O que devo saber antes de investir em ações

O que devo saber antes de investir em ações

O investimento em ações pode parecer assustador se não souber o que está a fazer, especialmente em tempos de incerteza. Pergunta-se: O que devo saber antes de investir em ações? Neste artigo vamos resumir o que precisa de saber. Existem algumas estratégias simples que pode usar para investir seu dinheiro de forma segura e confiável.

Embora nenhum investimento seja isento de risco, investir no mercado de ações gera um retorno médio de 7% ao ano após a inflação, tornando-se uma estratégia de investimento atraente para o longo prazo. Quer seja novo em investimentos ou apenas curioso sobre como aproveitar ao máximo seu dinheiro, é fundamental entender o que saber antes de investir em ações.

O que devo saber antes de investir em ações

Há muita informação agora a circular na internet. Neste artigo queremos fazer um resumo simples e rápido de leitura para que possa aproveitar a máxima: o tempo é dinheiro

Dicas co que deve saber antes de investir em ações

Investir em ações é uma das muitas opções para investir seu dinheiro.

As ações são uma forma popular de investimento, mas estão longe de ser a única opção. Dependendo de suas necessidades, receitas e quando precisará aceder o dinheiro, pode tirar proveito de uma variedade de estratégias de investimento diferentes. Isso inclui colocar dinheiro numa conta poupança, comprar imóveis ou investir em títulos, metais preciosos e moeda estrangeira. Todas essas estratégias de investimento envolvem níveis variáveis ​​de risco e retorno.

Investir em ações apresenta riscos substanciais, especialmente no curto prazo.

Embora as ações sejam frequentemente vistas como uma estratégia de investimento segura a longo prazo, nada é garantido. O mercado de ações é volátil, especialmente no curto prazo, e pode oscilar descontroladamente entre os extremos. Se pretende investir seu dinheiro no curto prazo, geralmente há estratégias de investimento de baixo risco muito mais confiáveis ​​disponíveis.

O mercado de ações tem crescido historicamente a uma taxa média de cerca de 7% ao ano. De ano para ano, no entanto, o mercado de ações pode experimentar altos e baixos dramáticos. Mesmo por um longo período, o retorno de um investimento no mercado de ações nunca é garantido. Os investidores devem ser cautelosos ao investir no mercado de ações e compreender que nada é uma aposta segura.

A maioria das pessoas investe em ações abrindo uma conta numa corretora – hoje, isso geralmente é feito online no site da corretora.

Os investidores geralmente investem em ações por meio de uma corretora. Para fazer isso, eles devem abrir uma conta e depositar dinheiro. Depois de adicionar dinheiro à sua conta, pode direcionar a corretora para comprar uma determinada quantidade de ações. Uma corretora geralmente cobra uma pequena taxa por esses serviços.

Agora, um mercado de ações imprevisível e restrições para ficar em casa estão encorajando a atividade comercial e novas contas em dispositivos móveis. Veja a Degiro ou a XTB, por exemplo. A sua simplicidade e serviço gratuito fizeram com que seu aplicativo e site atingissem 10 milhões de contas em 2019. Combine isso com baixos custos de negociação e terá um modelo eficaz para iniciantes curiosos que ainda não estão prontos para negociar grandes quantidades.

Diferentes corretoras têm diferentes pontos fortes e fracos.

Nem todas as corretoras são iguais. Dependendo de suas necessidades de investimento, pode procurar corretoras com diferentes pontos fortes e fracos. Alguns podem ter um serviço de atendimento ao cliente especialmente robusto, enquanto outros podem oferecer taxas baixas (ou mesmo nenhuma). A corretora certa para dependerá de seus objetivos de investimento e de quanta orientação precisa quando se trata de investir. Não existe um tamanho único para todos os investimentos.

Investir todo o seu dinheiro nas ações de uma única empresa é muito arriscado.

Pode ser tentador apostar tudo numa empresa jovem e promissora que acha que pode se transformar na próxima Apple ou Amazon. No entanto, investir todo o seu dinheiro numa única empresa é uma proposta arriscada. Não há como prever com segurança quais empresas terão sucesso da noite para o dia. Se errar, poderá perder parte ou todo o seu investimento.

Uma boa estratégia para reduzir o risco é distribuir seus investimentos.

Uma estratégia de investimento comum é investir em muitas empresas diferentes para reduzir o risco. Isso distribui seu investimento e o protege caso as ações de uma empresa desvalorizar muito na bolsa. No entanto, essa estratégia geralmente envolve taxas de corretagem adicionais, o que pode prejudicar seus retornos no longo prazo.

A maioria das ações paga seus dividendos, o que fornece um fluxo de renda para sem ter que vender as ações.

Os dividendos são pequenos pagamentos que as empresas distribuem aos acionistas, geralmente trimestralmente. Se possui ações de uma empresa, geralmente terá direito a dividendos. Embora os dividendos geralmente representem uma pequena percentagem de seu investimento geral, eles podem somar, especialmente se investiu muito dinheiro no mercado de ações. As empresas podem aumentar, diminuir ou eliminar os dividendos, dependendo de sua saúde financeira.

Um fundo de investimento é apenas uma coleção de investimentos, geralmente ações.

Os fundos de investimento são coleções de investimentos. Esses fundos podem ser compostos inteiramente por ações, mas também podem incluir outros tipos de investimentos, como títulos, metais preciosos e moeda estrangeira. Os fundos de investimento geralmente cobram uma pequena taxa a cada ano pelos custos de manutenção e gerenciamento. O que exatamente um fundo de investimento investe e como ele é operado varia de empresa para empresa, portanto, certifique-se de fazer sua pesquisa.

Um fundo de índice é um tipo específico de fundo de investimento regido por regras muito simples, o que geralmente significa que os custos de gestão são muito baixos.

Os fundos de índice são um tipo comum de fundo de investimento . Eles geralmente operam sob um conjunto de parâmetros muito simples e frequentemente investem em ações representadas num índice do mercado de ações como o S&P 500 ou o Dow Jones Industrial Average. Como o gerenciamento é mínimo, os fundos de índice normalmente têm taxas associadas muito baixas. Os fundos de índice geralmente são uma boa escolha se está tentando igualar o retorno do mercado de ações como um todo e diversificar seus investimentos tanto quanto possível.

Para a maioria das pessoas, o investimento em ações mais inteligente são os fundos de índice.

Se não tiver certeza de como deve investir seu dinheiro, os fundos de índice geralmente são uma boa opção. Os fundos de índice podem não ver os retornos dramáticos que o investimento numa ação individual pode, mas também são um investimento de risco muito menor. Os fundos de índice geralmente têm taxas baixas, o que pode ter um impacto significativo no seu investimento a longo prazo. Também são um investimento conveniente, pois atendem ao mercado, reduzindo a necessidade de pesquisas, estudos e suposições na hora de investir.

Os impostos sobre ações não são tão assustadores quanto podem parecer.

Muitas pessoas se preocupam com os impostos quando se trata de investimentos, mas não deve se preocupar muito com eles. Quando se trata de investimentos para aposentadoria, paga imposto de renda regular e investimentos com impostos diferidos, e sua corretora geralmente ajuda. Se estiver a investir numa conta normal de corretagem, deverá pagar apenas impostos sobre seus ganhos e dividendos. Ao transferir dinheiro de um investimento para sua conta bancária, deve sempre reservar uma parte de seus ganhos para impostos – 20% geralmente é uma boa regra, mas verifique com um contador se não tiver certeza.

0

Sobre o autor

Henrique Garcia

Analista de Mercados

Responder a este tópico