Como usar contas de demonstração

As contas demo são o sparring (na imagem em baixo) que serve como treino para o lutador de boxe ou simuladores de voo para um piloto. É uma imitação de operações reais. E nas contas de demo, como nas outras matérias, se não treinamos adequadamente podemos ficar desapontados com o nosso desempenho, como o lutador de boxe ficar com o nariz partido ou o piltoto bater com um avião numa montanha.

Passos a seguir para usar a demonstração corretamente

1) Montantes

A primeira coisa que temos que levar em conta é o dinheiro que planeamos colocar na conta real e abrir uma conta demo com o mesmo valor. Não é lógico abrir uma conta de demonstração de € 1.000.000 e começar a testar uma estratégia com ela, se vamos colocar na nossa conta real apenas € 3.000. Temos que abrir a conta demo com a mesma quantidade de dinheiro que planeamos arriscar e a partir daí começar a planear a gestão monetária que levaremos na conta real.

2) Ser objetivos e perceber o potencial

Nós temos que ser realistas . Este ponto está relacionado ao anterior, uma vez que se trata em grande parte da gestão monetária . Não devemos abrir operações na conta demo com um alto nível de alavancagem, pois é mais provável que na conta real não nos atrevemos a abri-las com a mesma alavancagem por causa do possível efeito negativo que ela possa ter em nossa conta. Além disso, se “a coisa correr bem”, pode nos fazer pensar que somos heróis, que sabemos como lidar com altos níveis de alavancagem e que vamos duplicar a conta mês a mês, quando a coisa mais segura é que simplesmente tivemos alguma sorte.

3) Ser constante no que estamos a fazer

Nós temos que ser constantes . Como se um lutador de boxe parasse de treinar perderia força, o trader tentar melhorar a estratégia na conta demo, por qualquer motivo, pode ter vários problemas. A primeira é abandonar uma estratégia vencedora por não ter sofrido uma situação adversa na conta demo, as estratégias são testadas a longo prazo, porque se a estratégia teve maus resultados por algumas semanas não significa que é uma estratégia má. Não existe estratégias perfeitas. Os resultados obtidos não serão significativos já que a estratégia não tomou todas as operações que poderiam ter tomado, isto é, não podemos testar uma estratégia por dois meses, descansar por mais dois meses e depois tentar de novo, porque pulamos um período de tempo em que Nós sabemos como ele se comportou. A perda da prática do comerciante , quando o comerciante leva tempo com uma estratégia sabe como funciona e sabe detectar os erros que tem e como melhorá-los, ele sabe como a palma da sua mão, mas se deixa tudo isso é esquecido no final.

4) Parte operacional

O fator mais difícil de treinar são as emoções . Quando está a “treinar” com dinheiro fictício as emoções que sentimos tanto em ganhar quanto em perder em uma conta real, é muito difícil senti-las na conta demo . O sangue frio que é necessário para operar com dinheiro real só é obtido com a experiência . Existem técnicas para tentar simular essas emoções, como toda vez que perde em uma operação para colocar X quantidade de dinheiro num cofre , mas a quantia deve ser grande o suficiente para “picar” e nos causar a emoção mais semelhante ao que nos sentiríamos se estivéssemos operando em real, além disso, temos que ser constantes e cumprir essa técnica ao pé da letra.

0

Sobre o autor

Henrique Garcia
Analista de Mercados

Responder a este tópico

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *