Entrar Criar conta
Acesso
Entrar em Rankia

Bem-vindo à sua comunidade financeira

Informe-se, debata, compartilhe experiências; aprenda sobre como economizar e investir. Faz parte da maior comunidade financeira, já somos mais de 750.000 desde 2003. Você se inscreve?

Teoria de Dow: o que é e como usar na Análise Técnica

Subscrever Newsletter

Selecione os temas que lhe interessa e personalize a sua experiência no Rankia

Enviaremos uma Newsletter cada quinze dias com as novidades de cada categoría que escolheu


Quer receber notificações dos nossos eventos/webinars?


A teoria de Dow, no mundo do trading, é uma teoria formulada por Charles Henry Dow em 1897, que, com base numa série de princípios, tenta prever o comportamento futuro das ações. Considerada a primeira teoria, nela se baseia a análise técnica.

Se já ouviu ou leu um pouco sobre a Teoria de Dow. Aqui pode aprender mais sobre os princípios da Teoria Dow, os seus diferentes aspectos e como ela influencia os mercados.

O que é a Teoria de Dow? 

A Teoria Dow visa determinar o pensamento de que os movimentos de mercado flutuam com base em três tendências, tais como as seguintes:

  • Tendência primária
  • Tendência secundária
  • Tendência Terciária.

É uma teoria bem conhecida da Dow, uma das mais mencionadas na análise técnica devido à sua funcionalidade quando se trata de análise. É uma teoria de Charles H. Dow em 1897 que o levou a lançar o índice Dow Jones, do qual falaremos mais tarde.

Como surgiu a Teoria de Dow?

A teoria de Charles Dow surgiu da publicação entre 1900 e 1902, quando ele publicou a sua teoria no editorial do Wall Street Journal. A sua teoria baseava-se em seis princípios. Os princípios com os quais procurou demonstrar o movimento de stocks.

Quem era Charles Dow?

Charles Henry Dow, cujo pai era um agricultor, nasceu em Sterling em 1851. Quando o seu pai morreu, a Dow tinha seis anos de idade. Esta situação levou-o a abandonar a escola e a começar a trabalhar como operário para sustentar a família. No entanto, deixou esse trabalho para se tornar jornalista.

Em 1889, os seus conhecimentos de economia levaram-no a fundar a Companhia Dow Jones. Foi assim que surgiu o famoso índice, pois foi a sua Companhia Dow Jones que publicou o primeiro índice de mercado e setor sobre o movimento da bolsa de valores. Precisamente conhecido como o índice foi chamado “Dow Jones“.

Charles H. Dow era um economista de renome, o princípio da sua teoria era que a bolsa de valores era talvez o melhor indicador das condições económicas. Desta forma, ele foi capaz de compreender os movimentos do mercado, para poder analisar o presente e o futuro da economia de forma mais precisa.

Quais são os princípios da Teoria de Dow?

Os princípios da Teoria Dow são baseados em 6 princípios. A partir destes princípios, procura explicar a forma como as ações circulam no mercado. Para muitos, a Teoria Dow influenciou direta ou indiretamente a criação do conceito de análise técnica.

Assim é a teoria de Charles H. Dow que em 1897 teve em conta o movimento do índice Dow Jones, indicando que o índice Dow Jones Industrial, quando atinge um máximo ou mínimo, o índice Dow Jones Transportation Index seguir-se-á em breve, se não o fizer, é considerado falso ou errado. Foi precisamente o mesmo Charles H. Dow que em 1884 tinha duas médias ou índices setoriais na Bolsa de Nova Iorque, conhecida como a “Média Industrial Dow Jones” ou índice do setor industrial.

O preço e o que os índices mostram é um verdadeiro reflexo de tudo

Nessa linha, Dow estabeleceu que os preços e o que os índices mostram é um verdadeiro reflexo do que acontece na economia, coletando tudo o que afeta os preços. Uma razão pela qual dizemos que o mercado de ações é um indicador antecedente, porque já coleta essas expectativas antes que a economia se mova.

Um mercado se move com base nas tendências

Ou seja, dada essa correlação, os mercados se movem com base em tendências, pois uma crise pode começar num determinado setor, mas arrastaria outros com ela, gerando uma tendência de queda em que vemos uma queda geral da demanda.

No entanto, Dow estabeleceu uma classificação oficial relativa aos tipos de tendência existentes (explicaremos mais sobre isso em baixo).

Volumes confirmam tendências

Se olharmos para o volume do mercado de ações, isso deve confirmar a tendência na medida em que é o número de operações executadas.

Então, se estamos em tendência de alta e o preço sobe, o volume deve subir. Enquanto se cair, o volume diminui com o preço. Ao contrário, numa tendência de baixa, quando o preço cai, o volume aumenta, enquanto se o preço subir, o volume diminuirá.

Os dois índices devem mostrar correlação

Para confirmar a teoria de Dow, devemos observar a tendência nos dois índices que Dow alude na sua formulação.

Nesse sentido, devemos observar que ambos os índices seguem a mesma tendência. Caso contrário, pode ser um erro, quebrando a teoria.

Lembre-se que para a Teoria de Dow, uma alta ou baixa no índice industrial é seguida por uma alta, ou baixa no índice de transporte.

A tendência continua até novo aviso

Outro princípio que contempla essa teoria é que a tendência que um mercado segue permanece em vigor até que observemos outra tendência diferente. Ou seja, não deixaremos de estar em tendência de alta até vermos que estamos em tendência de baixa e que as condições para isso sejam atendidas.

Desta forma, a tendência mantém-se até que o que se observa nos índices diga o oposto.

Apenas os preços de fechamento são considerados

Por fim, cabe destacar que a Teoria de Dow considera apenas os preços de fechamento. Ou seja, não considera os máximos e mínimos que ocorrem durante a sessão, pois considera apenas os preços que os ativos marcam no fechamento da referida sessão.

Quais são as 3 tendências de preços de acordo com Dow?

A teoria do Dow baseia-se em particular em três tendências de preços e 6 princípios, que explicaremos mais adiante. O mercado tem três tendências:

  • Tendência primária: tem uma duração de mais de 1 ano, entre 1 e 3 anos, embora possa haver uma variação em certos casos, bem como significando a direção principal do mercado.
  • Tendência secundária: Ou também chamada tendência intermédia. A tendência secundária vai no sentido oposto ao da tendência primária. Embora a sua duração seja mais curta, dura entre 3 semanas e 3 meses. É uma correção da tendência principal, uma figura dentro da mesma tendência mas com direção oposta.
  • Tendência terciária: ou menor. É a tendência que vai na direção oposta à tendência secundária, sendo uma correção a esta. A sua duração é inferior a 3 semanas.

O preço desconta tudo: Qualquer evento que influencie a oferta e a procura aparecerá no gráfico de negociação, no preço do bem.

As tendências primárias têm 3 fases: 

  • Tendência de subida: fase de acumulação / fase de tendência / fase de distribuição.
  • Tendência para a baixa: fase de distribuição / fase de tendência / fase de pânico.

O volume de comércio deve confirmar a tendência:

  • Tendência de alta: se o preço subir, nesse caso o volume deve subir. Se o preço descer, o volume deve descer.
  • Tendência para a baixa: Na direção oposta. Se o preço subir, o volume deve descer. Se o preço cai, o volume deve subir.

Busca uma corretora para investir? A continuação, deixamos algumas corretoras importantes do mercado👇:

Comissões 0%
Ações e ETFs
ETFs
Grátis
Com mais de
1.5M de clientes

Confirmação com o índice Dow Jones Industrial e Dow Jones Transportation:

A Teoria Dow reflete a tendência, que tem de ser confirmada por ambos os índices seguindo a mesma tendência. Se não for este o caso, é um sinal de fraqueza ou de inversão de tendências.

Validade da tendência atual até ser provada uma inversão.

Como utilizar a Teoria de Dow na análise técnica?

Talvez o aspecto mais importante da teoria da Dow é que se trata de uma tendência, uma vez identificada a sua direção correta, é possível negociar com ela e não ir contra ela. Com base nisto, Charles H. Dow definiu o conceito de longo, médio e curto prazo, e postula que o mercado tem normalmente uma tendência para se mover numa direção geral, embora não se mova em linha reta, registrando movimentos menores e contra.

A teoria da Dow sublinha a importância dos altos e baixos com base no local onde se encontram, em relação aos altos e baixos anteriores. Isto permite-lhe ler um gráfico de negociação e compreender melhor o que está a acontecer com um ativo a um determinado ponto do seu preço.

A partir deste tipo de análise, o comerciante com menos ou mais experiência pode identificar estes padrões de comportamento dentro da evolução de um instrumento financeiro. Para além de concordar com o pensamento de alguns comerciantes e analistas técnicos de que o preço de um ativo e as oscilações observadas num gráfico de negociação oferecem toda a informação e antecipação necessárias para a análise técnica.

O princípio da Teoria Dow na análise técnica estabelece a utilização de picos e canais de mercado a fim de estabelecer o contexto do mercado. Estabelecendo dois cenários:

  • Cenário de alta: Quando uma série de altos e baixos com uma tendência ascendente pode ser identificada num gráfico de negociação, é um mercado de touros.
  • Cenário de baixa: Se uma série de altos e baixos de baixa pode ser identificada num gráfico comercial, trata-se de um mercado de baixa.

Vantagens e desvantagens da Teoria de Dow

É tempo de falar sobre as vantagens e desvantagens da teoria do Dow:

Vantagens

  • É um método fácil e simples de compreender
  • Permite estudar todos os cenários possíveis
  • Pode prever a tendência do mercado
  • É um bom indicador dos pontos de entrada no mercado.

Desvantagens

  • O preço ainda pode continuar o seu movimento sem ir para a área onde se espera que vá.
  • Deve-se considerar o histórico ou “Backtest” para conhecer a eficácia do sinal.
  • Embora não seja um método complicado, requer algum conhecimento prévio.
Ler mais tarde - Preencha o formulário para guardar o artigo como PDF
Consent(Obrigatório)

Manual de Análise Técnica

Este e-book irá ajudá-lo a descobrir o precisa de saber para começar a usar um dos métodos mais utilizados nos mercados financeiros:

  • Noções básicas
  • Como começar a usar a análise técnica

Artigos Relacionados

Neste artigo descobriremos a vida e obra do lendário Charles Henry Dow.  Além de ver a sua biografia, vamos nos concentrar em apresentar a famosa teoria Dow e o famoso índice Dow Jones. Quem foi Charles Dow?...
Trend following significa “seguir tendências” e consiste num posicionamento que visa beneficiar da possível continuaç...

Deixar uma Resposta

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments