XTB - Abertura dos Mercados - 10 de Abril de 2019 - Rankia Portugal
Entrar Criar conta
Acesso
Entrar em Rankia

Bem-vindo à sua comunidade financeira

Informe-se, debata, compartilhe experiências; aprenda sobre como economizar e investir. Faz parte da maior comunidade financeira, já somos mais de 750.000 desde 2003. Você se inscreve?

XTB – Abertura dos Mercados – 10 de Abril de 2019

Subscrever Agora

Selecione os temas que lhe interessa e personalize a sua experiência no Rankia

Enviaremos uma Newsletter cada quinze dias com as novidades de cada categoría que escolheu


Quer receber notificações dos nossos eventos/webinars?


xtb market update

Abertura dos Mercados

Por Carla Maia Santos, Sales Team Leader

As bolsas seguem a negociar na ‘linha de água' a aguardar os grandes eventos do dia.

1º Evento – Conselho da União Europeia

Esperam-se desenvolvimentos quanto ao prazo para a saída do Reino Unido da UE. A UE quer um prazo mais alargado para não andar sucessivamente a rever datas limite, mas o RU pretende negociar um prazo mais curto.
Na realidade, a questão Brexit não tem trazido grande volatilidade aos mercados, com os investidores a aguardarem uma decisão definitiva, para aí sim tomarem uma decisão em relação aos seus investimentos. Mario Draghi diz que a UE está preparada para um no-deal Brexit. As declarações de hoje devem manter o mesmo sentido.2º Evento – Reunião do BCE
Este será um dos eventos mais importantes do dia, com os investidores e analistas a tentarem perceber as condições do programa de financiamento da UE e as medidas de combate aos efeitos de taxas de juro negativas.
O novo programa de LTRO será por dois anos, mas ainda não se sabe qual a taxa de financiamento.
Declarações positivas quanto ao crescimento da UE poderão ajudar a animar os investidores, principalmente depois do FMI ter revisto o crescimento global em baixa e se Mario Draghi se mentiver confiante quanto à capacidade de a UE se manter forte face a uma eventual crise.
3º Evento – Divulgação da Inflação dos EUA.
Se a inflação crescer mais que o esperado, a FED poderá ter que acionar o aumenton das taxas de juro para combater o aumento generalizado dos preços. O aumento das taxas de juro é percepcionado como negativo para as bolsas pois tornam o capital mais caro e menos disponível para investimentos nos mercados financeiros.
4º Evento – Minutas da FED
Este ano já não se espera um aumento das taxas de juro, com um possível aumento em 2020.
Declarações positivas face à força da economia norte-americana, que tem sido a economia mais resistente aos sinais de abrandamento económico global, trarão as bolsas novamente para um rumo positivo.

setor bancário será o que verá mais volatilidade no dia de hoje, com a reunião do BCE.
O BCP está hoje está na mira dos investidores, depois de ter atingido os 0.24 EUR e apresentar agora uma boa zona para realização de mais-valias de curto prazo.

Artigos Relacionados

Por Henrique Tomé, Analista na XTB Portugal Mercado Norte Americano Os índices norte-americanos registaram ganhos sólidos durante a sessão de ontem. Com o S&P 500 a valorizar cerca de 2,38%, Nasdaq subiu...

Deixar uma Resposta

guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments