TeleTrade: O que é o mercado cambial? - Rankia Portugal
Entrar Criar conta
Acesso
Entrar em Rankia

Bem-vindo à sua comunidade financeira

Informe-se, debata, compartilhe experiências; aprenda sobre como economizar e investir. Faz parte da maior comunidade financeira, já somos mais de 750.000 desde 2003. Você se inscreve?

TeleTrade: O que é o mercado cambial?

Subscrever Agora

Selecione os temas que lhe interessa e personalize a sua experiência no Rankia

Enviaremos uma Newsletter cada quinze dias com as novidades de cada categoría que escolheu


Quer receber notificações dos nossos eventos/webinars?


O que é o mercado cambial?

Mercado cambial, FX, forex ou moeda são termos permutáveis para a realização de trocas de dinheiro internacional. Para fazer uma compra noutro país, o comprador deve converter o seu dinheiro de uma moeda em específico para outra moeda estrangeira. Por exemplo, um comprador nos Estados Unidos que queira fazer uma compra em Itália deve trocar dólares americanos por euros. Se a taxa de câmbio for de 1,20 dólares por euro, a taxa de câmbio denominada euro/dólar norte-americano seria então de 1,20 dólares. Para trocar os euros de volta a dólares, assumindo que a taxa de câmbio se mantém a mesma e não há comissão, um euro chegaria aos 1,20 dólares. O mercado FX representa uma média de mais de 2 biliões de dólares por dia de volume de negócios, swaps FX, contratos a prazo, opções de swaps de divisas e outros instrumentos.

Como o dólar americano é considerado como uma moeda veículo ou de reserva, a maior parte da negociação cambial baseia-se no dólar — por exemplo, o rupia/dólar, o dólar/franco suíço ou o rublo/dólar. O euro e o iene japonês são também considerados grandes moedas e até servem como moedas de reserva nas respetivas regiões do mundo. A negociação mais ativa ocorre tipicamente nestes pares, conhecidos como majors: dólar/iene, euro/dólar, bem como a libra/dólar. Austrália, Nova Zelândia e Canadá têm os seus próprios dólares que são considerados majores em pares com o dólar americano. No entanto, há também uma negociação ativa entre muitas moedas diretamente entre si sem ter que trocar primeiro com dólares americanos. Estas são as taxas cruzadas e as mais negociadas são o euro/iene e o euro/libra. É claro que qualquer moeda pode ser cruzada com qualquer outra se houver compradores e vendedores.

Os mercados cambiais em numerário são over-the-counter e não têm um mecanismo central de reporte. Os fornecedores têm acordos com muitas mesas de negociação para capturar as suas ofertas, mas não há volume reportado. Uma vez que não existe volume comercial, alguns analistas técnicos substituem a sua contagem comercial, que se baseia em alterações de oferta.

Benefícios para investidores

Para além da pura especulação sobre as taxas de câmbio, o principal benefício dos mercados cambiais para os investidores está em permitir-lhes participar na evolução das taxas de câmbio entre países através de um mercado líquido e alavancado.

Além disso, para investir num ativo local, pode ser necessário fazê-lo na moeda do ativo. Por exemplo, para comprar uma obrigação alemã, seriam necessários euros. E nos negócios, para comprar uma fábrica na Austrália, precisaria de dólares australianos.

 

Conteúdo produzido por Frederico Aragão Morais,  Market Analyst, da TeleTrade.

 

Disclaimer:

O material postado é apenas para fins informativos e confiança nele pode levar a perdas. Os resultados passados não são um indicador confiável de resultados futuros. Por favor, leia o nosso aviso legal na integra.

 

Artigos Relacionados

No mercado cambial, Forex, os traders e especuladores compram e vendem várias moedas com base no facto de pensarem que a moeda vai valorizar-se ou perder valor. O mercado de câmbio estrangeiro ou forex é de ...
Um Pivot Point é um indicador desenvolvido por operadores de pregão nos mercados de commodities para determinar poten...

Deixar uma Resposta

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments