bit2Me
Descubra como funciona a plataforma Bit2Me:
  • Atendimento ao cliente: suporte disponível 24/7 em português e mais 8 idiomas.
  • Segurança: registrada no Banco de Espanha, a Bit2Me assegura as criptomoedas em cold wallet, com seguro de 150 milhões de euros em colaboração com Ledger Enterprise.
  • Ampla gama de serviços: com mais de 290 criptomoedas, oferece contas wallet e PRO, staking, API e cartões.

Artigos Relacionados

Após o boom do mercado de criptomoedas e a subsequente perda de interesse por parte de muitos investidores, parece que o setor está a recuperar aos poucos. Se é uma das pessoas interessadas em investir ...
Neste artigo, vamos proceder a explicar o que são as stablecoins de forma ampla, a sua importância no ecossistema cri...