Onde investir com pouco dinheiro? - Rankia Portugal
Entrar Criar conta
Acesso
Entrar em Rankia

Bem-vindo à sua comunidade financeira

Informe-se, debata, compartilhe experiências; aprenda sobre como economizar e investir. Faz parte da maior comunidade financeira, já somos mais de 750.000 desde 2003. Você se inscreve?

Onde investir com pouco dinheiro?

Subscrever Agora

Selecione os temas que lhe interessa e personalize a sua experiência no Rankia

Enviaremos uma Newsletter cada quinze dias com as novidades de cada categoría que escolheu


Quer receber notificações dos nossos eventos/webinars?


Como começar a investir com pouco dinheiro?

Como começar a investir com pouco dinheiro? É possível aprender a investir se realmente começar do zero e com pouco dinheiro? Muitos responderiam que não, que não é possível, mas a realidade é diferente: não só é possível aprender a investir, mas hoje temos as ferramentas para fazê-lo mesmo com um capital muito pequeno e sem esforço excessivo.

Como investir com pouco dinheiro?

O primeiro passo para aprender como investir é entender o que são investimentos. Podemos definir investimento como uma atividade capaz de gerar lucro pelo comprometimento de uma quantia em dinheiro. Na prática, investir significa usar dinheiro para produzir mais dinheiro.

Existem muitos tipos de investimentos, alguns fáceis de aprender e outros mais complexos. Por exemplo, existem investimentos imobiliários, mas tornar-se um incorporador imobiliário é complicado: requer muita experiência, dinheiro, apoio dos bancos e conhecimento profundo das leis e aspetos fiscais.

Alguns tipos de investimentos:

1. Investimentos imobiliários
2. Investimentos em atividades produtivas
3. Investimentos financeiros

Ao contrário do que se costuma pensar, é muito mais fácil aprender investimentos financeiros: existem muitas plataformas totalmente gratuitas para experimentar, existem cursos e e-books, pode começar com muito pouco dinheiro (250 euros geralmente, às vezes até com 10 euros ), mas precisa saber os juros compostos. Os investimentos financeiros de curto prazo geralmente requerem pequenos montantes e podem gerar resultados em nenhum momento (até menos de um dia). Os investimentos financeiros de longo prazo, por outro lado, geralmente requerem um capital muito grande e podem levar meses ou anos para gerar retornos.

Onde investir com pouco dinheiro?

Os retornos de curto e médio prazo dependem do capital inicial, isso é certo. Ganhar dinheiro como 100 euros não é imediato, mas também não é impossível. Gota a gota, esse dinheiro se tornará um pequeno capital e será recompensado. É preciso paciência, sabedoria e, primeiro, a estratégia certa.

Aqui estão algumas possibilidades para investimentos de baixo custo:

Investir pequenas quantias mensais: o plano de poupança

Um movimento de longo prazo bastante equilibrado é investir as poucas economias num plano de poupança. A PAC é uma fórmula proposta por bancos e empresas de investimento que permite reservar mensalmente (a cada dois, três, seis meses, etc.) um valor pré-determinado e adicioná-lo ao seu investimento. Desta forma, o seu capital investido cresce lentamente com pequenas adições, gradualmente.

Plano de acumulação Moneyfarm

Pode perguntar ao seu banco, que lhe oferecerá para colocá-los num fundo de investimento (mas tome cuidado para avaliar bem as comissões). Como alternativa, pode fazer tudo online com a Moneyfarm, o serviço de gestão de ativos líder na Europa. Moneyfarm investe as suas poucas economias (a partir de 5.000 euros) em fundos passivos chamados ETFs, criando uma carteira sob medida  através de inteligência artificial. Abra uma conta no Moneyfarm e configure o seu plano de poupança para investir o seu pecúlio gradualmente.

Investir pequenas quantias em ouro

O ouro sempre foi um dos ativos portos-seguros mais procurados para proteger as poupanças de crises ou do fenómeno da inflação. Aqueles que têm uma quantia à parte podem considerar convertê-la comprando ouro e revendendo-o quando houver necessidade de liquidez. O BullionVault é um site que permite começar a comprar ouro a partir dos 50 euros, escolhendo também entre barras e moedas de ouro. A empresa permite que mantenha o seu investimento em ouro no seu cofre a preços competitivos. Se, por outro lado, compra mais de 100g de ouro, também pode receber a barra em casa.

Pequenos investimentos imobiliários

Hoje existe um método para fazer pequenos investimentos imobiliários: o crowdfunding. É um sistema de captação coletiva que permite financiar diversos tipos de empreendimentos, incluindo a construção ou reforma de condomínios, moradias ou estabelecimentos comerciais. Através de uma plataforma de crowdfunding, como a Re-Lender, por exemplo, pode investir um pequeno valor em projetos imobiliários e obter um retorno anual também significativo, a partir de 8%. O orçamento mínimo para investir é de 50 euros e os retornos são mensais: uma ótima maneira de investir no tijolo com muito pouco dinheiro.

  • Lending crowdfunding (Re-Lender), que prevê um empréstimo com reembolso futuro + juros;
  • Equity crowdfunding (Walliance), ou seja, o ingresso no capital da imobiliária e o acesso aos retornos que geraram o empreendimento.

Investir pequenas quantias em startups

Os grandes investimentos da história começaram com um pequeno capital e uma ideia. Se tem talento para negócios emergentes e está disposto a arriscar um pouco mais, eis o que pode fazer: investir pequenas quantias em startups.

Investir pequenas quantias nos ETFs

ETF Broker DEGIRO

DEGIRO é uma corretora holandesa famosa por sua oferta de ETF. Ele tem comissões muito baixas em comparação com a sua concorrência direta, e se você decidir investir pelo menos 2.000 € em ETFs selecionados, eles são gratuitos. O depósito mínimo necessário para abrir uma conta é de apenas 0,01 €. Obviamente, para investir no ETF que escolheu, precisará ter pelo menos a contrapartida do valor do instrumento no seu bolso.

Investir em Certificados de Aforro

Os Certificados de Aforro são títulos de dívida pública emitidos pelo Estado português, exclusivos para pessoas singulares. Uma das suas principais características é o valor reduzido da sua subscrição, tendo isto como objetivo a compra a retalho, ou seja, em grandes quantidades. O montante nominal para a subscrição é de um euro, sendo que a quantidade mínima por subscrição é de 100 unidades e a máxima corresponde a 250 mil unidades. O prazo do certificado de aforro é de 10 anos a partir da data de cada subscrição. Para novas subscrições da Série E de Certificados de Aforro, em setembro de 2020, foi fixa uma taxa de juro bruta de 0,516%.

Investir em Certificados do Tesouro

Tal como os Certificados de Aforro, os Certificados do Tesouro são produtos da dívida pública. No entanto, diferem em alguns aspetos dos primeiros, nomeadamente nos montantes mínimos para investimento. Aqui tem a possibilidade de investir entre 1.000 a 1.000.000 euros por conta. Outra das diferenças surge ao nível das taxas de juro. A taxa em si, é fixa, mas cresce todos os anos, a partir do segundo, da seguinte forma:

  • 1.º ano – 0,75%
  • 2.º ano – 0,75%
  • 3.º ano – 1,05%
  • 4.º ano – 1,35%
  • 5.º ano – 1,65%
  • 6.º ano – 1,95%
  • 7.º ano – 2,25%

A partir do segundo ano, existe um prémio de remuneração que é somado à taxa de juro fixa. Este é definido através do crescimento médio real do PIB (Produto Interno Bruto) português dos últimos 4 trimestres conhecidos até ao mês anterior à data de pagamento de juros.

PPR (Planos Poupança Reforma)

Um PPR é um investimento a longo prazo que pode representar um complemento às pensões de reforma. Este tipo de plano é aplicado por sociedades gestoras de fundos de pensões ou pelas companhias de seguros, nas quais poderá investir o seu dinheiro de forma a ter algum retorno, consoante a respetiva taxa de juro anual. Isto, na prática, traduz-se da seguinte forma: o cliente entrega um determinado montante que escolheu poupar, seja através de um depósito inicial ou de uma série de reforços periódicos e automáticos. Este dinheiro vai ser poupado e rentabilizado até chegar à idade da reforma.

Os Planos Poupança Reforma estão, regra geral, associados a um risco baixo. No entanto, esse risco é maior se escolher investir em fundos PPR. Nesses casos, pode o aforrador perder dinheiro, mas também pode originar um rendimento mais elevado.

Opções de risco elevado

1. CFD (Contract for difference)
2. Futuros
3. Criptomoedas
4. Hedge Funds
5. Forex

 

Qualquer investimento implica riscos, incluindo ausência de rentabilidade e/ou perda do capital investido. Nenhuma da informação aqui contida deverá ser entendida como recomendação de investimento, garantia de lucro ou de risco significativamente menor.

 

Artigos Relacionados

Evergrande escapa à falência? Hoje falamos sobre as notícias! Os ursos à espera da grande queda nos mercados terão de esperar mais alguns dias. Pelo menos para ver se este gigante desencadeia a crise finance...

Deixar uma Resposta

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments