Death Cross: o que é e como funciona?

Subscrever Newsletter

Selecione os temas de seu interesse e assine nossa newsletter abaixo:

Subscription Type(Obrigatório)

O Death Cross (cruz da morte) é um sinal de trading que ocorre quando uma média móvel de curto prazo cruza uma média móvel de longo prazo para baixo, sugerindo uma possível reversão da tendência de baixa. Essa tática é amplamente reconhecida pela sua capacidade de antecipar mercados em baixa.

Neste artigo, exploramos o que é e como implementar a estratégia Death Cross e quais tipos de ativos são mais adequados para usar. De commodities a ações, descobriremos como essa técnica pode ajudar a proteger os nossos investimentos.

O que é o Death Cross no trading?

O Death Cross é um termo usado na análise técnica para identificar uma tendência de baixa nos mercados financeiros. É uma formação de gráfico de linha de duas tendências onde o preço de uma linha de tendência de curto prazo (uma média móvel) cruza acima e abaixo do valor de uma linha de tendência de longo prazo, sinalizando uma possível tendência de baixa.

Desta forma, os traders podem:

  • Vender se o preço fechar abaixo de uma linha de tendência de alta.
  • Ou compre se o preço fechar acima de uma linha de tendência de baixa.
Death Cross amazon

Por exemplo, como neste gráfico de ações da Amazon em castiçais de 1 dia. Justamente no momento em que a média móvel de curto prazo (30 sessões) cruzou a média móvel de longo prazo (220 sessões) de cima, ela confirmou uma queda em que restava mais de 40% do seu preço. Um exemplo claro de, como previsto, talvez não do ponto mais alto, uma grande correção.

Isso ocorre porque as médias móveis de curto prazo são mais sensíveis aos movimentos do mercado e podem ajudar a identificar rapidamente as mudanças de tendência, confirmadas quando existe uma cruz mortal. É por isso que o Death Cross é um sinal útil.

Além do sinal de tendência de baixa, o Death Cross também pode ser usado para identificar os níveis de suporte e resistência. Se um ativo fechar abaixo de uma linha de tendência de alta, pode haver uma resistência de preço significativa nesse ponto. Por outro lado, se o preço fechar acima de uma linha de tendência de baixa, pode haver suporte significativo para o preço nesse ponto.

Consequentemente, também pode aproveitar o sinal Death Cross para definir stop-loss e stop-profits, o que permitirá limitar as perdas ou bloquear os lucros se o preço se mover na direção desejada.

De qualquer forma, os traders também devem ter cuidado para não se deixar levar pelo movimento dos preços e evitar entrar em negociações com alta alavancagem.

Aliás, como na análise técnica tudo é simétrico e tem o seu contrário, quando essa mesma circunstância é invertida, ocorre a chamada Cruz de Ouro.

Leia também: Golden Cross: o que é e como funciona

Como aplicar a estratégia Death Cross no trading

Veremos como aplicar esta estratégia de trading facilmente.

Passo 1: Selecione as médias móveis

O primeiro passo na aplicação desta estratégia é selecionar as médias móveis. Normalmente, as duas médias móveis são recomendadas para gerar o sinal:

  • Uma média móvel de longo prazo, como a média móvel de 200 sessões.
  • E uma média móvel de curto prazo, como a média móvel de 30 sessões.

Essas duas médias móveis devem se cruzar de cima e de baixo para gerar o sinal cruzado da morte.

👉 Mais informações: Médias móveis

Etapa 2: definir o limite de entrada

Uma vez que as médias móveis apropriadas tenham sido selecionadas para gerar o sinal cruzado mortal, a próxima etapa é definir o limite de entrada.

Portanto, deve definir um preço pelo qual deseja comprar ou vender o ativo se um sinal cruzado mortal for gerado. Quanto mais próximo o preço estiver do death cross, maior a oportunidade de sucesso

Passo 3: Aplique a Estratégia Death Cross

Finalmente, uma vez que as médias móveis apropriadas, o limite de entrada e o ativo específico tenham sido estabelecidos, pode começar a aplicar a estratégia de death cross.

Quando o preço de um ativo atinge o limite de entrada definido, pode fazer uma negociação de compra ou venda, dependendo da direção do sinal cruzado da morte.

Exemplo prático de Death Gross no trading

Veremos isso com um gráfico do índice S&P 500

death cross trading

Momento chave após a crise das Punto com onde em 2002 o Sp500 perdeu a sua média de 200 dias este tempo utilizado para o longo prazo e os 50 utilizados para o curto prazo em dias.

A perda em maio de 2002 reflete a cruz da morte que não terminará até maio de 2003. Quase um ano com forte tendência de queda que faz com que os movimentos aproveitem.

👉 Para aprender mais ferramentas de trading, clique no seguinte artigo: Melhores indicadores de análise técnica

Com quais ativos é mais conveniente investir quando ocorre um Death Cross?

Em geral, os ativos com os quais faz mais sentido aplicar esse tipo de estratégia são aqueles cujos preços tendem a ser estáveis, portanto, um Death Cross e pode antecipar uma tendência imediata de baixa. Vejamos alguns:

Obrigações Soberanas – Estes são um dos ativos mais seguros para investir durante um death cross porque são uma forma de investimento de longo prazo que oferecem uma taxa de juros fixa e são apoiados pelo governo. Elas podem ser interessantes em momentos em que as taxas de juros do banco central estão altas, e reduções nelas já começam a ser descontadas.

Matérias-primas: Uma estratégia Death Cross também pode ser aplicada com eles. Isso porque as matérias-primas não são sensíveis às mudanças do mercado e estão altamente expostas a todos os tipos de condicionantes: geopolíticas, climáticas… , o que aumenta significativamente a produção (e baixa o seu preço) do qual não sabíamos. Lembre-se: O preço desconta tudo.

Ações: Outro ativo interessante. Acima de tudo, esses tendem a ter preços estáveis. Um death cross pode antecipar uma queda significativa no preço das cotações

Em qualquer caso, é importante considerar que as ações são mais voláteis do que obrigações ou matérias-primas, portanto, podem ocorrer circunstâncias de falso sinal.

Ouro: Outro ativo também é o ouro. Ao contrário das ações, o ouro é relativamente seguro e não está sujeito a mudanças no mercado.

Outras opções, como os principais pares de divisas ou mesmo ETFs de índices, ou setores de baixa volatilidade, podem ser ativos de investimento nos quais aplicar a estratégia Death Cross como sinal de negociação.

Death Cross: Melhor estratégia de investimento? | Opiniões.

Como acontece com qualquer técnica de análise técnica, é importante observar que uma Death Cross não é um sinal de compra ou venda. Em vez disso, deve ser usado como uma ferramenta para confirmar as tendências existentes e identificar possíveis mudanças na direção dos preços.

Agora que é uma ferramenta útil para os investidores.

Em primeiro lugar pela sua simplicidade de utilização. Como vimos, traçar duas médias móveis num gráfico procurando os pontos de cruzamento entre elas é algo muito fácil.

E em segundo lugar, porque ajuda a identificar tendências de longo prazo para investidores do tipo Buy & Hold, principalmente se forem utilizados, como já mencionei, em ativos pouco voláteis.

Vantagens e desvantagens de utilizar o Death Cross no trading

Vantagens e desvantagens de usar este indicador técnico de trading.

Vantagens Death Cross

  • Funcionalidade: Previsão de mercado de um possível mercado de baixa e tomar medidas para proteger os seus investimentos.
  • Simplicidade: O conceito Death Cross é fácil de entender e aplicar, facilitando o uso por traders de qualquer nível.
  • Universalidade: pode ser aplicado a uma ampla gama de ativos, desde que não sejam muito voláteis, desde ações até pares de moedas e commodities.

Desvantagens Death Cross

  • Atraso: Como a Golden Cross, o Death Cross pode fornecer sinais atrasados, o que significa que os traders podem perder parte do movimento negativo antes que o sinal entre em ação.
  • Falsos sinais: Em mercados voláteis, pode gerar falsos sinais para vender, o que pode levar a vendas desnecessárias e possíveis prejuízos.
  • Desempenho abaixo do ideal em mercados laterais: essa estratégia pode não funcionar bem em mercados sem uma tendência clara, onde os preços se movem lateralmente em vez de subir ou descer constantemente.

Concluindo, o Death Cross é uma valiosa ferramenta de análise técnica que pode ajudar os traders a identificar possíveis reversões de tendência de baixa. Embora a estratégia tenha as suas desvantagens, a sua simplicidade e aplicabilidade a uma ampla gama de ativos a tornam uma tática a ser considerada por qualquer investidor.

No entanto, como em qualquer estratégia de investimento, é recomendável usar a Cruz da Morte em combinação com outros sinais e técnicas de análise para maximizar a sua eficácia e minimizar os riscos.

Ler mais tarde - Preencha o formulário para guardar o artigo como PDF

Artigos Relacionados

Neste artigo, vamos proceder a explicar o que são as stablecoins de forma ampla, a sua importância no ecossistema cripto, e porque podem representar a maior ameaça contra o dinheiro FIAT. Além disso, também ...
A máxima do trading sempre foi a mesma: obter uma estratégia vencedora e aplicá-la consistentemente, sem sair dela. P...