Analista de risco: o que é, as suas funções e que formação existe

analista de risco

Neste artigo, saberemos o que é um analista de risco , quais são suas funções e onde treinar para ser um analista de risco profissional. Nas empresas, existe um grupo de pessoas dedicadas à detecção, controle e normalização de situações que podem colocar a organização e suas finanças em risco, analistas de risco, que devem avaliar e gerenciar as ameaças financeiras enfrentadas pela empresa.

O que é um analista de risco?

Um analista de risco é uma pessoa que se dedica a avaliar e quantificar os riscos financeiros aos quais uma empresa está exposta com base numa mudanças de mercado e outras variáveis ​​observáveis. Eles garantem que as operações da organização estejam no caminho certo para evitar perdas financeiras na presença desses riscos.

Os riscos que o analista deve avaliar são muito diversos e de naturezas diferentes, mas se concentram principalmente em 5 áreas:

  • Risco de mercado: esse tipo de risco tem a ver com flutuações nos preços da empresa nos mercados financeiros, bem como com a incidência de alterações nas taxas de juros, conversão de moeda, mercados estrangeiros, posição financeira da empresa. empresa contra a concorrência, etc.
  • Risco operacional: Esta análise é mais interna e refere-se à identificação de fragilidades da empresa no nível do processo, ou seja, aquelas falhas que podem causar perdas de produção. Ele também avalia as deficiências que os funcionários podem apresentar para corrigi-las.
  • Risco de liquidez: Esta área avalia as consequências dos movimentos e operações financeiras que a empresa possui e se oferecerão a liquidez esperada à empresa. Além disso, envolve a reação de oferta e demanda que os ativos da empresa têm e suas consequências.
  • Risco de crédito: possui duas abordagens; A primeira é quando uma das partes de um contrato assinado pela empresa não pode cumprir sua parte da obrigação. O segundo é aplicado ao rating de crédito da empresa, um fator que tem uma influência decisiva na obtenção de financiamento da empresa.
  • Risco país: Também conhecido como risco político, envolve a análise das consequências económicas decorrentes das mudanças políticas internas e externas do país, conflitos, relações internacionais. O risco regulatório também está incluído, ou seja, como o fornecimento de novas leis, impostos, restrições, etc. afeta a empresa.

Quais são as funções de um analista de risco?

Um analista de risco deve ser capaz de prever situações que envolvam um perigo para a empresa no campo financeiro, antes que ocorra e gere perdas; daí a importância desse departamento para qualquer empresa, especialmente as de natureza financeira, como bancos, seguradoras, empresas relacionadas ao mercado de ações, etc.

Dessa forma, as funções do analista de risco são:

  • Identificar e analisar os movimentos dos mercados financeiros e a situação da empresa em relação a eles.
  • Quantifique o impacto ou possíveis danos que a empresa possa sofrer na presença de variáveis ​​de risco e evite tais perdas.
  • Garantir o cumprimento dos acordos e contratos assinados pela empresa para manter as opções de financiamento.
  • Acompanhe as estatísticas financeiras da empresa e a preparação de relatórios com os resultados dessa análise.
  • Crie planos de risco de mercado para resolver contingências do mercado financeiro ou o acúmulo de outras variáveis, como mudanças políticas e sociais.
  • Avaliação de risco de investimento dos novos projetos da empresa, bem como identificação de novas oportunidades de investimento.
  • Monitorizar continuamente a evolução financeira da empresa.

Onde ter formação de análise de risco?

IFB -Análise de Risco de Crédito

Este Curso pretende proporcionar aos participantes uma visão sobre o risco de crédito associado a particulares e a empresas, fornecendo conceitos e meios práticos para equacionar, quantificar, comparar, adequar e saber como reduzir o risco nas diversas operações de crédito.

Dentinatários:

Diretores comerciais, gerentes e subgerentes, analistas de risco, analistas de crédito, centros de empresas, gestores de cliente, elementos das áreas de inspeção e auditoria.

NOVA IMS: Pós-Graduação em Análise e Gestão de Risco

A Pós-Graduação em Análise e Gestão de Risco visa a formação de técnicos e gestores capacitados para identificar, quantificar e gerir os riscos de uma instituição financeira, bem como tomar decisões em harmonia com os requisitos do sistema de Solvência II e Basileia III.

 

0

Sobre o autor

Henrique Garcia

Analista de Mercados

Responder a este tópico

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *